Início Viagens 14 locais de visita obrigatória no Gerês

14 locais de visita obrigatória no Gerês

É um dos maiores santuário da vida natural de Portugal e está repleto de encantos por descobrir. Conheça 14 locais de visita obrigatória no Gerês.

631948
16
PARTILHE
Foto: Rui Videira

14 locais a visitar no Gerês

Trata-se de uma das mais belas regiões do país e também uma das melhores preservadas. Deslumbra pela sua beleza, pelas paisagens, rios, cascatas e aldeias preservadas. O Parque Nacional Peneda-Gerês compreende 4 serras (Gerês, Peneda, Soajo e Amarela) mas toda a gente o denomina apenas por “Gerês”. Embarque nesta viagem e descubra 14 locais a visitar no Gerês.

1. Castro Laboreiro

A aldeia possui ainda um milenar e riquíssimo legado histórico, arqueológico e arquitectónico, designadamente os monumentos megalíticos, o Castelo de Castro Laboreiro – classificado como monumento nacional -, as pontes e igrejas medievais, os fornos comunitários, os moinhos, a actividade agro-pastoril e as singulares brandas, inverneiras e lugares fixos, testemunhos, também aqui, da prática da transumância.

Castro Laboreiro – Luís Borges

As florestas da região são dominadas por carvalhos. Encontram-se também o medronheiro, o azevinho, o azereiro, o pinheiro e o vidoeiro. Os matos arbustivos são característicos de zonas mais elevadas e são constituídos principalmente por tojos, urzes e giestas. As espécies animais com maior representatividade são o javali, o veado, o texugo e a lontra. Na aldeia, os visitantes podem encontrar alojamento resultante da recuperação de casas típicas castrejas e moinhos.

2. Nossa Senhora da Peneda

O Santuário de Nossa Senhora da Peneda, em Arcos de Valdevez, na freguesia de Gavieira, a caminho da vila de Melgaço, tem como data provável de inicio da sua construção, finais do século XVIII, a julgar pela data inscrita na coluna existente ao cimo da escadaria de acesso. Acredita-se que neste local tenha existido uma pequena ermida construída para lembrar a aparição da Senhora da Peneda, cujo culto foi crescendo e motivou a construção do santuário.

Santuário da Peneda – Gavieira

Este lugar de culto é constituído pelo designado, escadório das virtudes, com estatuária que representa a Fé, Esperança, Caridade e Glória, datada de 1854, a igreja principal, terminada em 1875, o grande terreiro, o terreiro dos evangelistas e a escadaria com cerca de 300 metros e 20 capelas, com cenas da vida de Cristo. A Festa da Senhora da Peneda é anual, tem a duração de uma semana, entre dia 31 de Agosto e oito de Setembro.

16 Comentários

  1. Boa tarde,

    Vi a vossa reportagem sobre o Gerês e os locais importantes a visitar ou a não perder como dizem.
    É sempre muito bom quando se fala em regiões do interior do país e falam bem delas e mais ainda da magnifica Serra do Gerês, o Pulmão de Portugal.
    Mas nem tudo é positivo, por exemplo: o santuário de São Bento da Porta Aberta não fica na aldeia de rio Caldo mas sim na aldeia da Seara, freguesia de Rio Caldo, penso que são coisas bem diferentes; uma outra coisa é a questão dos outros locais, quando se fala no Gerês é bom saber no que se está a falar, se é na Serra do Gerês, se na Vila do Gerês ou se é no Parque Nacional da Peneda Gerês;
    uma outra questão, a cascata do Arado não fica a 900 metros de altitude mas bem menos.
    Não queria ser muito exigente com outras questões, mas já agora fica um pouco feio usar fotografias irrealistas com a alteração que lhe foram introduzidas.

    Os melhores Cumprimentos

    Sérgio Gonçalves

    wwww.insidegeres.blogspot.com

  2. Boa tarde,não admira que muitas pessoas que viajam por Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Melaço julguem estar no Gerês, poi não é devido á sua falta de cultura mas sim devido à má informação que dispõem em varios sites da internet.
    Este é mais um desses sites pois se vocês se querem rererir ao que mostram nas imagens, deveria dizer que estes locais pertencem ao Parque Nacional Peneda Gerês, a não ser que se queiram referir apenas ao Gerês, que sendo assim acho muito mal usarem imagens de locais que nao pertencem ao Gerês mas sim ao Parque Nacional Penada Gerês.
    Não sei se é falta de cultura ou de informação, mas sei que o Gerês continua a ser mais conhecida que os outros locais devido à ma informação fornecida por vós e nao só.

  3. Gerês?????
    Peneda…Castro Laboreiro… Melgaço, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez são Gerês?
    O Parque Nacional que tem o sub-nome de Peneda-Gerês incliu vários municípios e Serras que ficam no território compreendido entre a Serra da Peneda e a do Gerês… Chamar Gerês a todo esse território é como chamar Almada ao Porto. Se não sabe de Geografia limite-se a designação Geral: Parque NAcional!

  4. O Geres é enorme. Gostei de Brufe , das casas em pedra, e do Soajo. Também saber das divergências quanto a uma raça canina que chamam de Castro Laboreiro e afinal, o bicho é de Soajo e chamam-lhe de Sabujo.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here