Início Viagens As 16 melhores praias da Margem Sul

As 16 melhores praias da Margem Sul

Basta atravessar o rio Tejo e entra-se numa das mais carismáticas regiões de Portugal. Descubra as melhores praias da Margem Sul.

7038
0
margem sul
Praias da Margem Sul

Uma das grandes vantagens de morar em Lisboa ou nos seus arredores é a enorme quantidade de óptimas praias que existem na região. A margem sul de Lisboa abrange um território um pouco difícil de caracterizar no seu conjunto, mas podemos dizer, de forma resumida, que engloba quase toda a península de Setúbal. Isto significa que as praias da Margem Sul são, no fundo, as praias da Costa da Caparica, as praias de Sesimbra, as praias da Arrábida e algumas das praias de Setúbal. Algumas destas praias localizam-se em ambiente urbano (caso da Costa da Caparica) enquanto que outras estão em ambiente selvagem (caso da Arrábida). Grande parte delas possui o galardão de Bandeira Azul, sinónimo de qualidade e excelência, e possuem estruturas de apoio e vigilância durante o Verão. Estas são as melhores praias da Margem Sul.

 

1. Praia do Infante

A praia do Infante comparativamente com as outras praias da Costa, é muito calma, com um extenso areal, de areia fina e branca, rodeada de vistosas dunas e pequena vegetação, muito bem conservada. Toda esta envolvente florestal faz parte das Matas Nacionais, estando muito próxima da área de Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa da Caparica. Para se chegar a esta bonita paisagem pode-se optar por dois meios, o automóvel ou o comboio. Enquanto que para os automóveis a praia dispõe de um enorme parque de estacionamento gratuito.

Praia do Infante
Praia do Infante

A escolha pelo comboio turístico Transpraia traz um passeio pelas várias praias da Costa, que vale a pena tanto pelo seu valor económico, como pelo seu valor cultural. A praia do Infante está galardoada com a Bandeira Azul cumprindo e ultrapassando os requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, estruturas de apoio à praia e ,durante os meses de verão um nadador-salvador que está encarregue pela segurança. Todas estas medidas fazem da Praia do Infante uma praia segura, limpa e de excelente qualidade.

 

2. Praia das Bicas

A praia das Bicas localiza-se a sul da praia do Moinho de Baixo, próximo do Parque de Campismo Campimeco. Encontra-se voltada a ocidente e, como tal, mais exposta aos ventos norte e oeste. É uma zona muito apreciada pelos praticantes de surf e bodyboard, devido à ondulação.

Praia das Bicas

É conhecida como o principal pico de ondas grandes da margem sul do Tejo; no entanto, nos dias em que o perigo se torna real, apenas alguns locais teimam em enfrentar o desafio. Em 2011 a área de estacionamento foi melhorada e, em 2013, foi construída a escadaria de acesso ao areal. A vigilância é feita por nadadores salvadores ao abrigo de um protocolo entre a Câmara Municipal e a Associação Âncora.

 

3. Praia Morena

A Praia da Morena é conhecida sobretudo pela camada jovem da população que aqui acorre com frequência nos meses de verão. É também muito procurada por famílias com crianças que, na maré vazia, aproveitam as formações da areia e do mar, que criam pequenas lagoas, perfeitas para os mais novos.

Praia Morena
Praia Morena

É um dos sítios onde se come melhor em cima da areia da Caparica e tem uma esplanada preparada para as enchentes, principalmente ao fim-de-semana. O Borda d’Água é tão famoso que poucos se lembram que a praia onde está se chama Morena. Toda a gente lhe chama Praia do Borda d’Água, como se não ostentasse um belo bronze.

 

4. Praia do Ribeiro do Cavalo

Localizada a pouco mais de uma milha a poente da Baía de Sesimbra, a Praia do Ribeiro do Cavalo conserva uma beleza única, razão pela qual é considerada é uma das mais belas praias da costa da Arrábida. As suas águas, ricas em flora e fauna marinhas, fazem a delícia dos apreciadores do mergulho, sendo frequente observar diversos peixes, crustáceos e moluscos.

Praia do Ribeiro do Cavalo
Praia do Ribeiro do Cavalo

É facilmente acessível por barco, devido à proximidade com o porto de abrigo. Mais difícil é chegar lá a pé, na medida em que se tem de caminhar pela serra abaixo durante cerca de 20 minutos, a partir do início da descida, através de um trilho sinuoso e com alguma inclinação, o que exige alguma preparação física. O tempo de subida pode chegar aos 30 minutos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here