Início História Parabéns Portugueses: Portugal faz hoje 838 anos!

Parabéns Portugueses: Portugal faz hoje 838 anos!

Neste mesmo dia, em 1179, O Papa Alexandre III emite a bula "Manifestis Probatum" em que reconhece Portugal como Reino. São os 838 anos de Portugal.

196943
15
PARTILHE
mapa da Ibéria

Parabéns Portugueses! Portugal faz hoje oficialmente 838 anos.

Neste mesmo dia, em 1179, O Papa Alexandre III emite a bula “Manifestis Probatum” em que reconhece Portugal como Reino independente. Esta bula declarou o Condado Portucalense independente do Reino de Leão e, D. Afonso Henriques, o seu soberano. Reconheceu, ainda, a validade do Tratado de Zamora, assinado a 5 de Outubro de 1143 em Zamora, pelo rei de Leão e por D. Afonso Henriques.

D. Afonso Henriques

Importa referir que a data não é consensual! A bula papal é talvez o mais importante pormenor que pode indicar o nascimento de Portugal porque, efectivamente, o Papa era a autoridade máxima daquela época e era ele que decidia conflitos entre países ou o reconhecimento da independência de nações.

E se a data não é consensual, quais são afinal as outras hipóteses?

1. 24 de Junho de 1128

Batalha de São Mamede

Trata-se da data da Batalha de São Mamede, que foi uma batalha travada entre D. Afonso Henriques e as tropas dos barões portucalenses contra as tropas do Conde galego Fernão Peres de Trava, que se tentava apoderar do governo do Condado Portucalense. As duas facções confrontaram-se no campo de São Mamede, perto de Guimarães.

Com esta vitória, D. Afonso Henriques assegurou que o Condado Portucalense não ficava nas mãos de Castela ou sob influência galega. A partir deste momento, D. Afonso Henriques começou a traçar o seu caminho até se tornar o primeiro rei de Portugal.

2. 25 de Julho de 1139

Batalha de Ourique
Batalha de Ourique

É a data da Batalha de Ourique. A Batalha de Ourique ocorreu num local que as fontes denominam de Ourique (Aulic, Oric, Ouric), que na altura estaria no território controlado pelos muçulmanos (tunc cor terrae sarracenorum). No terreno defrontaram-se as forças “portuguesas” lideradas por D. Afonso Henriques, que havia partido de Coimbra, contra cinco “reis” mouros: Sevilha, Badajoz, Évora, Beja e um quinto de nome Ismar, que alguns autores pensam ser o alcaide de Santarém e outros de Elvas, sendo apenas esta uma das muitas dúvidas que envolvem esta importante batalha.

Foram as vitórias militares que asseguraram a D. Afonso Henriques, um território suficientemente vasto para se afirmar como um Reino, e foram estas também que permitiram que o Reino de Portugal fosse reconhecido internacionalmente como tal. Destas vitórias, Ourique é sem dúvida a mais importante, pois foi a partir desta que Afonso Henriques passou a utilizar o título de Rei (Rex).

3. 5 de Outubro de 1143

Tratado de Zamora
Tratado de Zamora

No dia 5 de Outubro de 1143 foi assinado em Zamora, um tratado entre os réis D. Afonso Henriques de Portugal e D. Afonso VII de Leão e Castela do qual resultou a paz entre os dois reinos.

A partir desta data, o rei de Leão e Castela reconhece o rei e o reino de Portugal como entidades independentes, contudo, salvaguarda o facto de o reino de Portugal, continuar sob a alçada do monarca espanhol, como seu imperador (Imperatore).

Mais artigos

Guimarães é o 4.º Património UNESCO mais recomendado do mundo

As opiniões da comunidade de utilizadores do TripAdvisor, provavelmente o mais influente portal de viagens do mundo, colocaram o centro histórico vimaranense em 4.º...

Mais recentes

REDES SOCIAIS

118,940FãsGostar
202SeguidoresSeguir
581SeguidoresSeguir

15 Comentários

  1. De facto, essa data não é seguida em Portugal. A data mais consensual é 5 de outubro de 1143, em que foi celebrado o Tratado de paz de Zamora, pelo qual Afonso VII, Imperador das Espanhas, reconhece Portugal como um Reino. D. Afonso Henriques já tinha sido aclamado Rei na Batalha de Ourique em 25 de julho de 1139, e alguns historiadores consideram ser esta a data da independência na prática. Portugal tem assim 876 ou 872 anos, não 836.

  2. Buenas,
    Esta información de fechas está errónea y hay que cambiarla. Por ejemplo pueden conocerla en la ciudad de Zamora así como la historia del reino de Castilla y Portugal. Así cono mirar los artículos de RTVE con la reproducción de la historia de Portugal y Castilla en youtube.
    Saludos

  3. Parabéns a este Povo que de tão longe vem, feito de carne e sangue, cultura e língua, suor lágrimas e vontade de se manter vivo, alheado esquecido e abandonado, sujeito e em proveito de quantos se erigiram em seus heróis e glórias, que o espezinham como se servo deles fossem! Pobres e reles elites essas que prosseguem a senda de em sangue amassar o pão. Que VIVA esse Povo de tamanha glória escondido!…

  4. 1128 – A Batalha de S. Mamede pode ter sido um marco importante na constituição do Condado Portucalense, mas ainda faltava conquistar os algarbes… Batalha de Ourique em 1139. Aí sim, temos Condado Portucalense com a definição de território continental que se mantem. Se quisermos considerar os primórdios sem a soma das partes, então 1095. Mais radical, seriam os Tartessos, muito mais longe no tempo.

  5. Na verdade os que falam mal de Portugal são a turma recalcada que critica ações, que outros países tiveram muito piores! Não vejo nenhum país de língua espanhola mais poderoso que o Brasil. Enquanto Colônia qualquer pais é propriedade de quem o descobriu ou subjulgou através de guerras.
    Além do idioma deixaram um país cheio de Riquezas e curiosamente conseguiu a independência pelas mãos de um português que se tornou mais brasileiro do que português. Quem realmente não dá valor ao nosso pais é parte dos brasileiros que já por duas vezes tentaram destruí-lo mas até agora não conseguiram nem vão conseguir. É uma terra tão ruim que tem uma população gigantesca com descendência de países de toda parte do planeta. Infelizmente por causa desses recalcados que estão ai passamos a ser um país produtor de imigrantes pois já existem alguns milhões de brasileiros que caíram fora daqui infelizmente. O resto é lero lero. Em vez de criticar façam alguma coisa em vez de querer viver de bolsa família ou de emprego público ou então vão para
    Cuba, Venezuela, Bolívia, Coreia do Norte e outros parecidos.

  6. Na verdade Portugal já cumpriu 900 anos de independência, pois em 1109 D. Henrique e D. Teresa o declaram independente e estes são os primeiros reis portugueses e assim aparece descrito na historia compustelana, por outro lado há uma bula Papal anterior à de 1179 que reconhece Portugsl como País independente, mas os nossos mentecaptos historiadores, va la saber-sr porquê, resolvem ignorar documentos históricos.

  7. O Condado Portucalense foi entregue a D. Henrique, pelos serviços prestados nas cruzadas. Não sei até que ponto o primo de D. Afonso Henriques, era aclamado “Imperador” visto que o território ainda estava grande parte sobre domínio Árabe. É claro que um imperador é soberano de um rei. Este decidiu coroar D. Afonso Henriques pelo trono de “Condado Portucalense”, mas só se torna independente do imperador após a “bula” papal. Daí, Portugal passa a ser um reino independente de qualquer outra entidade. O que me preocupa mais do que a data da independencia, é saber sobre o povo Lusitano, que já cá estava antes de todas essas evasões. Disso ninguém fala… é pena!

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here