Início História 9 fantásticas curiosidades sobre a descoberta do Brasil

9 fantásticas curiosidades sobre a descoberta do Brasil

9 curiosidades sobre a descoberta do Brasil, desde o enigmático Tratado de Tordesilhas ao mistério sobre quem realmente descobriu estas terras.

51733
6
Descoberta do Brasil
Descoberta do Brasil

O Brasil, o nosso país irmão, tem uma história riquíssima, antes e depois da chegada dos portugueses. Um território imenso repleto de beleza natural e talvez a melhor coisa que Portugal deu ao mundo. Saber mais sobre a história do Brasil é saber mais sobre nós próprios, os portugueses. Afinal de contas, milhões de brasileiros descendem de portugueses e a nossa alma, os nossos sentimentos são, em grande parte os mesmos. Viaje connosco e descubra um país fantástico, repleto de cultura e história, de tradições e contradições. Descubra 9 fantásticas curiosidades sobre a descoberta do Brasil.

 

1. Portugal ameaçou enviar uma frota à região descoberta por Colombo (actuais Américas Central e do Norte), e a Espanha propôs discutir um acordo sobre as terras a descobrir. Essa foi a origem do Tratado de Tordesilhas (7 de Junho de 1494). Duarte Pacheco Pereira, nomeado “Cavaleiro da Casa Real”, participou como negociador português. Reivindicou para Portugal as terras que fossem descobertas a até 370 léguas a oeste de Cabo Verde. Historiadores sustentam a hipótese de Duarte Pacheco ter sido o verdadeiro “descobridor do Brasil”, em 1498, viajando em segredo.

Brasil
Brasil

 

2. O único registo desse feito é um trecho obscuro do livro “Sobre os Mares do Mundo”, escrito pelo próprio Pacheco entre 1505 e 1508. Nesse relato, ele conta que, em 1498, explorou a “parte ocidental” do Oceano Atlântico, encontrando “uma grande terra firme, com muitas ilhas adjacentes” e coberta de “muito e fino brasil”. Isso reforça a tese de que a viagem de Pedro Álvares Cabral tenha sido uma operação arquitectada pela Coroa portuguesa, dois anos depois da verdadeira descoberta, para formalizar a posse das terras.

Brasil
Brasil

 

3. Em 26 de Janeiro de 1500 (mais de três meses antes do descobrimento oficial do Brasil), o navegador espanhol Vicente Pinzón teria chegado a um novo território no além-mar, desconhecido pelos reinos de Portugal e Espanha.

Rio de Janeiro (Brasil)
Rio de Janeiro (Brasil)

 

4. Pinzón partiu em Novembro de 1499 do Porto de Palos e, em sua jornada pelo Atlântico, passou pelas Ilhas Canárias e Cabo Verde. Veterano explorador que comandou a caravela Niña na descoberta da América, em 1492, Pinzón disse que seguiu viagem ao largo de um litoral com poucas baías seguras para ancoragem e desembarque.

Diamantina
Diamantina

 

5. Quando enfim conseguiu chegar à terra, o espanhol e seus homens enfrentaram a fúria dos índios. “Mataram oito dos nossos soldados e mal houve um que não tivesse sido ferido”, descreveu. O local seria Cabo de Santo Agostinho, no litoral pernambucano. Ele costeou o litoral até a foz do Rio Amazonas, descoberta por ele. Ali, encontrou-se com outro espanhol, Diego de Lepe, e juntos avançaram até o rio Oiapoque.

Tiradentes
Tiradentes

 

6. Pedro Álvares Cabral saiu da praia do Restelo, em Lisboa, ao meio-dia do dia 9 de marco de 1500, uma segunda-feira. Ele tinha 32 anos. Trouxe um total de 1500 pessoas, que vieram em 10 naus e 3 caravelas. A nau capitânia, comandada por Cabral, tinha capacidade para 250 tonéis. Ao todo, havia 190 homens a bordo. Uma das naus desapareceu no dia 23 de Março de 1500. Era a comandada por Vasco de Ataíde e tinha 150 homens. Os outros barcos fizeram dois dias de buscas, mas nada encontraram. A viagem levou 44 dias. No dia 22 de Abril de 1500, Cabral ancorou em frente ao Monte Pascoal, na Bahia, a 36 quilómetros do litoral brasileiro.

Igreja Nossa Senhora do Pilar - Ouro Preto
Igreja Nossa Senhora do Pilar – Ouro Preto

 

7. Pedro Álvares Cabral recebeu 10 mil cruzados pela viagem. Cada cruzado valia 3,5 gramas de ouro. Ele ainda ganhou o direito de transportar 30 toneladas de pimenta gratuitamente no navio. A Coroa se comprometia a comprar o produto pelo preço de mercado em Lisboa (sete vezes mais alto do que nas Índias). Cada marinheiro poderia trazer 600 quilos de pimenta e fazer o mesmo. Entretanto, poucos voltaram. Além da nau que desapareceu e da outra que voltou a Portugal com a notícia do descobrimento, outras seis afundaram. Das treze, portanto, apenas cinco conseguiram retornar para casa.

Olinda
Olinda

 

8. Em 26 de Abril de 1500, mais precisamente num lugar conhecido por Coroa Vermelha, foi rezada a primeira missa em terras brasileiras. Era o primeiro domingo após a Páscoa, conhecido como Pascoela. Havia um total de oito frades na frota de Cabral, liderados por frei Henrique de Coimbra. Cabral levava uma imagem de Nossa Senhora da Boa Esperança, colocada numa capela especialmente construída no convés de sua embarcação.

Paraty
Paraty

 

9. No dia 6 de maio de 1500, o astrónomo da frota de Pedro Álvares Cabral registou a latitude da Baía de Cabrália, actual Porto Seguro. Este o documento é considerado o trabalho cartográfico mais antigo do Brasil.

São Luís do Maranhão
São Luís do Maranhão

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Há algumas coisas falsas e outras deturpadas, o que é triste nessas curiosidades. Posso expor aqui comprovado que 1- O pioneiro nas Grandes Navegações foi só um, o Reino de Portugal, bem antes de qualuqer outro. 2- Navegadores portugueses ja haviam explorado o continente e nao puderam tomar posse (e nem deveriam) devido a Tratados (o Papa era mais importante que reis, e era Castelhano. 3- Colombo era nome de Empresa, Cólon. O nome do navegador era Salvador Fernandes Zarco, nascido em Cuba do Alentejo e vivia na Madeira e em Lisboa. 4- Duarte Pacheco explorou a costa Sul americana desde 1490. 5- Pedro Álvarez Cabral tomou posse oficial do Território já conhecido por nav port. fez escala de mantimentos e água no Caminho até a Índia. 6- O primeiro nome do Brasil foi Nova Luzitania, depois Ilha de Santa Cruz (p constar em mapas e confundir espioes) depois Terra de Vera Cruz depois Brazil (que advem nao da árvore que era o pau de tinta e so teve nome botanico no séc XVIII brasilis) Brasil significa Terra côr de brasa. devido ao solo dessa cor de norte a sul do país. Pinzon só chegou a foz do Amazonas e pouco do Pará, devido a mesmos Tratados nunca poderia tomar posse de uma terra ja descoberta . assim como Ports. descobriam a costa inteira do continente chegando ate a California e nao tomaram posse. A história verdadeira é linda !

    • A minha questao recorrente e quem sao os “vortexmags” e o que e que querem da vida !? Qual e a agenda ? a simpatia pelo Brasil e antipatia por Africa…, o esforço de evangelização do que e bom e mau em Portugal e nos portugueses ? Saiam do armario, pequenos “vórtices” de curiosidades seleccionadas e (re)definidas a medida :). Identifiquem-se !!!!! 🙂 Expliquem quem sao e qual e a missão do vosso trabalho… penso nao ser o único a ter curiosidade sobre isto.

      Concordo a 100%: a historia verdadeira e linda ( e a mim interessa-me especialmente a historia de PORTUGAL, e das muitas COLONIAS PORTUGUESAS de diferentes eras [ por exemplo o Brasil ! 🙂

      … e a historia verdadeira pode ser consultada 🙂 e conhecida atraves de fontes serias ! Porque e que nao passam a citar essas fontes… !?

      O salto de gigante que os portugueses deram na era dos descobrimentos – no planeta Terra – nao vai ter equivalente ate que alguém faca algo parecido no espaço sideral… 🙂

      Fiquem bem !

  2. Olá senhores, fiquei curioso em relação a estes fatos que são desconhecidos pela maioria (se não todos), nós brasileiros. Se puderem expôr aqui as fontes sérias, serei muito grato.
    Esses fatos curiosos aqui expostos não são ensinados nos colégios brasileiros e eu gostaria muito de me aprofundar neste assunto. Abraços a todos.

  3. Acho inacreditável haver tanta notícia falsa pela net e haver gente que ainda acredita!!!! Já aqui foi dito da falta de seriedade das afirmações e a falta de comprovação científica! Isto são notícias sensacionalistas sem credibilidade…

  4. Sobre navegação marítima, antes de qualquer pesquisa mais séria, procurem as obras de GAVIN MENZIES. Uma delas se chama: “1421 o ano em que a China descobriu o mundo”, da Editora Bertrand Brasil. Foi escrito em 2002 e está muito bem documentado. Gavin é um ex-comandante de submarino da armada britânica e especialista em navegação por estrelas… Depois de lerem essa obra as visões sobre a história das navegações mudarão! Nicanor, Joinville.

  5. Não são notícias falsas, já se encontra em detalhes na internet e já está sendo trabalhado internacionalmente, mas se satisfaz aos brasileiros terem sido descobertos por outros ou menosprezar os feitos portugueses que o façam, na situação atual em que estão se isso os faz sentir melhor será certamente um prazer colaborar convosco, já me dou por satisfeito que nenhum tenha vindo com a já desgastada falta de cultura do tal ouro levado do Brasil português, se bem que ainda vão a tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here