Início Viagens Os 15 melhores locais para visitar no Montenegro

Os 15 melhores locais para visitar no Montenegro

Um pequeno país nos Balcãs, desconhecido da maioria, mas com imenso por descobrir. Visitar Montenegro é entrar num mundo encantado, aqui bem perto.

922
1
PARTILHE
montenegro
Sveti Stefan

Os 15 melhores locais para visitar no Montenegro

O Montenegro é um pequeno país nos Balcãs que resultou da divisão da antiga Jugoslávia. Ao longo da sua história, esteve sob o domínio de vários reinos ou impérios, desde Veneza, aos impérios austro-húngaro e otomano. Com a criação da Jugoslávia e o domínio da ideologia comunista, sofreu ainda influências da Rússia. Outrora desconhecido da grande maioria dos turistas, o Montenegro começa agora a despontar e a despertar cada vez mais a atenção dos agentes especializados e dos média internacionais.

Com um clima ameno durante quase todo o ano, encravado entre o mar Adriático e as Montanhas que o separam da Albânia, Montenegro afirma-se como um destino turístico de qualidade. O turismo, aliás, começou a ganhar alguma notoriedade quando, alguns turistas que visitavam a vizinha Croácia faziam algumas incursões de algumas horas ou dias para visitar o Montenegro. Mas paulatinamente, este pequeno país dos Balcãs começa a destacar-se e a afirmar-se como opção principal e não apenas como destino fugaz. Viajar pelo Montenegro é descobrir Kotor e a sua belíssima baía. Viajar pelo Montenegro é descobrir pequenas aldeias ou vilas bem cuidadas, com vestígios otomanos e ortodoxos. Um pequeno país, mas que tem tudo, desde praias límpidas a montanhas verdejantes, desde pequenas cidades medievais e deslumbrantes parques naturais. Descubra os 15 melhores locais para visitar no Montenegro.

1. Kotor

Kotor foi habitada desde a Roma Antiga, época na qual era designada como Ascrívio (em latim: Ascrivium) e fazia parte da província da Dalmácia. Com o nome de Cátaro (em italiano: Cattaro), a cidade e a região circundante fez parte, entre 1420 e 1797, da República de Veneza, período que influenciou de forma ainda hoje visível a arquitectura da cidade. A sua estrutura urbana, típica das cidades marítimas da costa oriental do Adriático, é circundada por uma imponente cintura de muralhas, permanece bem conservada, tendo merecido ser incluída na lista do Património da Humanidade da UNESCO.

montenegro
Kotor

Kotor é uma cidade repleta de tradição e história, com vistas panorâmicas impressionantes. A cidade antiga foi construída entre os séculos XII e XIV e está repleta de arquitectura medieval e monumentos históricos. Com uma extensão de mais de quatro quilómetros, as muralhas da cidade que protegem Kotor há séculos terminam na fortaleza de Santo Ivan.

2. Sveti Stefan

É praticamente impossível falar sobre Montenegro sem mencionar a ilha de Sveti Stefan,  a ilha é toda murada e data do século XV, está ligada ao continente por estreito istmo, localizada a cerca de 6 km a sudeste de Budva, na costa do Adriático. Antiga aldeia de pescadores, foi construída para servir como uma Fortaleza e defender contra os turcos. Posteriormente foi adquirida pelo governo jugoslavo e se transformou, durante o regime de Tito, em um resort de luxo.

Sveti Stefan

No entanto, na década de 1990, com o desmembramento da Jugoslávia, o resort entrou em declínio. Em 2009, o grupo Aman Resorts, reinaugurou este magnífico hotel, com o cuidado de preservar as casas medievais com sua estrutura externa intacta, com instalações interiores modernas.

3. Herceg Novi

Na entrada da baía, uma das mais bonitas do mundo, ao pé dos penhascos íngremes da montanha Orjen, encontra-se a cidade de Herceg Novi. As Bocas de Kotor ou Baía de Kotor (Bokotorski zalivBoka Kotorska – da palavra italiana bocca, “boca”, “abertura”) é adornada pela costa sinuosa cerca de 106 km de comprimento. É um dos poucos destinos do mundo no qual em diferentes épocas do ano pode-se ver a costa ensolarada e os picos de neve que mergulham no mar Adriático. O charme especial desta cidade maravilhosa são as ilhas espalhadas aleatoriamente na baía.

Herceg Novi

Herceg Novi é também uma cidade de sol por causa do grande número de horas em exposição solar, que podem ser até 200 dias durante o ano. A cidade das escadarias, com várias flores que corresponde a uma fonte inesgotável de inspiração para artistas que, com a sua obra, deixaram vestígios do seu tempo. Actualmente, a Riviera de Herceg Novi compreende uma série de pequenas cidades: na costa sudoeste são Njivice, depois Igalo, Herceg Novi, Meljine, Zelenika, Kumbor, Đenovići, Baošići, Bijela e Kamenari, como também Rose e Žanjice na península de Luštica. O antigo centro da cidade adornado com a Cidade Velha (Stari Grad), rica em fortalezas centenárias, é reconhecida pelas ruas de pedra e pelas escadas. As fortalezas como Sahat-Kula (Torre do Relógio), Kanli kula, Španjola, Forte mare, e Citadela, construídas no período entre o século XV e XVII, formam parte do património cultural como um corajoso patrão que preserva cuidadosamente a beleza desta cidade, testemunhando em silêncio a passagem do tempo.

Um comentário

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here