Início Viagens 12 fantásticos locais para visitar na Eslovénia

12 fantásticos locais para visitar na Eslovénia

É um pequeno e jovem país mas tem muitas razões para o visitar. Se ainda não conhece, descubra connosco os 12 melhores locais para visitar na Eslovénia.

46340
3
eslovénia
Bled

Sejamos honestos: a Eslovénia não consta na maioria dos destinos turísticos que todos os dias nos entram pelos olhos dentro, seja através de publicidade na televisão, na internet ou em revistas especializadas. E no entanto, talvez por isso mesmo, por ser um país sem um turismo demasiado massificado, a Eslovénia merece a sua visita. Afinal de contas, este jovem país saído da desintegração da Jugoslávia, possui muito mais para visitar do que aquilo que possa imaginar.

Encravado entre a Áustria, a Itália, a Hungria e a Croácia, na Eslovénia pode encontrar um pouco de tudo, desde fantásticos parques naturais que ainda fazem parte dos Alpes, com rios selvagens e cascatas em cada recanto, com mosteiros que nos remetem à vida medieval, com castelos encrustados na rocha das montanhas ou em ilhas no meio de lagos… A Eslovénia pode surpreender os mais distraídos.

Para lhe abrir o apetite, aconselhamos que veja o vídeo oficial de promoção do turismo na Eslovénia:

Aliás, apostamos que, embora não saiba, provavelmente já se cruzou com algumas imagens deste belo país, nomeadamente imagens do lago Bled, considerado um dos mais belos do mundo (embora os eslovenos prefiram o não menos belo lago Bohinj). Serviu para despertar a sua curiosidade e já sente vontade de preparar o seu roteiro de viagem à Eslovénia? Então venha daí e descubra os 12 melhores locais para visitar na Eslovénia.

 

1. Liubliana

A maioria das pessoas quando pensa em um roteiro pelo leste europeu privilegia cidades como Praga e Budapeste sem imaginar que a Eslovénia tem todos os atributos de um típico país do leste, mas com um plus: a natureza. Lagos, montanhas, cachoeiras, nascentes. Tudo isso a poucos quilómetros da capital Liubliana. Mas o que ver na belíssima capital da Eslovénia? O passeio pela capital da Eslovénia começa pelo antigo castelo. Habitado em período céltico e romano, o castelo foi destruído e reconstruído por diversas vezes como fortaleza. Foi ainda utilizado como arsenal e hospital militar, quase destruído novamente no período napoleónico e durante o império austríaco virou uma prisão até o final da segunda guerra mundial. Foi muito trabalhoso reestruturar o castelo e mesmo que a ideia fosse reviver seu período medieval, poucos elementos restaram.

Liubliana

Hoje o castelo abriga algumas salas expositivas e a exibição de um filme explica sua história. O ponto forte é a torre de onde se pode ter uma óptima panorâmica da cidade. A subida ao castelo é feita por uma funicular. O centro histórico medieval da cidade fica do outro lado do rio (o lado do castelo) e é formado por três praças: Stari, Gornji e Mestni. A Catedral da Liubliana destaca-se entre outras construções barrocas dos prédios históricos. De estilo barroco, a igreja é ricamente decorada com o típico dourado do período austríaco. Vale a pena entrar para admirar os altares, o órgão e toda a decoração. As portas de bronze são recentes e foram realizadas em 1996 quando o Papa João Paulo II visitou a cidade. Na porta principal, repare na mão que empunha um cravo, simboliza o agradecimento do povo esloveno ao reconhecimento por parte do Vaticano de sua independência.

 

2. Bled

Imaginem um lago com a água verde mais esmeralda que vocês já puderam imaginar e cheio de árvores ao seu redor. Acrescentem um castelo de mais de mil anos no topo de uma colina que trabalha como guardião de toda esta beleza. Como toque final coloquem uma pequena ilha neste lago com uma charmosa igrejinha e sua torre que pode ser vista de qualquer lugar do lago. Pronto agora parem de imaginar e conheçam mais um Lugar Único do Mundo: o Lago Bled na Eslovénia.

Bled
Bled

A beleza é tanta que o antigo presidente Tito da extinta Jugoslávia escolhia passar suas férias aqui ao invés das praias da sua Croácia ou qualquer outro lugar da Sérvia, Montenegro, Macedónia, Bósnia e Herzegovina ou Kosovo (antigo território jugoslavo). Infelizmente a região em torno do Lago Bled é bastante chuvosa e é no rigoroso inverno quando chove menos. Assim a melhor época para visitar o lago é na primavera (Março e Abril) quando não é tão frio e chove menos. Apesar da beleza única e inconfundível do lago Bled, a visita pode ser feita em um ou no máximo dois dias. Comece caminhando em volta do lago. Com certeza você não vai resistir a várias paragens para fotos, pois a cada passo encontrará um ângulo ainda melhor para registar tanta beleza.

 

3. Piran

A cidade mais bonita da costa eslovena cresceu com a ajuda do sal. As salinas de Piran, onde a flor de sal de classe mundial ainda é hoje produzida seguindo técnicas ancestrais, foram a razão pela qual a pitoresca cidade murada do Mediterrâneo floresceu. A antiga cidade portuária com remanescentes de uma muralha medieval é protegida como um monumento cultural e histórico.

Piran
Piran

As ruas estreitas com casas construídas descendo da colina e a sua igreja na praça central que se estende até à costa apenas enfatizam seu carácter mediterrâneo. Esta cidade costeira, que se desenvolveu sob a influência de Veneza, é considerada uma das cidades mais autênticas e fotogénicas na costa adriática. Além da arquitectura, do Museu Marítimo, de um aquário e de outras atracções, os visitantes visitam esta cidade para desfrutar de eventos, ofertas culinárias e paisagem naturais muito características.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here