Início História História insólita de Portugal: a rainha ninfomaníaca que inventou a caipirinha

História insólita de Portugal: a rainha ninfomaníaca que inventou a caipirinha

Tinha fama de infiel, manipuladora e ninfomaníaca. E segundo reza a lenda, terá ainda inventado a caipirinha. Falamos de Dona Carlota Joaquina.

77917
1
PARTILHE
Carlota Joaquina

Carlota Joaquina Teresa Caetana de Bourbón e Bourbón, em castelhano Carlota Joaquina Teresa Cayetana de Borbón y Borbón (Aranjuez, 25 de Abril de 1775 — Palácio de Queluz, 7 de Janeiro de 1830) foi uma infanta de Espanha por nascimento, e Infanta consorte de Portugal, princesa-consorte do Brasil, Princesa-regente consorte de Portugal, Rainha consorte do reino unido de Portugal, Brasil e Algarves e Rainha consorte de Portugal por seu casamento com o então Infante português D. João Maria de Bragança (futuro Dom João VI), àquela altura Senhor do Infantado e duque de Beja.

Foi também Imperatriz do Brasil, entre 1825 e 1826. Ficou conhecida como A Megera de Queluz, pela sua personalidade forte e porque foi isolada no Palácio de Queluz, nos arredores de Lisboa, por ter conspirado contra seu marido e ser antiliberal.

Palácio de Queluz - João Sousa
Palácio de Queluz – João Sousa

Carlota Joaquina era a filha primogénita do rei Dom Carlos IV de Espanha e de sua esposa, D. Maria Luísa de Parma, rainha da Espanha. No dia em que iria a Portugal, Carlota Joaquina pediu à sua mãe para que fizessem uma pintura sua com seu vestido vermelho para colocar na parede, no lugar do quadro da infanta D. Margarida (à qual Carlota dizia superar em beleza).

Em criança, Carlota Joaquina «já nascera vilã», e o conde de Louriçal, encarregado de negociar o contrato de casamento com o ainda príncipe D. João, «antipatizou logo com ela», afirmando que era «irriquieta e traiçoeira».

Da mulher de D. João VI dá conta que era apelidada de «megera de Queluz», aludindo ao palácio onde viveu até poder casar de facto com o príncipe, e refere que teve uma «extensa lista» de amantes, do marquês de Marialva ao cocheiro da quinta do Ramalhão. «Só os filhos nascidos até 1801 terão sido» de D. João VI e de Carlota».

como fazer caipirinha 1

A mulher do rei D. João VI, Carlota Joaquina, terá sido a «inventora da capirinha». A invenção da caiprinha, «a confirmar-se, terá sido o único contributo da megera-rainha para o bem do Reino».

Mais artigos

Turistas brasileiros em Portugal: 16 histórias que parecem piada mas são...

ATENÇÃO: esta publicação serve apenas para ilustrar confusões de comunicação e diferenças culturais. Não tem como objectivo fomentar a discórdia nem provocar conflitos e...

Mais recentes

Castelo de São Jorge

Coisas que você não sabia: o Castelo de São Jorge tem...

Coisas que você não sabia: o Castelo de São Jorge tem apenas 80 anos de idade É um castelo medieval com cerca de 80 anos. Confuso?...

REDES SOCIAIS

150,805FãsGostar
240SeguidoresSeguir
655SeguidoresSeguir

Um comentário

  1. Amo Portugal estive aí só uma vez,mas me apaixonei por esta terra meu pai nasceu em vale de frades distrito de Vimioso em 1922 gostaria de alguma matéria sobre sua terra.

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here