Início Viagens Praia da Barra: a mítica Praia de Aveiro (que na realidade fica...

Praia da Barra: a mítica Praia de Aveiro (que na realidade fica em Ílhavo)

Fica em Ílhavo mas quase toda a gente se refere a ela como a mais emblemática praia de Aveiro. Descubra a fantástica Praia da Barra.

3251
4
Praia da Barra

Localizada na costa ocidental de Portugal, no distrito de Aveiro, a Praia da Barra marca a entrada do Porto de Aveiro e o local onde a ria de Aveiro tem a sua ligação ao mar. Chamam-lhe a praia de Aveiro, mas na realidade pertence ao concelho de Ílhavo, na freguesia da Gafanha da Nazaré. Não acreditamos, no entanto, que existam rivalidades por causa desta confusão. Afinal de contas, a praia da Barra é uma praia de excelência, frequentada tanto pelos habitantes de Aveiro e Ílhavo como por muitos turistas de todo o país.

Praia da Barra
Praia da Barra

Esta atracção portuguesa que seduz uma quantidade enorme de pessoas não só na altura do Verão, mas também durante o resto do ano devido ao seu magnetismo deslumbrante, possui imensas qualidades que fazem dela o destino turístico que é (sendo mesmo atribuída o “Certificate of Excellence” por websites de turismo tais como Tripadvisor devido ao grande número de boas avaliações por parte dos viajantes).

Praia da Barra
Praia da Barra

Algumas das qualidades que explicam a agitação por parte de turistas e locais são o areal branco e fino que por sua vez também é extenso o que assegura espaço suficiente para acolher todos os viajantes; um espaço propício para a prática de diversos desportos de espírito aquático como o surf (devido as suas ondas magnetizantes), bodyboard, kitesurf, vela e até mesmo pesca desportiva.

Praia da Barra
Praia da Barra

A Praia da Barra também é munida de inúmeras amenidades tais como a possibilidade de alugar toldos e/ou chapéus de sol, um parque de estacionamento extenso, duches, bares e até um restaurante ao serviço dos banhistas.

Além disso, não só a totalidade da praia está sob vigilância de salva-vidas, mas a mesma também está munida com a bandeira azul, um símbolo atribuído pela Fundação para a Educação Ambiental a praias e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infraestruturas de apoio, informação aos utentes e sensibilização ambiental, o que lhe garante a melhor experiência possível.

Praia da Barra
Praia da Barra

Estando perto de outros centros turísticos situados no distrito e espalhados pela localidade, a Praia da Barra possui uma acessibilidade bastante boa e fluída o que permite que usufrua deste recurso turístico a qualquer altura do dia com o mínimo esforço.

Praia da Barra
Praia da Barra

Esta acessibilidade não só lhe permite aceder à praia, mas também à variedade de outros destinos situados ao seu redor como por exemplo: o Museu de Aveiro construído no século 15 e conhecido pelas obras de arte ali presentes; o Parque Infante D. Pedro conhecido não só pela sua fauna e flora mas também pelo calmo ambiente que lhe permite uma estadia pacifica; e também os vários sítios disponíveis para fazer algum shopping passageiro. E claro, basta um pequeno desvio e pode visitar as famosas casas típicas da Costa Nova.

Praia da Barra
Praia da Barra

Junto à praia destaca-se o imponente Farol de Aveiro, construído há mais de um século e que com 62 metros de altura é o mais alto de Portugal. O Farol da Barra é o maior farol de Portugal. Fica localizado na praia da Barra, freguesia da Gafanha da Nazaré, concelho de Ílhavo, distrito de Aveiro.

Foi, à data da sua construção, o sexto maior do mundo em alvenaria de pedra, continuando a ser actualmente o segundo maior da Península Ibérica, estando incluído nos 26 maiores do mundo. Em 2018 foi o farol português mais procurado pelos visitantes.

Praia da Barra
Praia da Barra

Foi construído no século XIX, mais propriamente entre os anos de 1885 e 1893, tendo sofrido grandes reparações em 1929. Este empreendimento custou ao Estado Português a quantia de 255,00€ (duzentos e cinquenta e cinco euros) (51000 escudos).

Praia da Barra
Praia da Barra

Em 2018, Portugal foi eleito pelo World Travel Awards como o melhor destino europeu para turistas vindos do mundo inteiro, uma categoria onde já se viu nomeado diversas vezes, vindo mesmo a ganhar algumas delas alguns anos prior. Este prémio é considerado como uma espécie de Óscar do turismo mundial e, para viajantes e especialistas no assunto, tal resultado não é uma surpresa tendo em conta tudo o que o país tem para oferecer. Uma das características que separa Portugal de qualquer outro destino do continente europeu, e até mesmo o posiciona no topo das listas mundiais, é a qualidade exorbitante das praias presentes no país.

4 COMENTÁRIOS

  1. Hmm tanta cultura, tanta sabedoria, e no entanto não sabem, que pertence há Gafanha Da Nazaré, acho que falta um pouco mais de estudo, obrigado, foi só para dar a informação, para as pessoas estarem informadas!

  2. Caro Gafnaz, não deve ter lido bem o artigo, porque o autor refere isso mesmo, logo no início: “Chamam-lhe a praia de Aveiro, mas na realidade pertence ao concelho de Ílhavo, na freguesia da Gafanha da Nazaré.” Penso que deverá ler melhor os artigos e compreender bem o o que lê antes de comentar, já que o o autor, afinal, de ignorante não tem nada.

  3. O autor, por acaso até demonstra uma grande ignorância em duas afirmações bastante pertinentes: a primeira quando diz que não há problemas de bairrismo quanto à denominação e localização da praia: há! Pessoalmente acho uma aberração a menção de ‘praia da Barra, Aveiro. O problema não é a menção de Aveiro, é a omissão da Gafanha da Nazaré e Ílhavo… com a agravante de serem muitos os aveirenses a cometer essa gafe, sendo perfeitos conhecedores da localização da praia!
    Segundo erro, do tamanho do farol da Barra: quando refere ‘um extenso parque de estacionament’… Todos os que visitam a Barra no Verão, conhecem o enorme problema que é a falta de estacionamento na Barra, e todos os problemas inerentes no acesso e saída das praias da Barra e Costa Nova! Só quem nunca foi para a Barra no Verão, principalmente em Agosto, poderia escrever uma barbaridade destas. O autor, para estar capacitado a escrever este artigo, deveria PRIMEIRO ter-se dado ao trabalho (e tremendo incómodo) de visitar a praia da Barra em Agosto…
    Resultado: mais uma carrada de turistas que virão sofrer dentro dos carros quando visitarem a Barra…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here