Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Vigo

Os 12 melhores locais para visitar em Vigo

É uma das maiores cidades da Galiza e deslumbra graças à sua belíssima ria. Estes são os melhores locais para visitar em Vigo, na Espanha.

1500
0
vigo
Vigo

Conta Júlio Verne que o segredo melhor guardado do Capitão Nemo está em Vigo. Sabia que era aqui que o navio Nautilus vinha para se abastecer de ouro? Na ria de Vigo há dúzias de galeões afundados carregados de ouro das Américas. Tesouros que ainda não viram a luz. Mas também há tesouros ao alcance de todos. Como passear pelo Centro Histórico e provar umas ostras n’A Pedra. Ou um dia de praia em Samil. Ou o Parque de Castrelos, com o seu paço e jardins. Ou uma excursão de barco ao paraíso das ilhas Cíes. Ou passear por ruas repletas de elegantes camélias.

Ou subir ao Castro para ver um impressionante pôr-do-sol. E para os que se sentem jovens, a lendária noite viguesa… Aberta até ao amanhecer. Isto é Vigo, a maior cidade da Galiza. Uma cidade moderna e empreendedora, aberta ao mundo. O mar é também o grande protagonista da mesa de Vigo. A gastronomia é essencialmente pesqueira, aparecendo como pratos relevantes todo o tipo de peixes e mariscos de sabor incomparável. Não é uma matéria-prima com a qual se façam elaborações complexas, sendo cozinhados de forma simples, com poucos condimentos para apreciar o seu sabor e a sua qualidade. Nos vinhos, destacam os Albariños, em especial os d’O Condado. Estes são os melhores locais para visitar em Vigo, na Galiza, Espanha.

 

1. Concatedral de Santa Maria de Vigo

Na cidade velha de Vigo encontra-se a igreja de Santa Maria, o templo mais popular da cidade e conhecido como “La Colegiata”, em que a imagem do Cristo da Victoria é venerada. As suas origens remontam à Idade Média, embora no século XIX o templo tenha sido demolido e um novo tenha sido construído, tal como é conhecido hoje.

Concatedral de Santa Maria de Vigo
Concatedral de Santa Maria de Vigo

A primeira pedra foi colocada em 1816 e as obras continuaram até 1836. Esta igreja tem três naves cobertas com uma abóbada de berço, com lados muito estreitos e um grande central. A separação entre navios é feita através de doze colunas dóricas.

 

2. Ilhas Cíes

As Ilhas Cíes são o maior tesouro da ria de Vigo: um incrível Parque Nacional Marítimo-Terrestre e um dos lugares mais bonitos do país, daí que os romanos lhes tenham dado o nome de ilhas dos deuses. O arquipélago de Cíes é composto por 3 ilhas: Monte Agudo, O Faro e San Martiño. As 2 primeiras estão unidas por um longo areal: a praia de Rodas, a melhor praia do mundo, conforme The Guardian. Cíes faz parte do Parque Nacional Ilhas Atlânticas: um paraíso de praias paradisíacas e águas cristalinas, com um ambiente natural que as torna um observatório de fauna e flora único.

Ilhas Cíes
Ilhas Cíes

Uma visita a Cíes é ideal não só para praticar trekking em família como para uma escapada à procura de praias virgens e tranquilas. Pode fazer-se uma excursão de um dia de barco a Cíes ou alugar um iate em Vigo. E até mesmo, se assim preferir, passar um fim-de-semana em Cíes a fazer campismo. Além disso, é um lugar excepcional para mergulhar na ria de Vigo e, com sorte, poderá nadar rodeado de roazes (os golfinhos autóctones, de menor tamanho).

 

3. Museu de Arte Contemporânea de Vigo

O principal objectivo deste centro de arte é a divulgação de movimentos e propostas culturais contemporâneas. As colecções deste museu, localizado no centro da cidade de Vigo, oferecem aos visitantes uma selecção de produção artística recente numa vasta gama de actividades criativas: artes visuais, arquitectura, vídeo, web art, design e moda.

Museu de Arte Contemporânea de Vigo
Museu de Arte Contemporânea de Vigo

O centro possui três linhas de programação expositiva: uma baseada em amostras nacionais e internacionais da arte e cultura actuais; outro que incentiva a pesquisa e a recuperação de autores ou movimentos galegos de vanguarda; e um terceiro dedicado a produções de artistas emergentes. No auditório do museu, seminários, conferências e ciclos audiovisuais de interesse são programados regularmente.

 

4. Centro Histórico de Vigo

O Centro Histórico de Vigo destaca-se pela predominância de pedras tanto nas construções quanto nas ruas, característica encontrada em praticamente toda Galiza. Ponto inicial de qualquer turista que chega a Vigo, o Mercado da Pedra é um local onde se concentram de um lado diversas lojas de souvenir enquanto de outro lado ficam bares e restaurantes especializados em frutos do mar. A grande atracção do local são as ostreiras que possuem uma habilidade incrível para abrir ostras fresquinhas para serem degustadas pelos clientes. Bem próximo da Pedra se encontra a Concatedral de Santa Maria. Esta igreja foi construída no início do século XIX e é o templo neoclássico mais importante da cidade, abrigando em seu interior o Cristo de la Victoria.

Centro Histórico de Vigo
Centro Histórico de Vigo

Outro ponto de interesse no Centro Histórico é a Plaza de la Constitución. Esta praça tem uma grande importância na história da cidade pois foi palco de todos os acontecimentos relevantes do passado de Vigo. Já foi chamada de Plaza Real e de Plaza de la Villa e actualmente é considerada a Praza Maior da cidade, rodeada de diversos pórticos e contando com a presença de vários bares e restaurantes. Próximo da Plaza de la Constitución encontra-se o marco zero da cidade: El Sireno. Este monumento está situado na Puerta del Sol e é uma representação de um ser metade homem metade peixe que foi concebido pelo escultor Francisco Leiro. Nas proximidades do Sireno inicia-se a Rua Príncipe. Esta rua é voltada para os pedestres e tem como principal finalidade atrair pessoas para actividades de ócio e comércio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here