Início Viagens As 12 melhores praias fluviais do Rio Alva

As 12 melhores praias fluviais do Rio Alva

É um dos rios mais bonitos, puros e cristalinos de Portugal que nasce na Serra da Estrela e desagua no Mondego. Estas são as melhores praias fluviais do Rio Alva.

565
0
Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros
Praia Fluvial de Lapa dos Dinheiros

 

O Rio Alva é um dos mais puros e cristalinos rios de Portugal. Nasce na Serra da Estrela e caminha serpenteando várias pequenas localidades até que seja ao Rio Mondego. É um rio mágico, especial, acarinhado pela população com a qual o seu leito se cruza e cantado por poetas. Ao longo do seu trajecto são várias as localidades que possuem praias fluviais no Rio Alva. Se outrora eram usadas apenas pelos habitantes de cada aldeia, hoje em dia são destino de milhares de turistas de todo o país, que aqui procuram uma alternativa às praias oceânicas. As praias fluviais do Rio Alvas são de elevada qualidade, possuem estruturas de apoio como bares, restaurantes e instalações sanitárias e, muitas delas, foram classificadas como Praia de Bandeira Azul, o que atesta ainda mais a qualidade destas águas. Estas são as melhores praias fluviais do Rio Alva.

 

1. Praia Fluvial de Avô

Inserido numa envolvência natural única, num autêntico postal vivo, a vila de Avô tem uma das mais ricas zonas fluviais do interior do país. Em pleno coração da localidade, onde se encontram o rio Alva e a ribeira de Pomares, que formam a particular ilha do Picoto, a zona balnear percorre todo o extenso e verdejante vale oferecendo inúmeros locais para banhos. A praia fluvial de Avô (praia acessível para todos) é constituída por dois açudes na zona circundante da ilha, agora com diversos pontos de passagem de peões recém-inaugurados e uma piscina infantil alimentada com água do rio.

Praia Fluvial de Avô
Praia Fluvial de Avô

Por baixo da ponte de um só arco do séc. XVIII, há uma zona de grandes pedras do rio de onde se pode mergulhar ou apanhar banhos de sol. Os espaços de lazer são amplos e com muito relvado com muitas sombras de mimosas, salgueiros e amieiros. O parque das merendas fica no alto de onde se obtém uma vista fantástica sobre o rio. Perto da praia, que foi requalificada, pode visitar as ruínas do antigo castelo, as ruínas da Ermida de São Miguel, o Pelourinho do séc. XVI e a Igreja Matriz do séc. XVII.

 

2. Praia Fluvial de São Gião

Instalada no complexo turístico da Fundação Albino Mendes da Silva, (benemérito que comprou os 10 hectares desta área florestal junto ao rio Alva), a praia fluvial de S. Gião tem, para além de uma extensa zona balnear, rodeada de carvalhos, cedros, pinheiros, choupos, salgueiros e plátanos, um parque de campismo, parque de merendas, alojamento em moradias, quartos na residencial do Choupal, restaurante, parque infantil e percursos pedonais junto à levada e até à ponte que atravessa o rio a montante.

Praia Fluvial de São Gião
Praia Fluvial de São Gião

A antiguidade da sua implementação (fundado em 1970), faz deste complexo e desta praia, que aproveita as antigas instalações da quinta (moinho tradicional, lagar, casa da quinta e fábrica de tecidos), uma das mais conhecidas da região. Ao longo dos últimos anos têm sido realizadas diversas obras de melhoramentos, desde uma represa para aumentar a profundidade até uma prancha de saltos. Depois de um mergulho, aproveite para visitar algumas das eleitas 7 maravilhas (culturais e ambientais) do concelho.

 

3. Praia Fluvial de Côja

Localização em privilegiada zona beirã, Coja foi alcunhada por poetas e pintores como a “Princesa do Alva”. Rica em belezas naturais, uma das quais a sua zona balnear. É um local de passagem para aqueles que pretendem conhecer as belezas que a zona serrana encerra. Coja está junto à confluência da ribeira da Mata com o Rio Alva. No aspecto paisagístico, evidenciam-se os açudes do Rio Alva, com particular destaque para o existente, junto ao Parque de Campismo, que pelas suas características naturais permite a localização da zona balnear.

Praia Fluvial de Côja
Praia Fluvial de Côja

É uma zona fluvial que reúne condições para a prática da actividade balnear. É constituída por um açude que criou na parte inferior, um “espelho de água”, e cujas margens são constituídas por um areal que permite a permanência de banhistas junto à água. A parte superior é formada por um lençol de água, o que permite, além da actividade balnear, algumas actividades recreativas como, a canoagem, gaivotas e pesca desportiva. As margens, e a área envolvente à praia fluvial são refrescantemente arborizadas por choupos e amieiros. Na Margem direita do rio Alva existe um antigo lagar e moinho, que foram convenientemente recuperados, onde funciona um bar, restaurante e esplanada.

 

4. Praia Fluvial de Sandomil

Situada nas margens do rio Alva, a zona balnear de Sandomil detém características naturais e edificadas que potenciam a utilização do espaço como área de banhos e lazer. Ao longo da margem esquerda do rio, para além extenso relvado, este local beneficia da existência de ensombramento natural de uma densa área arborizada com plátanos e amieiros e está dotada de um amplo espaço de merendas, equipado com mobiliário urbano.

Praia Fluvial de Sandomil
Praia Fluvial de Sandomil

A jusante da zona de banhos e parque de merendas existe um passadiço suspenso em estrutura metálica e a montante da zona balnear existe uma ponte medieval que permite a circulação rodoviária e pedonal de acesso à aldeia e à zona de banhos e lazer. A partir de Seia, seguir em direcção a São Romão (EN231), ou pela Zona Industrial, em direcção à EN17; em ambos os casos ir em direcção a Torroselo, pela EN17; Nesta localidade cortar à esquerda para a EM514, em direcção a Sandomil; seguir sempre em frente, passar a ponte, até alcançar a Praia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here