Início Viagens Visitar Setúbal: o que ver e o que fazer

Visitar Setúbal: o que ver e o que fazer

Perto da capital, Setúbal é uma cidade onde pode sair dela encantado com a sensação de querer voltar. Conheça esta região que tem tanto para oferecer.

0
setúbal
Convento da Arrábida

Pela a sua localização junto ao mar, a cidade de Setúbal esteve sempre ligada a atividades marítimas, por isso, pode-se dizer que esta trata-se de um paraíso à beira mar. Porém, não é apenas junto às águas que se pode conhecer o melhor da cidade.

Devido a toda a natureza envolvente, a região setubalense oferece condições excepcionais e locais incríveis para conhecer e explorar. As praias paradisíacas, a Serra da Arrábida e a Península de Tróia são apenas alguns de pontos com visita obrigatória em Setúbal.

1. Quando visitar Setúbal?

Em Setúbal, o verão é característico pelo seu clima seco e quente e o inverno pelo seu clima fresco e chuvoso com ventos muito fortes. Para aproveitar as belas praias, o ideal é ir na altura do verão, porém os meses de março, abril e maio também são agradáveis.

2. O que ver e visitar em Setúbal?

Entre o fascinante centro histórico, a simpática avenida e todas as belas praias, a cidade de Setúbal usufrui de uma excelente localização com imensos paraísos naturais. Deslumbre-se com estes mesmos.

2.1. Praça do Bocage

Praça do Bocage

Localizada no centro de Setúbal, a Praça do Bocage é o ponto de encontro de gente setubalense. Sempre muito movimentada e com um ambiente agradável para conviver à sombra das árvores, nos bancos de jardim. É aqui que se sente o pulsar do centro histórico, devido a todos os edifícios em volta e no centro, uma grande estátua de Bocage – o poeta mais conhecido da cidade.

2.2. Avenida Luísa Todi

Avenida Luísa Todi

Perto do centro histórico de Setúbal, encontra-se uma das mais importantes avenidas da cidade: Avenida Luísa Todi, cujo nome homenageia a artista cantora de ópera destacada no século XVIII. É aqui onde está localizado a maior parte do comércio e da restauração, incluindo um bonito e cuidado jardim com esculturas.

2.3. Mercado do Livramento

Mercado do Livramento

Encontra-se em funcionamento desde 1930 e trata-se do mercado mais conhecido da região. Tem como nome, Mercado do Livramento em Setúbal e dispõe de vários postos de comida, verduras, frutas, grãos, entre outros. É revestido a azulejos e isso proporciona um diferente charme a este estabelecimento que se localiza no centro histórico da cidade.

2.4. Parque Natural da Arrábida

Serra da Arrábida
Serra da Arrábida

Com uma área de, aproximadamente, 10.800 hectares, o Parque Natural da Arrábida localiza-se junto ao mar, entre Setúbal e a vila piscatória de Sesimbra. Este parque destaca-se pela sua beleza incomparável que dispõe de uma enorme riqueza vegetal, sendo assim uma das suas maiores atrações. A necessidade da conservação deste Parque deve-se aos seus bens naturais e históricos, que fazem com que a Arrábida seja considerada uma relíquia portuguesa.

2.5. Portinho da Arrábida

Portinho da Arrábida
Portinho da Arrábida

Considerada uma das praias mais paradisíacas da região, o Portinho da Arrábida possui águas cristalinas e translúcidas, onde é possível observar o fundo. Para além desta, outras praias que se destacam também pela sua qualidade, na Serra da Arrábida, são a dos Galapinhos e a Ribeirinha. Algo em comum entre estas três praias é a sua paisagem deslumbrante encostada à serra e à vegetação.

2.6. Estuário do Sado

mulatos do sado
Rio Sado

É um pouco mais distante da cidade setubalense, mas vale realmente a pena visitar. O Estuário do Sado é uma reserva que rodeia o Rio Sado, que é rica em fauna e flora e serve de habitat a algumas espécies, como é o caso dos golfinhos, dos flamingos e das cegonhas. Para além da natureza que aqui pode ser contemplada, a canoagem e os passeios de barco e a cavalo também são atividades possíveis.

2.7. Moinho de Maré da Mourisca

Moinho de Maré da Mourisca
Moinho de Maré da Mourisca

O Moinho de Maré da Mourisca situa-se inserida na Reserva Natural do Estuário do Sado, na Herdade Mourisca, numa zona de sapal e salinas que, antigamente, era usada para o cultivo do arroz. Além de ser, depois da sua reconstrução, um ecomuseu, é possível utilizar o moinho como ponto para a observação de aves limícolas, principalmente com telescópio, e plantas de sapal.

2.8. Jardim do Bonfim

Jardim do Bonfim
Jardim do Bonfim

Localiza-se no centro da cidade e é considerado o espaço verde mais antigo da cidade, com inspirações no século XVI. O Jardim do Bonfim dispõe de uma área superior a 42 mil metros quadrados de natureza, onde é possível observar aves aquáticas e mais de quarenta espécies de arbóreas diferentes. 

2.9. Península de Tróia

Marina de Tróia
Marina de Tróia

Através de uma viagem de ferry pelo estuário do Sado com saída da cidade de Setúbal, chega-se até à paradisíaca Península de Tróia. Durante este trajeto é possível ver aos pequenos mergulhos de golfinhos e sentir a brisa saudável vinda do mar. Protegidas pelas montanhas, nesta península encontram-se algumas das melhores praias com areia branca da região, assim como os divertidos pontos de lazer como o golfe.

3. O que fazer em Setúbal?

A cidade de Setúbal possui vários monumentos e pontos de interesse para visitar. Mas uma visita a esta linda cidade é ainda mais completa se incluir no seu roteiro um conjunto de atividades que enriquecem a sua experiência e o ajudam a conhecer melhor a região.

3.1. Trilhos pedestres

Os percursos pedestres que dão a conhecer a região de Setúbal são algo que deve ser incluindo nos planos daqueles que a visitam. O Parque Natural da Arrábida é um dos santuários naturais mais bonitos do país que deve ser explorado através dos seus trilhos entre os tons azuis das águas e os verdes da vegetação. Eis algumas sugestões de trilhos:

Sendo considerado um dos trilhos mais completos da Arrábida, o Trilho das Serras e Moinhos combina os encantos da natureza com os encantos históricos. Trata-se de um trilho circular tendo Palmela como ponto de partida e de chegada. A sua dificuldade é moderada, mas pode-se contar com várias paisagens de cortar a respiração, ao longo de 22 km que atravessam a Serra do Louro, o Vale dos Barris e a Serra de S. Luís.

praias mais bonitas da Arrábida
Serra da Arrábida

Durante os 11 km feitos na Serra do Risco, pode-se contar com uma certa exigência devido às caraterísticas dos terrenos que são muito pedregosos, desnivelados e escorregadios. Contudo, apesar da dificuldade, vale realmente a pena uma vez que se atravessa as chamadas “Marmitas do Gigante” que é considerado um dos locais mais extraordinários do Parque Natural da Arrábida. Para partir à aventura, este percurso inicia e termina na N379-1 entre o Portinho da Arrábida e Casais da Serra.

Se há algo pela qual a região da Arrábida é conhecida, é pelas suas praias paradisíacas. O Trilho das Praias da Arrábida explora estes mesmos encantos, ao longo de sete km que iniciam no Portinho da Arrábida e prolongam-se pelo areal e pela mata, passando assim por várias praias incluindo uma que é considerada das mais bonitas da Europa. Este trilho, uma vez que é circular, finaliza assim, no mesmo ponto de partida.

3.2. Atividades em Setúbal

A observação de golfinhos pode ser uma experiência encantadora e esta pode ser vivada em Setúbal, mais precisamente no Sado. A viagem tem a duração de três horas e é acompanhada por experientes biólogos marinhos que irão ajudar na identificação das espécies. Esta experiência com a Dolphin Bay possibilita também a paragem para banhos, onde será disponibilizado material para desenvolver a atividade de snorkeling.

Golfinho
Golfinho

Desta vez, para os mais aventureiros e todos aqueles que gostam de sentir a adrenalina à flor da pele o coasteering é a atividade ideal para desenvolver nesta região, mais precisamente no Parque Natural da Arrábida. O objetivo é percorrer a linha da costa recorrendo a várias atividades como a natação, o rappel, a escalada, o slide, as caminhadas e até mesmo os saltos para a água. Isto permite-lhe descobrir novos encantos que, de outra forma, são impossíveis de deslumbrar.

4. Onde comer e dormir em Setúbal?

Para uma experiência diferente, pode escolher dormir num dos belos moinhos da Quinta dos Moinhos de S. Filipe que se encontra a menos de três quilómetros do centro de Setúbal e a menos de dez minutos da praia.

Pode usufruir de piscina e dependendo o moinho, pode usufruir também de sala e kitchenette. Esta quinta encontra-se situada na Serra da Arrábida com vistas deslumbrantes, quer para o Atlântico como para o Sado, envolvida num ambiente com uma beleza natural única.

Na Avenida Luísa Todi, encontra-se “O Tavira” com o choco frito, as cataplanas, a massa de peixe e a caldeirada à setubalense como principais especialidades. Para quem foge ao peixe, existem diversas opções de carnes, entre os diferentes pratos típicos de Setúbal, que compõe a carta. É um novo espaço na cidade que é muito caraterizado pelo tema do mar com um toque moderno e acolhedor.

Entre as variadas opções de alojamento na península de Tróia, o Sublime Comporta é uma das que se destaca pelo seu ambiente muito bom e sustentável. Tal como refere o próprio site, encontra-se “refugiado numa propriedade de 17 hectares, […]” entre a natureza, onde se respira serenidade e sente-se a paz e o conforto, numa combinação de qualidade e tranquilidade.

Numa cidade entre as águas do Atlântico e do Sado e as vegetações da Arrábida, Setúbal tem muito para oferecer, desde as experiências e atividades de lazer até à gastronomia local. Este é um dos lugares onde pode respirar ar puro, contemplando tudo o que a mãe natureza proporcionou de bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here