Início Viagens Os 8 mais belos edifícios de Lisboa que sobreviveram ao Terramoto de...

Os 8 mais belos edifícios de Lisboa que sobreviveram ao Terramoto de 1755

Devastou quase toda a cidade de Lisboa. Quase, porque resistiram alguns. Descubra os 8 mais belos edifícios sobreviventes ao Terramoto de 1755.

52488
1

 

O terramoto de 1755 foi devastador e é considerado como um dos mais violentos na história da humanidade. Destruiu grande parte de Lisboa e outras cidades portuguesas na costa do Alentejo e do Algarve. No entanto, nem todos os edifícios desapareceram neste fatídico dia. Pelos bairros históricos, como a Mouraria, Alfama e Bairro Alto, ainda encontramos edifícios anteriores ao Terramoto de 1755, que sobreviveram a um estrondoso abanão e que estão para ficar. Apesar de não terem uma qualidade artística muito elevada, encantam pela sua arquitectura medieval e pelo pitoresco que trazem ao bairro. Hoje apresentamos oito desses edifícios, que nos fascinam pela sua singularidade:

 

1. Rua dos Cegos

cegos

É um edifício quinhentista e será provavelmente um dos mais antigos prédios existentes na cidade de Lisboa. Apesar da sua pequena dimensão, marca sem qualquer dúvida o tipicismo da zona onde se encontra, no Bairro de Alfama. Os historiadores e especialistas afirmam que está será a casa mais antiga de Lisboa.

 

2. Largo do Menino Deus

menino

Mais um exemplar do Séc. XVI que mantém o seu traçado original, no Largo Menino Deus. Destaca-se um corpo saliente, cujo acesso se faz através de uma escada com sete degraus e por uma porta estreita em arco. A janela quadrada de adufa confere uma imagem pitoresca à casa. Por representar um símbolo da arquitectura renascentista em Lisboa, tornou-se um verdadeiro modelo em quadros e aguarelas de artistas plásticos.

 

3. Rua do Benformoso

benformoso

Data do século XVII e é também um exemplar único pelo seu lote estreito com loja e 2 andares de ressalto. De reparar no interessante trabalho em madeira no forro dos ressaltos e nos óculos para iluminação da escada.

 

4. Beco de São Miguel

s-miguel

Mesmo ao lado da Igreja de S. Miguel, encontramos este prédio de 5 pisos com ressalto bilateral muito balançado e paredes exteriores de tabique.

 

5. Rua da Atalaia

atalaia

Prédio do Bairro Alto, de uma altura excepcional de 6 pisos e fachada de bico. As grades das sacadas são já seiscentistas, denotando construção anterior ao Terramoto.

 

6. Beco da Achada

beco-da-achada

A Mouraria tem imensos recantos que nos fazem apaixonar um pouco mais pela cidade, sempre que passamos por eles. Um desses recantos é o Beco da Achada, onde encontramos um edifício do Séc. XIV ou XV, com porta e janela gótica em cantaria, tendo sobrevivido ao terramoto de 1755.

 

7. Rua dos Bacalhoeiros

janelas

Este grande edifício anterior ao Terramoto, da época de D. João V, é conhecido por casa das varandas. Na sua origem teria 5 pisos, mas no século XIX foram-lhe acrescentados mais dois, bem como as águas-furtadas.

 

8. Largo do Chafariz de Dentro

chafariz

No Largo do Chafariz de Dentro, encontramos este prédio de 4 pisos com duplo ressalto, construída provavelmente no século XVII.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Pena é, que nestes locais sendo Históricos muitos destes edifícios propriedade da CML sem que estejam perservados em termos da sua reconstrução. Muito visitados diáriamente, mas é um ver de lágrimas ver projectos de arquitécturas lindíssimas com tectos tamponados com oleados, e pilares suportados com tubos de obras, sem que estas tenham caminho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here