Início Viagens Covas do Monte: uma aldeia com 50 habitantes… e 2500 cabras

Covas do Monte: uma aldeia com 50 habitantes… e 2500 cabras

Nas entranhas da Serra de São Macário, com casas feitas em xisto, 50 habitantes resistem ao isolamento na companhia de 2500 cabras... em Covas do Monte.

11134
2
Covas do Monte
Covas do Monte

A aldeia de Covas do Monte, em São Pedro do Sul, é um exemplo perfeito do que é o Portugal Rural, do país interior esquecido e abandonado, onde as pessoas parecem ainda viver num tempo longínquo mas, mesmo assim, não deixa de possuir um encanto muito especial.

Nesta pequena aldeia de montanha, as pessoas dedicam-se sobretudo à agricultura e à pastorícia, com a particularidade de aqui existirem mais cabras do que habitantes humanos.

Covas do Monte
Covas do Monte

Estima-se que sejam 50 habitantes e… 2500 cabras! Aqui vivem um pouco mais de meia centena de pessoas que entre as muitas ocupações cultivam as “terras de pão” e dedicam-se à pastorícia no “monte”.

Cercam-na montanhas com 1000 metros que ao longo do ano a abastecem de água e lhe dão um enquadramento único. As casas de xisto ficam dispostas em ruas sinuosas acantonadas no sopé da montanha.

covas2
Covas do Monte

Na aldeia existem bovinos, ovinos e caprinos. De todos são os caprinos que devido ao seu número, cerca de 2500, marcam o dia a dia dos habitantes. Diariamente sobem os montes guardados pelo pobreiro que de forma rotativa vai cabendo a todos.

São saberes e formas de vida que o decorrer do tempo inculcou nas pessoas que em Covas do Monte se podem vivenciar.

Foto: Rui Pires
Foto: Rui Pires

Para chegar à aldeia de Covas do Monte, em São Pedro do Sul, é preciso percorrer um caminho sinuoso mas de rara beleza, atravessando a serra da Freita e vislumbrando as de Montemuro e da Gralheira.

O passeio vale por si só, mas o melhor está ainda para chegar! Situada na serra de São Macário, Covas do Monte está a 450 metros de altitude, pelo que aqui se respira um ar puríssimo.

Foto: Nuno Rocha
Foto: Nuno Rocha

A paisagem verdejante, com montanhas a toda a volta, a que ninguém fica indiferente, é pontuada por rebanhos, criando um cenário bucólico. Por aqui abaixo corre água fresquíssima, encaminhada para a aldeia e distribuída pelos campos através de um regadio tradicional.

Covas do Monte
Foto – Nuno Rocha

Encaixada nos montes, a aldeia fica no sopé da montanha e oferece um passeio único por entre as suas ruas estreitas e sinuosas e o aglomerado de casas, quase todas construídas em xisto e com telhados lousa.

Foto - Kim Freitas
Foto – Kim Freitas

Observe a forma como se distribuem e se enquadram, perfeitamente, na paisagem! Animais e pessoas convivem lado a lado, nessa pequena povoação que vive da pastorícia.

É que além de cabras e ovelhas, também as vacas saem diariamente para se deliciarem com as pastagens frescas dos montes.

Foto - Nuno Rocha
Foto – Nuno Rocha

Ao fim da tarde, regressam, e cada uma parece conhecer o caminho para casa, num ritual que se repete e a que vale a pena assistir, ou não fosse este um retrato raro do país rural.

De destacar que nesta aldeia ainda se faz a matança do porco, sendo por isso de esperar que os enchidos e a carne de qualidade sejam marcas da gastronomia local.

Covas do Monte
Covas do Monte

O restaurante da aldeia – Restaurante da Associação dos Amigos de Covas do Monte – que é obrigatório conhecer, é, aliás, local de romaria ao fim de semana. Instalado numa antiga escola primária, oferece uma bonita vista para a serra e uma ementa com pratos característicos da região. Não deixe de degustar o cabrito da Gralheira e a vaca Arouquesa, raças autóctone e certificadas.

2 COMENTÁRIOS

  1. se eu fosse rico era onde iria viver ,numa gruta rodeado do meus animais tal como meus antepassados fizeram farto desta porcaria avancada mas cheia de porcaria por todo lado

  2. DEVEMOS todos de alguma maneira salvar esta Cultura chã e verdadeira que guardiã de costumes culturas ,podem salvar um território aonde H/Mulheres vivem em harmonia com a Natureza e que deviam ser subsidiadas como museu Vivo das de gentes culturas e saberes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here