Home Gastronomia 10 deliciosas comidas típicas de São Paulo

10 deliciosas comidas típicas de São Paulo

Tratando-se de um estado onde convivem muitas culturas, também a sua culinária é muito diversificada. Descubra a gastronomia de São Paulo!

0
comidas típicas são Paulo
Comidas típicas de São Paulo

A culinária do Estado de São Paulo se desenvolveu no período de povoamento da capital do estado, São Paulo. A maioria dos pratos levam milho e trigo, alimentos da terra. Houve uma miscigenação com a culinária europeia, africana e indígena, causando um mix de sabores.

No entanto, hoje com as imigrações para o estado, São Paulo possui uma culinária diversificada, pois abraçou as receitas gastronômicas de diferentes países e modificou para o jeito brasileiro, como o suhsi japonês, yakisoba chinês. Até mesmo as comidas tailandesas e coreanas, e, mais recentemente, as comidas árabes tomaram forma na culinária paulistana. A seguir, confirma 10 pratos típicos de São Paulo:

1. Sanduíche de mortadela

Sanduíche de mortadela
Sanduíche de mortadela

Em São Paulo, o lanche mais tradicional leva mortadela. É o sanduíche do Mercadão, tão famoso e tradicional que é, assim como o Mercado Municipal, um ponto turístico da cidade.

Embora esse seja o mais conhecido – muito por causa da montanha de mortadela – variações do prato podem ser encontradas em qualquer padaria paulista.

2. Virado à paulista

Virado à paulista
Virado à paulista

A receita típica de São Paulo, Virado à Paulista, foi declarado patrimônio imaterial de São Paulo!

O Virado à Paulista nasceu no período colonial, na época dos bandeirantes. Quando estes iam de um lado a outro à cavalo, as comidas nas sacolas eram chacoalhadas – daí o nome “virado”.

Os bandeirantes levaram o virado para Minas Gerais, onde o prato se converteu no tutu à mineira!

Arroz, bisteca, torresmo e couve foram sendo acrescentados com o passar dos anos. O Virado à Paulista chegou ao século 21 como sendo o prato mais emblemático da culinária de São Paulo.

3. Bauru

Bauru
Bauru

Mais um lanche adentra no polo gastronômico que é São Paulo. Bauru é formado por Pão Francês, queijo e rosbife.

A história do nascimento desse lanche é interessante: um estudante esfomeado, cujo apelido era Bauru, pediu que um pão francês fosse preenchido com rosbife, tomate, picles e queijo derretido, normalmente feito em banho-maria. A ideia foi aprovada por outros comensais, que logo começaram a pedir o prato bolado pelo tal do Bauru.

4. Comida árabe à paulista

Comida árabe à paulista
Comida árabe à paulista

Este item pode não ser um prato, mas com certeza se tornou um tipo típico da gastronomia de São Paulo. Devido aos imigrantes em São Paulo, os hábitos culinários destes, os árabes, se misturaram aos dos paulistanos, que logo adaptaram aos seus próprios temperos. A modificação resultou em pratos deliciosos e diferentes dos originais.

5. Coxinha

Coxinha
Coxinha

A coxinha existem em todo o Brasil, mas, é em São Paulo que é o assunto é levado realmente a sério. Considerada como um prato típico paulistano, existem rankings da melhor cozinha, blogs especializados para falar sobre, e filas em restaurantes e lanchonetes que se popularizaram vendendo coxinha. Os recheios e temperos das coxinhas são variados.

6. Cupim casquerado na telha

Cupim casquerado na telha
Cupim casquerado na telha

Os cortes de cupim em São Paulo são realmente finos, e assados para serem crocantes. Normalmente servidos para serem acompanhados de mandioca ou polenta frita.

É um petisco que faz parte da gastronomia de São Paulo, que apesar de não ter nascido lá, foi aperfeiçoado e se popularizou. Ah! Ele, de fato, é assado e servido na telha.

7.  Pastel de feira

Pastel de feira
Pastel de feira

A origem do pastel de feira é asiática, e, devido a sua popularidade no Brasil inteiro, é controverso considera-la como uma comida típica paulistana.

No entanto, não existe uma rua de São Paulo que não se veja uma barraquinha de pastel.

Ele é feito para ser crocante e com variados recheios, muitos à brasileira (como carne seca, charque, frango) e acaba por se tornar algo típico de São Paulo!

8. Sushi

Sushi
Sushi

As ruas de São Paulo estão cheias de japoneses e de restaurantes especializados em culinária oriental. Não limitados apenas a cozinha japonesa, mas está presente também a tailandesa, chinesa, e até mesmo mongol.

No entanto, uma das mais populares, de fato, é a japonesa e o sushi. Sendo que, o sushi comercializado não é o típico japonês, mas sim o típico brasileiro – um presente da gastronomia de São Paulo.

Com diferentes sabores e formas de ser servido, como os rodízios. O sushi é referência na gastronomia paulistana!

9. Pão na chapa

Pão na chapa
Pão na chapa

É justamente por ser comum e muito fácil de ser encontrado, que é uma comida típica de São Paulo. Combina com ritmo rápido da cidade, cujas pessoas acabam por precisar se alimentar de maneira rápida para poder trabalhar ou descansar.

Assim, o pão na chapa paulista é facilmente encontrado em qualquer padaria ou lanchonete! E claro, junto a um bom café com leite.

10. Cuscuz paulista

Cuscuz paulista
Cuscuz paulista

Origina-se a partir do cuscuz berbere, modificado a partir de influências indígenas e também dos imigrantes europeus no Brasil. O principal ingrediente é a farinha de milho.

O prato costuma ser feito de farinha de milho, molho de tomate, pedaços de tomate, azeite, pedaços de ovo cozido e alguns ingredientes enlatados, como ervilha, milho verde, azeitona e sardinha, além de sal e temperos.

 Todos os ingredientes são cozidos numa panela e após é colocado em uma forma com furo no meio. Pois desta forma ele fica com uma melhor aparência e apresentação. É diferente do cuscuz pernambucano (um tesouro da culinária do Pernambuco), que é servido sem recheios.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here