Início Cultura As 100 palavras mais engraçadas da Língua Portuguesa e os seus significados

As 100 palavras mais engraçadas da Língua Portuguesa e os seus significados

A língua portuguesa pode ter palavras simples, complexas, difíceis, fáceis... e pode ter também muitas palavras engraçadas. Divirta-se com a nossa lista e diga-nos a sua preferida.

15295
4
palavras engraçadas
Livros

 

A Língua Portuguesa adoptou, ao longo dos anos, várias palavras de outros idiomas e origens, como o árabe, por exemplo, mas também dos povos com quem os portugueses contactaram durante a época dos Descobrimentos. Como resultado, a variedade de vocabulário da nossa língua é imensa. Algumas palavras antigas caíram em desuso e já raramente se utilizam. Outras palavras são pouco conhecidas. E outras… são simplesmente engraçadas. Algumas das palavras que aqui irá ler são bem conhecidas mas optámos por colocá-las apenas por soarem a algo engraçado. Nesta selecção estão ainda algumas palavras mais usadas pelos brasileiros do que pelos portugueses ou usadas em Portugal com outro significado. Descubra 100 palavras engraçadas da língua portuguesa! E divirta-se!

 

1. Abricó

Fruta cultivada em todo o Brasil, principalmente no Pará.

 

2. Arapuca

Armadilha que serve para apanhar aves vivas.

 

3. Araraquara

Nome de uma cidade perto de São Paulo, no Brasil.

 

4. Bagulho

Semente da uva ou de outro fruto baciforme. Também designa alguém com aspecto pouco cuidado.

 

5. Bagunça

Desordem, confusão.

 

6. Balacobaco

Atributo ou beleza extraordinários.

 

7. Balofo

Algo muito volumoso ou pessoa com excesso de peso.

 

8. Banguela

Pessoa sem dentes.

 

9. Batráquio

Grupo de animais ao qual pertence a rã.

 

10. Batuta

Peça usada pelo maestro para conduzir a orquestra.

 

11. Beiçola

Pessoa que tem um dos lábios com tamanho superior ao normal.

 

12. Berimbau

Instrumento musical de origem angolana.

 

13. Bicudo

Animal com um bico grande. Algo muito problemático.

 

14. Biruta

Dispositivo que consiste numa espécie de saco cónico de tecido colocado no alto de um mastro para indicar a direcção e intensidade do vento.

 

15. Bochecha

Parte da face. Usa-se sobretudo em crianças com em pessoas com cara redonda.

 

16. Bodum

Transpiração semelhante a fedor de bode não castrado.

 

17. Bombachas

Nome de uma peça de roupa.

 

18. Braguilha

Parte onde estão as casas e os botões ou o fecho de calças.

 

19. Cabrito

Nome de animal.

 

20. Caçarola

Recipiente cilíndrico mais largo que alto, geralmente de barro ou metal e com cabo, usado para cozinhar.

 

21. Cafuné

Acto de coçar a cabeça de alguém, dando estalidos com as unhas para fazê-lo adormecer.

 

22. Camundongo

Nome de um roedor.

 

23. Cangote

Parte superior e posterior do pescoço.

 

24. Carapuça

Parte de peças de roupa destinada a cobrir a cabeça.

 

25. Careca

Alguém que não tem cabelo.

 

26. Carrapato

Nome de um insecto.

 

27. Cauby

Nome próprio com origem brasileira.

 

28. Caxinguelê

Animal roedor semelhante a um esquilo.

 

29. Chinfrim

Grande desordem ou agitação.

 

30. Chorumela

Lamúria, lengalenga, algo de pouco valor.

 

31. Chouriço

Comida de fabrico artesanal feita, normalmente, de carne de porco.

 

32. Chuchu

Fruto/hortaliça muito comum no Brasil.

 

33. Chupeta

Artefacto que as crianças usam na boca.

 

34. Cueca

Peça de roupa.

 

35. Cuscuz

Cereal de origem árabe.

 

36. Dodói

Usado para designar um ferimento quando se fala com uma criança.

 

37. Empada

Prato que consiste em massa de pão recheada com carne ou outros ingredientes.

 

38. Enxaqueca

Dor forte de cabeça.

 

39. Esculacho

Maltrato, descuido, agressão.

 

40. Espiroqueta

Tipo de bactéria.

 

41. Faniquito

Pequeno fanico, ataque nervoso ligeiro.

 

42. Farofa

Tipo de alimento.

 

43. Filó

Tecido transparente, semelhante a uma rede muito fina, muito utilizado para véus, vestidos, saiotes, etc.

 

44. Fofo

Adjectivo para definir algo que é suave.

 

45. Fuinha

Tipo de animal.

 

46. Futrica

Designação dada, entre os estudantes de Coimbra, a quem não é estudante.

 

47. Gaiato.

Criança, menino.

 

48. Garrincha

Pequeno pássaro de plumagem vermelha.

 

49. Geringonça

Construção improvisada com pouca solidez. Nome dado à coligação dos actuais partidos políticos de esquerda que actualmente governam Portugal.

 

50. Goela

Espaço que antecede imediatamente a laringe dos mamíferos.

 

51. Gogó

Saliência na parte anterior do pescoço formada pela cartilagem tiróide.

 

52. Hermengarda

Nome próprio feminino.

 

53. Inhame

Tipo de planta algo semelhante à batata.

 

54. Jararaca

Tipo de serpente.

 

55. Jururu

Relacionado a tristonho, melancólico, apático.

 

56. Lambão

Pessoa gulosa, que come muito e de forma descontrolada.

 

57. Linguiça 

Comida artesanal típica do fumeiro tradicional.

 

58. Lumbago

Dor nevrálgica, bastante intensa, que surge na região lombar e que é mais frequentemente de causa reumática ou consecutiva a um esforço inadequado.

 

59. Macacão

Peça de roupa usada em trabalho por vários profissionais, como por exemplo os mecânicos.

 

60. Maçaroca

Espiga de milho.

 

61. Mafuá

Embaraçado, bagunça, confusão.

 

62. Marmota

Animal roedor.

 

63. Matusquela

Que ou quem tem as capacidades mentais afectadas.

 

64. Mingau

Alimento de consistência cremosa, feito de farinha, leite e açúcar.

 

65. Minhoca

Tipo de animal.

 

66. Mixórdia

Mistura de coisas que não fazem sentido ser misturadas.

 

67. Mixuruca

Que se considera ter pouco valor ou pouca qualidade.

 

68. Mocotó

Mão de vaca preparada culinariamente. Homem velho, muito gordo e pesado. Planta silvestre, da família das acantáceas.

 

69. Pachola

Pessoa boa, simples, ingénua, para quem tudo está bem. Pessoa preguiçosa, vadia.

 

70. Pamonha

Bolo, doce ou salgado, feito de milho verde ralado, leite de coco, etc., cozido e enrolado em folhas de milho ou de bananeira. Que ou aquele que é pouco esperto ou pouco inteligente.

 

71. Papalvo

Indivíduo que se deixa enganar facilmente; pacóvio; simplório; lorpa.

 

72. Patusco

Que ou quem gosta de se divertir ou de divertir os outros; que ou quem é cómico ou divertido.

 

73. Pelanca

Pele excessivamente frouxa ocasionada por falta de elasticidade da pele (seja por idade, ou por emagrecimento rápido), ou falta de músculo.

 

74. Perereca

Espécie de rã que vive nas moitas e sobe às árvores. Conjunto das partes genitais femininas.

 

75. Peteleco

Pancada, geralmente com a cabeça do dedo médio ou indicador, curvando-o até apoiar a unha sobre a cabeça do polegar e endireitando-o de repente (ex.: peteleco na orelha).

 

76. Pipoca

Grão de milho que rebentou com o calor.

 

77. Pororoca

Grande vaga impetuosa que, em certos rios, se forma quando as águas do rio encontram as águas da preia-mar.

 

78. Quiproquó

Nome dado para uma situação onde determinado equívoco é gerado por engano.

 

79. Rapapé

Mesura, cortesia que se faz arrastando o pé para trás.

 

80. Risoto

Prato de arroz cozinhado com muita calda, de forma a ficar solto na altura de ser comido, por vezes colorido com açafrão, e a que geralmente se adiciona manteiga ou queijo ralado.

 

81. Sacripanta

Pessoa desprezível; canalha; patife; falso beato; hipócrita.

 

82. Sopapo

Pancada dada com a mão fechada na zona abaixo do queixo.

 

83. Supimpa

Muito bom, excelente, óptimo.

 

84. Tanajura

Formiga de asas. Mulher com rabo maior que o normal.

 

85. Tiririca

Designação comum a várias plantas da família das ciperáceas. Pessoa muito zangada.

 

86. Trambolho

Cepo que se prende ao pescoço ou ao pé dos animais domésticos para que não se afastem muito. Aquilo que não tem utilidade; aquilo que atrapalha ou incomoda. Pessoa considerada de pouco valor. Pessoa muito gorda que tem dificuldade em andar.

 

87. Treco

Coisa a que não se quer ou não se sabe dar um nome. Problema de saúde.

 

88. Trombone

Instrumento musical.

 

89. Tutu

Saia de tule em camadas que têm comprimentos diferentes, usada pelas bailarinas no ballet. Monstro imaginário com que se pretende assustar crianças.

 

90. Umbigo

Parte do corpo humano correspondente ao local onde estava o cordão umbilical.

 

91. Urucubaca

Tecido quadriculado em branco e preto. Variedade de larva dos cereais e do algodão.

 

92. Vitrola

Aparelho que reproduz sons gravados em discos colocados num prato rotativo, geralmente accionado mecanicamente. Pessoa muito faladora.

 

93. Xaveco

Conversa de quem deseja conquistar alguém. Patifaria; conduta daquele que age sem moral, de modo criminoso. Pequena embarcação, com três mastros, que navega a vela e a remo.

 

94. Xereta

Intrometido; mexeriqueiro; bisbilhoteiro.

 

95. Xexelento

É uma expressão popular usada para qualificar pessoas ou objectos de má qualidade, sem valor ou ainda que apresentam aspecto desagradável, má aparência.

 

96. Xodó

Expressão carinhosa para chamar uma pessoa de quem se gosta.

 

97. Zarolho

Que ou quem tem estrabismo. Que ou quem não tem um olho ou é cego de um olho.

 

98. Zebróide

Semelhante à zebra.

 

99. Zebu

Tipo de animal semelhante ao boi.

 

100. Zureta

Que ou o que é um pouco maluco. Que ou o que está agastado ou exaltado.

 

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here