Início Viagens 15 fantásticos locais para visitar na Noruega

15 fantásticos locais para visitar na Noruega

No norte da Europa, na península da Escandinávia, fica um dos países mais fascinantes do mundo. Descubra os 15 melhores locais para visitar na Noruega.

25730
1
noruega
Noruega

A Noruega sempre despertou a curiosidade do resto do mundo pela sua elevada qualidade de vida. Mas não é apenas isso que este país nórdico tem para oferecer. Há muito para visitar na Noruega e, apesar de esta ser famosa pelos seus magníficos fiordes, estes não são a sua única atracção turística: belas cidades, monumentos, museus, palácios, pequenas aldeias paradisíacas encravadas no fundo de montanhas, parques naturais, vales esculpidos pelo gelo e… a fantástica Aurora Boreal, também chamada de Luzes do Norte, que pode ser vista em algumas zonas da Noruega durante certos períodos de tempo.

A Noruega faz parte da Escandinávia, pátria dos famosos Vikings, e que hoje inclui diversos países independentes com a Islândia, a Suécia, a Dinamarca e a Finlândia. Portugal mantém intensos contactos comerciais e culturais com esta região desde há séculos (não é por acaso que é nestes mares onde vive o nosso famoso bacalhau). Se a sua única experiência com a Noruega se resume a comer bacalhau, talvez não valha a pena ler este artigo… mas se pretende visitar um dos mais belos países da Europa, então vale mesmo a pena seguir as nossas dicas e construir o seu roteiro de viagem. Descubra 15 fantásticos locais para visitar na Noruega.

 

1. Oslo

Oslo é uma das cidades que mais cresce na Europa, com uma população aproximada de 700.000 habitantes e novos bairros com arquitectura atraente que se revela por toda as partes. A maior cidade da Noruega vem transformando-se rapidamente num centro cosmopolita e destaca-se pela abundância de museus, restaurantes e arte de nível internacional. O diferencial do desenvolvimento está no fato de que foi mantida a atmosfera relaxada, própria das pequenas cidades.

Oslo
Oslo

A cidade encontra-se situada ente o Oslofjord e centenas de quilómetros quadrados de colinas cobertas por florestas onde prevalecem as paisagens verdes. O centro da cidade é compacto e propicia a mobilidade a pé ou de bicicleta, enquanto também facilita a utilização eficiente do sistema de transporte público, permitindo que toda a cidade seja acessível sem a necessidade de um automóvel. Capital da Noruega desde 1814, Oslo é a sede do governo norueguês e da família real. A cidade também reúne algumas das maiores instituições culturais do país, que incluem a Ópera & Ballet da Noruega, o Teatro Nacional e o Museu Nacional de Arte e Design, promovendo exibições de arte, eventos de ópera e espectáculos teatrais.

 

2. Trolltunga

Trolltunga é um dos penhascos mais espectaculares da Noruega. Trolltunga está situado a cerca de 1100 metros acima do nível do mar, pairando a 700 metros acima do lago Ringedalsvatnet. A visão é de tirar o fôlego. A caminhada começa em Skjeggedal e atravessa as altas montanhas, levando cerca de 10 a 12 horas (27,5 km no total para Trolltunga e retorno) e a subida é de cerca de 1000 metros. É uma caminhada longa e exigente. O trilho é marcada a partir do estacionamento em Skjeggedal. Ao longo do trilho há sinais que mostram a distância que falta até chegar a Trolltunga.  Geralmente, é possível realizar a caminha a partir de meados de Junho, dependendo de quando a neve derrete nas montanhas. Normalmente, pode caminhar-se até Trolltunga até meados de Setembro.

Trolltunga
Trolltunga

Atenção: não realize este trilho durante o Inverno devido ao elevado risco de ficar preso na neve. Todas as actividades baseadas na natureza são da sua responsabilidade. Você vai precisar de botas de caminhada resistentes, traga roupas extra quentes, roupas de chuva e esteja preparado para o mau tempo. Traga mapa e bússola, muito para comer e beber, uma tocha e um simples kit de primeiros socorros. O tempo nas montanhas altas pode mudar rapidamente e por isso convém verificar a previsão mais recente do tempo antes de ir para Trolltunga. Não caminhe para Trolltunga com fortes ventos, chuva forte ou neblina.

 

3. Geirangerfjord

Um fiorde de azul profundo, que integra a lista de patrimónios mundiais da UNESCO, o Geirangerfjord é uma obra da natureza, onde majestosos picos nevados, cascatas intocadas e campos verdejantes compõem a moldura de um cenário exuberante. Só mesmo os muito distraídos não se impressionam com esta criação magnífica da Mãe Natureza, marcada pela harmoniosa presença humana nos pequenos povoados que ocupam os pés das montanhas e margens do fiorde.

Geirangerfjord
Geirangerfjord

Nas encostas das montanhas, o visual impressiona pelas enormes cascatas, que fazem um tremendo barulho. Destacam-se a famosa De syv søstrene (“as Sete Irmãs”), Friaren (“o Pretendente”) e Brudesløret (“o Véu da Noiva”). Enquanto rasgam os penhascos em grandes quedas‐as cascatas levantam véus de neblina, cuja missão parece ser criar‐um espectáculo contínuo de arco-íris para a o seu deleite e encantamento. As paisagem única da região formou-se durante a última Era do Gelo, quando glaciares  esculpiram os fiordes profundos e desenharam as altas montanhas – e não é uma coincidência que o fiorde Geirangerfjorden hoje apareça na lista dos lugares mais espectaculares do planeta.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here