Início Viagens Os 10 melhores trilhos do Gerês

Os 10 melhores trilhos do Gerês

Dezenas de percursos pedestres e uma natureza deslumbrante, assim é este pequeno paraíso no norte de Portugal. Descubra os 10 melhores trilhos do Gerês.

11236
1
PARTILHE
melhores trilhos do Gerês
Parque Nacional Peneda Gerês

Os 10 melhores trilhos do Gerês

Se é fã de caminhadas e de percursos pedestres na Natureza, o Parque Nacional Peneda Gerês é um dos melhores destinos em Portugal para si. Popularmente chamado apenas de “Gerês”, o parque engloba, na realidade, 4 serras: Gerês, Amarela, Soajo e Peneda. Recordamos, como sempre que os trilhos do Gerês exigem preparação física e cuidados vários. Roupa adequada, água em abundância, comida e alguns medicamentos básicos são essenciais. Deve ainda respeitar a sinalização do Parque e respeitar as autoridades. Venha connosco descobrir os 10 melhores trilhos do Gerês.

1. PR Castro Laboreiro

cascatas mais bonitas de Portugal
Cascata de Castro Laboreiro

Localização: freguesia de Castro Laboreiro, concelho de Melgaço.

Ponto de partida e chegada: Cruzamento à entrada de Castro Laboreiro

Extensão: 5,8 km.

Duração: cerca de 2h20.

Dificuldade: média.

Pontos: Castro Laboreiro (cemitério) – Branda da Portela – vale do rio Laboreiro – Castro Laboreiro.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto nesta página e na Porta de Lamas de Mouro.

Breve descrição

O percurso desenvolve-se na encosta que liga Castro Laboreiro ao planalto, dando-nos uma ideia geral das soluções engenhosas encontradas pelas populações na ocupação daquele território. A área de Castro Laboreiro é das zonas, do Entre Douro e Minho, em que os efeitos da introdução do milho, nos séc. XVI e XVII, menos se fizeram sentir, mantendo-se aqui formas de ocupação e exploração do território que se encontram extintas ou em decadência nas regiões vizinhas.

Folheto: PR Castro Laboreiro

2. PR2 N Peneda

percursos pedestres no Gerês
Rouças – Gavieira

Localização: Peneda, freguesia da Gavieira, concelho de Arcos de Valdevez.

Ponto de partida e chegada: parque de estacionamento da Peneda.

Extensão: 8,2 km.

Duração: cerca de 4 h.

Dificuldade: média.

Pontos: parque de estacionamento da Peneda – Colado da Fonte – Portas – Bouça dos Homens – Penameda Pequena – Pântano – Meadinha – Peneda e regresso ao local de partida.

Apoios: sinalizado segundo as normas internacionais. Folheto disponível, também, no sítio da ADERE-PG.

Breve descrição

O percurso permite visitar os povoados da Peneda e da branda da Bouça dos Homens, ascender à Penameda e ao pântano da Chã do Monte (que outrora servia uma minihidríca para produzir energia para a Peneda). Permite ainda conhecer a Fraga da Meadinha, muito procurada como local de escalada, e o Santuário da Senhora da Peneda, local de procissões e romarias.

Folheto: PR2 N Peneda

Um comentário

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here