Início Gastronomia Vinho tinto seco: o que é e quais são os melhores?

Vinho tinto seco: o que é e quais são os melhores?

O vinho tinto seco é uma das variedades mais apreciadas pelos consumidores mas nem sempre sabemos escolher os melhores. Aprenda a fazê-lo.

0
Vinho tinto
Vinho tinto

O que é um vinho tinto seco? Também conhecido como vinho de mesa, devido à facilidade que apresenta ao emparelhá-lo, o vinho seco é caracterizado por conter uma quantidade muito pequena de açúcar.

As melhores marcas de vinho tinto seco são as mais económicas

É um produto muito popular em Portugal e, em geral, na Europa, mas há alguma confusão na sua definição. Isto ocorre porque, como a maioria dos vinhos secos é branca, muitas pessoas associam essa propriedade à variedade de uvas com a qual é feita.

Sendo tão popular, é normal encontrar muita variedade a preços bastante baixos. Regra geral, consegue encontrar uma boa garrafa de vinho tinto seco por menos de 3 euros. Se precisa de sugestões, pode ver esta lista dos melhores vinhos portugueses por menos de 10 euros.

Qual é o melhor vinho tinto seco?

É muito difícil determinar exactamente qual é o melhor vermelho seco, já que o gosto por alguns sabores ou outros é muito subjectivo.

A classificação de um vinho seco, no entanto, está mais relacionada com a adstringência sentida na boca do que ao tipo de uva que foi utilizada. Muita adestringência corresponde a um veludo áspero, pouca ou nenhuma adstringência corresponde a uma suave seda.

Assim, existem variedades de vinho tinto seco que têm características diferentes, dependendo de fatores diferentes.

O primeiro e único critério essencial para que sejam classificados como “secos” é que a quantidade de açúcar residual varie de um a três gramas por litro (embora o limite máximo seja de 5 gramas).

Além disso, em certas situações, um vinho será mais adequado que outro, dependendo da comida que acompanha, da hora, da estação ou, até, do humor.

No entanto, poderíamos dizer que Pinot Noir, Merlot ou Cabernet Sauvignon são três excelentes variedades de tinto seco.

O Pinot Noir é um pouco leve e geralmente mostra nuances de bagas. Merlot apresenta uma cor rubi intensa com tons violeta e é conhecido pela sua grande flexibilidade ao emparelhar, pois é ideal tanto para massas, arroz e peixe, quanto para carnes, queijos, legumes grelhados e até sobremesas.

O Cabernet Sauvignon, por sua vez, pode exibir sabores de geleia com aroma de groselha ou apresentar curiosos aromas de pimenta verde e outros vegetais, dependendo da maturidade da uva no momento da colheita.

A Touriga Nacional, casta típica portuguesa, também pode originar vinhos tintos secos. Neste caso, os vinhos produzidos a partir desta casta apresentam frequentemente aromas florais ou a frutos silvestres.

Características do Vinho Tinto Seco

O vinho seco é caracterizado principalmente pela dureza e adstringência causada pelos taninos, substância extraída da casca das árvores e que fornece aromas e texturas muito particulares.

Além disso, em termos de graduação, são mais fortes do que os vinhos doces, pois o açúcar reduz e suaviza o álcool e as sensações que produz na língua e no palato.

Apesar de os vinhos tintos secos serem caracterizados por uma quantidade muito pequena de açúcar residual, alguns restos de fruta podem permanecer e, juntamente com a madeira do barril, pode dar origem a certas nuances e reflexos frutados.

Nestes casos, a sensação na boca é um pouco doce, demonstrando que o vinho tinto seco também pode ser mais adocicado. No entanto, em geral, é um produto que oferece sabores fortes e texturas agradáveis.

A maioria das pessoas com gostos fortes e um paladar experiente pode apreciar e saborear as excelentes propriedades de um bom vinho tinto seco.

Os jovens, no entanto, tendem a preferir tipos de vinho mais doces e leves, como o Moscato d’Asti.

Diferenças entre vinho tinto seco e vinho semi-seco

Nem sempre é fácil diferenciar um vinho tinto seco de um semi-seco. Às vezes, devemos concentrar-nos em provar e usar a visão, o cheiro e o paladar. Mas com cautela, pois as reflexões vívidas nem sempre indicam que é um tinto doce e frutado.

É melhor tentar identificar se existe um alto grau de acidez, mais típico dos secos. Mas, para ter certeza de que estamos lidando com produtos secos ou semi-secos, é melhor verificar a rotulagem:

  • Se contém menos de 5 gramas por litro de açúcar, é um produto seco
  • Se apresentar entre 5 e 15 gramas por litro, estamos diante de um semi-seco

Quantos tipos de vinho tinto existem?

A variedade e maturidade das uvas na colheita e o processo seguido durante a produção são os factores que mais determinam as características de um vinho.

Assim, o Tempranillo, cuja colheita está várias semanas à frente de outros tipos, tem um corpo escuro, límpido, com sabor suave e notas de cereja.

Grenache tem um leve sabor picante, enquanto Syrah contém aromas frutados, florais e, às vezes, defumados.

Existem outros vinhos tintos de marca com preços baratos, como Pinot Noir, Merlot, Zinfandel, Malbec e Franc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here