Início Viagens Os 25 melhores locais para visitar em Bratislava

Os 25 melhores locais para visitar em Bratislava

É a capital da Eslováquia, na Europa Central, e é banhada por um dos rios mais famosos do mundo, o Danúbio. Descubra os melhores locais para visitar em Bratislava.

500
0
Bratislava
Bratislava (Miroslav Petrasko)

 

A capital eslovaca é um amor à primeira vista, já que respira estilo, cultura e história. Até 1919 Bratislava era conhecida como Pressburgo e, até então, fazia parte da Hungria, nalguma forma, há mais de 1000 anos. A partir do século XVI, as jóias da coroa húngara foram mantidas no castelo e 11 Reis e rainhas da Hungria foram coroados na catedral da cidade. A posição da cidade no Danúbio ajudou a que fosse transformada num centro de comércio e poder naquele tempo.

As profundas camadas da história da cidade estão todas expostas, portanto prepare-se para palácios, castelos, igrejas e invulgares mega-estruturas soviéticas. Estes são os melhores locais para visitar em Bratislava, a belíssima capital da Eslováquia.

 

1. Slavín

Slavín
Slavín

No cume da colina mais alta existe um memorial bélico para as tropas soviéticas. O monumento está num bairro de luxo da cidade, acima de mansões e embaixadas e foi revelado em 1960. Na base do Slavín há estampada uma estátua de um soldado soviético em cima de um pilão de 39,1 metros.

 

2. Igreja de Santa Isabel (Igreja Azul)

Igreja de Santa Isabel (Igreja Azul)
Igreja de Santa Isabel (Igreja Azul)

Esta caprichosa igreja art nouveau foi criada na década de 1910 como a capela do ginásio Gamča (escola de gramática), mas passou a tornar-se um símbolo para a Eslováquia. O arquitecto responsável foi Ödön Lechner, muitas vezes chamado de Gaudí húngaro .Do lado de fora, a igreja possui uma mistura de design românico, barroco e oriental. Dentro, os bancos são especialmente bonitos, pintados de azul com padrões de ouro.

 

3. Castelo de Bratislava

Castelo de Bratislava
Castelo de Bratislava

O Castelo de Bratislava está num sitio fortificado há milhares de anos. O seu apogeu teve lugar no século XVI, quando foi o assento dos reis da Hungria, tendo abrigado as jóias da coroa húngara nos 200 anos subsequentes. Do terraço, poderá ver o Danúbio e as fronteiras para a Áustria e a Hungria, enquanto o interior tem exposições para o Museu Nacional, cobrindo a história eslovaca da Idade Média até ao presente.

 

4. Centro histórico de Bratislava

Centro histórico de Bratislava
Centro histórico de Bratislava

Bratislava possui o tipo de núcleo histórico onde poderá deixar que a curiosidade ociosa assuma o controlo e o oriente para ruas brilhantes e arejadas. Muitos lugares têm uma verdadeira importação histórica, como o Edifício da Biblioteca Universitária, um antigo edifício do governo da Era da Reforma Húngara, onde a servidão no reino foi abolida no século XIX. Há também uma abundância de cafés ao ar livre, gelatarias e lojas de artesanato deveras interessantes.

 

5. Castelo de Devin

Castelo de Devin
Castelo de Devin

Não perca a oportunidade de ver este impressionante castelo, a cerca de dez quilómetros a oeste do centro da cidade. É uma ruína empoleirada num penhasco de 212 metros na confluência dos rios Danúbio e Morava. No seu apogeu, esta poderosa fortaleza controlou a rota comercial no Danúbio. Com traços reportando ao século V a.C., é um dos três castelos mais antigos da Eslováquia.

 

6. Catedral de S. Martinho

Catedral de S. Martinho
Catedral de S. Martinho

Situa-se à sombra do castelo de Bratislava e, a partir de 1563, tornou-se a igreja da coroação para o reino da Hungria. 11 Reis e rainhas e oito dos seus consortes foram coroados neste edifício até 1830. O papel da catedral como uma igreja de coroação encontra-se homenageado: há uma reprodução banhada a ouro da Coroa de Santo Estêvão no topo da torre.

 

7. Old Town Hall

Old Town Hall
Old Town Hall

Surgiu quando a casa românica pertencente ao presidente de Câmara foi adquirida pela cidade. A parte mais elegante é o pátio renascentista, datado de 1581. A torre principal é mais antiga: projectada no estilo gótico toscano, alberga um ramo do Museu da Cidade que lida com a justiça feudal em Pressburgo do tempo medieval.

 

8. Galeria Nacional da Eslováquia

Galeria Nacional da Eslováquia
Galeria Nacional da Eslováquia

Uma pequena exposição permanente foi criada no primeiro andar para apresentar a arte e os artefactos góticos e barrocos mais apreciados de 1300 a 1700. Esta mostra encontra-se organizada em seis partes, começando com os incomparáveis bustos do século XVIII, pelo escultor Franz Xaver Messerschmidt, em que se revelam expressões faciais bizarras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here