Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Bona

Os 12 melhores locais para visitar em Bona

Foi a antiga capital da Alemanha e uma das principais cidades da Renânia. Descubra os melhores locais para visitar em Bona.

398
0
Bona
Bona

A cidade de Bona fica nas margens do Reno e, embora não seja tão conhecida pelos turistas como outras cidades da Alemanha, os visitantes encontrarão bastantes coisas para fazer aqui. Aquela que foi a capital da Alemanha Ocidental entre 1949 e 1980 sobressai a vários níveis: destaca-se por ser a segunda sede do Governo germânico, pela agitada vida comercial e por ter um pano de fundo de fazer cortar a respiração, pois Siebengebirge é deslumbrante.

Bona
Bona

Bona é, também, famosa por se tratar do sítio onde nasceu o compositor Ludwig van Beethoven, uma conexão marcada por uma multiplicidade de atracções e eventos, sendo o mais ilustre o festival anual Beethovenfest. Um dos maiores encantos do berço da democracia parlamentar alemã do pós-guerra são os museus. Muitos deles, aliás, figuram na lista de melhores locais a visitar em Bona que, abaixo, se apresenta. Estes são os melhores locais para visitar em Bona, na Alemanha.

 

1. Catedral de Bona

Catedral de Bona
Catedral de Bona

Construída entre os séculos XI e XIII. Trata-se de uma das catedrais mais antigas da Alemanha. Destacam-se a cripta este do século XI e o atractivo claustro do século XII. Quando engenheiros e arqueólogos avaliavam necessidades estruturais a fim de levar a cabo obras de renovação em 2017 encontraram, na cripta oeste, o túmulo, há muito esquecido, de Siegfried von Westerburg, arcebispo de Colónia entre 1275 e 1297.

 

2. Museu Nacional Alemão de História Contemporânea

Museu Nacional Alemão de História Contemporânea
Museu Nacional Alemão de História Contemporânea

O Museu Nacional Alemão de História Contemporânea abrange os anos desde o término da Segunda Guerra Mundial até à queda da Cortina de Ferro e à reunificação alemã. A partir de artefactos, filmes e fotografias, compara-se o Oriente e o Ocidente germânico, ficando patente como os dois estados alemães do pós-guerra evoluíram.

 

3. Casa de Beethoven

Casa de Beethoven
Casa de Beethoven

Fundada como um museu em 1889, a atracção apresenta uma esplendorosa colecção de artefactos e documentos raros, um formidável centro de pesquisa e o encantador Chambers Music Hall, que é responsável por um fantástico programa de concertos e eventos temáticos relacionados com Ludwig van Beethoven.

 

4. Jardins Botânicos de Bona e o Palácio Poppelsdorf

Palácio Poppelsdorf
Palácio Poppelsdorf

Os Jardins Botânicos de Bona cobrem cerca de 6,5 hectares. São de propriedade e operados pela Universidade de Bona e datam de 1340. Presentemente, os Jardins Botânicos de Bona têm mais de 11 000 espécies de plantas. O palácio rococó Poppelsdorf remonta ao século XVIII, mais precisamente a 1746.

 

5. Câmara Municipal e a Praça do Mercado

Câmara Municipal de Bona
Câmara Municipal de Bona

A Câmara Municipal de Bona, um elegante edifício branco com detalhes dourados, serve de pano de fundo à movimentada praça do mercado bonense. Em Dezembro, o Mercado de Natal preenche a praça com luz e música. De 1 de Dezembro até à véspera de Natal, a câmara municipal transforma-se num gigantesco calendário do advento, sendo que, diariamente, uma nova janela fica iluminada.

 

6. Museu Alexander Koenig

Museu Alexander Koenig
Museu Alexander Koenig

É um dos maiores museus de história natural do mundo. Inaugurado em 1934, tem como um principais destaques a magnífica exposição “O nosso planeta azul”, que mostra ecossistemas através de uma série de dioramas cativantes, incluindo a savana africana, florestas tropicais e regiões polares.

 

7. Bundeskunsthalle

Bundeskunsthalle
Bundeskunsthalle

Construído em 1992, o Bundeskunsthalle oferece várias óptimas exposições alusivas à rica história cultural alemã e ao papel desta nos campos da ciência, tecnologia e meio ambiente. As exposições são trazidas de todo o mundo e mudam frequentemente. Como tal, não deixe de visitar o site do museu antes de se deslocar ao Bundeskunsthalle.

 

8. Museu de Arte Moderna de Bona

Museu de Arte Moderna de Bona
Museu de Arte Moderna de Bona

Fundado em 1947, o Museu de Arte Moderna de Bona acolhe inúmeras exposições temporárias e permanentes. Tem uma das mais extensas colecções de trabalhos de August Macke e uma espantosa colecção de obras do seu contemporâneo Max Ernst, um dos criadores do Surrealismo.

 

9. Museu da Renânia

Museu da Renânia
Museu da Renânia

Apresenta uma formidável colecção de antiguidades, incluindo obras de arte raras, além de belas pinturas francas e medievais. Este museu – um dos mais antigos da Alemanha – foca-se na história local que data dos tempos pré-históricos e nos assentamentos da época romana que foram descobertos na área.

 

10. Arithmeum

Arithmeum
Arithmeum

Museu dedicado à matemática. Tem uma colecção de mais de 1000 antigas máquinas de calcular que datam de muitos séculos atrás. Este equipamento museológico é, igualmente, notável pela sua espectacular estrutura de aço e vidro, projectada para representar “a transparência da ciência”.

 

11. Akademisches Kunstmuseum

Akademisches Kunstmuseum
Akademisches Kunstmuseum

O Akademisches Kunstmuseum foi fundado no remoto ano de 1818. É famoso em todo o mundo pela grande colecção de moldes de gesso de esculturas gregas e romanas. Originalmente utilizados para ensinar alunos de escolas artísticas de toda a Europa, muitos desses moldes de gesso datam de 1763.

 

12. Casa-museu de August Macke

Casa-museu de August Macke
Casa-museu de August Macke

O número 12 desta lista está relacionado com o pintor expressionista alemão August Macke (1887-1914). Os destaques da casa-museu incluem interiores reconstruídos, artefactos e documentos entregues pela família de Macke, além de frequentes e fascinantes exposições temporárias.

Autor: Jorge Sá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here