Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Atenas

Os 12 melhores locais para visitar em Atenas

É o berço da civilização ocidental e um dos melhores destinos em toda a Europa. Estes são os melhores locais para visitar em Atenas, Grécia.

1
Atenas
Atenas

Um símbolo da civilização ocidental em todo o seu esplendor, Atenas ostenta uma história ilustre que remonta a mais de 3.000 anos. A cidade floresceu durante a antiguidade clássica e foi o local de nascimento de Sócrates, Péricles e Sófocles. Mais do que apenas uma relíquia do seu passado glorioso, hoje Atenas é uma capital moderna e movimentada. Sendo uma experiência de férias completamente diferente das idílicas ilhas gregas, Atenas pode parecer agitada e demasiado massificada, mas compensa graças às suas incríveis atracções culturais. A Acrópole é uma das mais antigas ruínas do mundo, e os excepcionais museus de arqueologia da cidade exibem artefactos fascinantes descobertos em toda a Grécia.

Outros encantos ocultos que aguardam a sua descoberta são as deslumbrantes igrejas bizantinas encontradas por toda a cidade e os bairros semelhantes a pequenas aldeias no norte da Acrópole. Os turistas poderão perder-se nas estreitas ruas pedestres do bairro de Plaka, ladeadas por pitorescas casas cobertas de buganvílias e convidativas esplanadas de restaurantes. Estes são os melhores locais para visitar em Atenas, na Grécia.

 

1. Acrópole

Poucas paisagens do mundo se comparam à Acrópole de Atenas, com o seu templo do Partenon empoleirado no alto de um penhasco rochoso que vigia séculos de civilização. Uma lembrança da glória da antiga Atenas, a Acrópole era o centro da cidade antiga e funcionava como uma cidadela protegida no topo da colina. O edifício mais emblemático é o Partenon, o maior templo do período clássico da antiguidade que data de 447 aC a 338 aC. Com as suas fileiras monumentais de colunas dóricas e impressionantes detalhes esculturais, o templo é uma visão inspiradora.

Atenas
Atenas

No friso do lado leste, os relevos retratam o nascimento da deusa Atena. Outras ruínas da Acrópole incluem o Erecteion, um complexo de antigos santuários construídos entre 421 aC e 395 aC. A característica mais famosa do complexo Erecteion é o pórtico das cariátides, com seis estátuas de donzelas no lugar de colunas dóricas. Não deixe de visitar também o Museu da Acrópole na Rua Dionysiou Areopagitou, número 15, abaixo do topo da Acrópole. Este museu contém uma das colecções mais valiosas da arte grega antiga em todo o mundo. Também nas proximidades existem dois bairros interessantes, Plaka e Anafiotika, áreas encantadoras para parar e desfrutar de uma refeição e passear pelas pitorescas ruas pedonais.

 

2. Museu Arqueológico de Atenas

Fundado no século XIX, o Museu Arqueológico Nacional de Atenas é o maior museu arqueológico da Grécia e um dos maiores museus de antiguidades do mundo. O museu está instalado num impressionante edifício neoclássico com 8.000 m² de espaço para exposições. Em exibição estão cinco colecções permanentes com mais de 11.000 peças, oferecendo uma visão abrangente da civilização grega desde a pré-história, passando pelo período clássico até à antiguidade tardia.

Museu Arqueológico de Atenas
Museu Arqueológico de Atenas

A colecção pré-histórica abrange o sexto milénio aC a 1050 aC (os períodos neolítico, cicládico e micénico) e apresenta resultados das descobertas no assentamento pré-histórico em Thera. A Colecção de Esculturas exibe antigas esculturas gregas do século VI aC ao século V aC, incluindo obras-primas raras. A colecção de vasos e objectos decorativos exibe a antiga cerâmica grega do século XI aC todo o caminho até o período romano clássico. A colecção Stathatos apresenta objectos secundários de uma ampla variedade de períodos históricos. Requintadas pequenas estátuas e estatuetas esculpidas em metais estão expostas na Colecção Metalúrgica.

 

3. Ágora antiga

A antiga Ágora era o mercado e o centro da vida quotidiana na antiga Atenas. Para uma vista impressionante da Ágora de longe, siga para a parede norte da Acrópole ou para as estradas do Areópago. O melhor lugar para entrar na Ágora é no portão norte da Rua Adrianoú (perto da Igreja de São Filipe). A palavra grega “Agora” significa “reunir e orar”, indicando que este site era um local para falar em público. A Ágora era um lugar de administração e comércio, bem como o ponto de encontro da Agora tou Dimou, um grupo de tomada de decisão cívica. Eventos desportivos e apresentações de teatro também foram realizados aqui.

Ágora antiga
Ágora antiga

Da Ágora, os turistas podem dar um agradável passeio pelo caminho que leva até às colinas (Kolonos Agoraios). No alto da colina, na rua Andrianou, fica o Templo de Hefesto. Este templo dórico do século V aC é um dos templos gregos antigos mais bem preservados, graças à sua conversão em igreja cristã, que o salvou da destruição. O templo foi projectado num plano clássico com seis filas de 13 colunas. Do outro lado da Ágora Romana, a apenas 16 metros de distância, fica o local da antiga Biblioteca de Adriano, um complexo de edifícios fundado pelo imperador Adriano após o ano 132 dC.

 

4. Partenon

O Partenon é o edifício mais famoso de Atenas e de toda a Grécia. Encontra-se majestosamente no topo da Acrópole e é considerado o epítome da arquitectura dórica, o mais simples dos estilos arquitectónicos gregos. O templo foi construído para homenagear a deusa Athena Parthenos, a padroeira de Atenas, para agradecer-lhe por proteger a cidade durante as guerras persas.

Partenon
Partenon

Situado no local de um antigo templo de Atena, o Partenon foi considerado concluído em 438 aC, quando Atenas estava no auge. O símbolo da Grécia antiga, o Partenon é decorado com esculturas que são considerados exemplos notáveis da arte grega.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here