Início História O que fez Portugal com o ouro vindo do Brasil?

O que fez Portugal com o ouro vindo do Brasil?

Muitas são as polémicas e as discussões que rodeiam a utilização que Portugal deu ao ouro explorado no Brasil, assim como a quantidade desse mesmo ouro.

53234
37
ouro

O tema do Ouro do Brasil sempre dividiu opiniões e gera inúmeras discussões entre portugueses e brasileiros. De um lado, alguns brasileiros acusam Portugal de lhes ter roubado o seu ouro. Mas terá sido bem assim? Talvez não. E para compreender esta situação, convém olhar para o assunto de uma perspectiva histórica e não apenas com base nos princípios e ideias que hoje possuímos.

Um exemplo: como pode Portugal ser acusado de roubar ouro ao Brasil se, naquela época, o Brasil pertencia a Portugal? Portugal estava, como é óbvio, a explorar um recurso valioso num território que lhe pertencia.

Importa ainda esclarecer que, tal como outros recursos que o Brasil possuía, o ouro não era usado nem valorizado pelos Índios, os originais e verdadeiros habitantes do território.

mafra
Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra

Segundo documentos inéditos que podemos encontrar no Repositório temático da Universidade do Porto, depois da descoberta do Brasil por Pedro Álvares Cabral, a monarquia passou a contar com uma parte do ouro explorado no Brasil Mas afinal quanto chegou esse ouro a Portugal? Onde foi utilizado? Quem o utilizou e em que circunstâncias?

diamantina
Diamantina

Após a descoberta da colónia brasileira, a mesma ficou encarregue de pagar impostos à Coroa Portuguesa, muito deles pagos através da produção açucareira.

No entanto, em meados do século XVII, quando D. João V era Príncipe do Brasil, essa produção sofreu uma séria crise, obrigando a antiga colónia a procurar novos territórios e novas formas de pagamento.

ouro preto brasil
Igreja do Pilar – Ouro Preto

Foi nessa altura que se passaram a pagar os impostos através de ouro, levando mesmo a um período de grande emigração portuguesa para o Brasil, sendo o século XVIII o período áureo da exploração desse metal, enviado em grandes quantidades para Portugal.

Chegaram mesmo a vir para Portugal, durante alguns anos, mais de vinte toneladas de ouro, isto já no período em que D. João V reinava. No entanto, coloca-se aqui a questão, onde foi empregue esse ouro?

cidades mais bonitas do brasil
Paraty

Muito desse ouro, infelizmente, foi utilizado para o enriquecimento de algumas famílias, outra parte para o enriquecimento temporário das finanças do Estado, enquanto outras partes foram utilizadas para muitos outros assuntos.

No Brasil, até 1760, ano em que os aluviões começaram a esgotar-se, produziram-se cerca de mil toneladas de ouro. Tudo se resumiu a um enriquecimento temporário das finanças do estado e à formação de algumas, mas poucas, fortunas particulares.

Com esses recursos, o rei D. João V, que reinou em Portugal durante toda a primeira metade do século XVIII, promoveu a construção de algumas obras públicas, sendo a mais célebre o palácio-convento nacional de Mafra, cuja construção ocupa quase todo o reinado e que absorveu uma grande parte dos recursos vindos do Brasil.

salvador brasil
Igreja São Francisco (Salvador, Brasil)

Construiu-se também no Rio de Janeiro o palácio dos governantes. Também com o dinheiro vindo do Brasil o rei pôde intervir em alguns problemas europeus, como na guerra da sucessão de Espanha e, por exemplo, na defesa da Europa contra os Turcos, na batalha naval do cabo de Matapan, que destruiu a armada turca e salvou a Europa de uma ameaça eminente.

Contudo, com os vários acordos estabelecidos entre Portugal e a Inglaterra a partir de 1642 (Tratado de Paz e Comércio entre D. João IV e Carlos I de 1642, Tratado de Paz e Aliança de Westminster de 1654, Tratado de Paz e Amizade de 1661, Tratado de Methuen de 1703) foram concedidos grandes privilégios ao comércio e súbitos britânicos, bem como a liberdade do comércio para os ingleses no Brasil e na Índia.

mosteiro são bento brasil
Mosteiro de São Bento (Brasil)

Alguns historiadores defendem a tese de que o ouro brasileiro ajudou assim Inglaterra a concentrar reservas que fizeram do sistema bancário inglês o principal centro financeiro da Europa.

No entanto, importa referir que apenas 20% do ouro explorado do Brasil era destinado à Coroa Portuguesa. Isso significa que grande parte desse mesmo ouro foi investido no próprio Brasil, na construção de cidades, acessos, igrejas e aquedutos.

olinda
Olinda

A exploração do ouro no Brasil teve grande importância porque deslocou o eixo político-económico da colónia para região sul-sudeste, com o estabelecimento da capital no Rio de Janeiro. Outro factor importante foi a ocupação das regiões Brasil adentro e não apenas no litoral como se fazia até então.

A exploração aurífera possibilitou ainda, um enorme crescimento demográfico e o estabelecimento de um comércio/mercado interno, uma vez que os produtos da colónia não eram mais apenas para exportação como ocorria com o açúcar e o tabaco do nordeste e fez com que surgisse a necessidade de uma produção de alimentos interna que pudesse suprir as necessidades dos novos habitantes.

Ainda um último aspecto importante da explosão demográfica provocada pelo período de exploração do ouro no Brasil colónia, foi a questão do desenvolvimento de uma classe média composta por artesãos, artistas, poetas e intelectuais que contribuíram para o grande desenvolvimento cultural do Brasil naquela época.

São luís brasil
São Luís – Brasil

Hoje, várias das cidades brasileiras consideradas Património Mundial da UNESCO foram construídas graças ao ouro explorado no Brasil. Também importantes monumentos do Rio de Janeiro, Bahia, Ouro Preto e Olinda, por exemplo, foram feitos à custa desse mesmo ouro.

Por fim, resta ressalvar um facto muito importante: ao contrário da tese defendida por muitos historiadores que diz que Portugal roubou o ouro ao Brasil, tal não corresponde à verdade. Nessa altura, o Brasil era território português e, portanto, Portugal apenas estava a explorar algo num território que lhe pertencia.

9 belíssimos monumentos que os portugueses deixaram aos brasileiros

37 COMENTÁRIOS

  1. Com quem ou onde ficou o “ouro” eu não sei, só o que eu sei e sinto na pele, é que o Brasil e Portugal não estão lá aquelas coisas não, cada um com muitos e sérios problemas por resolver… É de se pensar sobre o nosso legado, e não no legado de outras épocas…

  2. Concordo consigo, mas esse desmandos acontecem desde que a história do homem começou. GANANCIA.

    Quanto às ofensas de outras postagens, deixo-as com quem as postou, pois não carrego pesos de ódios alheios. Por isso minha carga é leve.

    Sds

  3. deveriam olhar a vossa volta tentar entender a realidade… concordo que gananciosos ficaram com algum ouro
    mas muito de esse ouro foi para financiar tropas de então para lutarem contra holandeses espanhois
    ingleses , para o brasil ter a dimensão que tem.. porque querem ou não adimitir ainda não havia brasileiros nessa altura eram Portugueses e indiginas posteriormente uma imigração sem precedentes
    mas foram portugueses que morreram a travar batalhas para delinear as fronteiras do brasil
    deveria haver mais respeito pelo bom que teem e esquecer os maus……… porque ainda em todo o mundo os paises são roubados saqueados pelos propios filhos vamo-nos deixar de guerras e vicer em paz

  4. so que os usa de vez em quando faz um referendo em relação a Porto Rico desde que estou aqui há quarenta anos já fizeram dois ou três e em relação aos Açores quartos referendos Portugal já fez ?

    • A comparar alhos com bugalhos, “inguinorânça” ou simples burrice Lucianos Resendes? Os Açores (e a Madeira) são espaços autónomos – integrantes do território nacional da República Portuguesa!
      Porto Rico é um território sem personalidade jurídica, sob administração dos EUA… não são um estado dos EUA nem são uma colónia, são um quintal onde os EUA mandam, ou seja… não são nada!

  5. O que os brasileiros ignorantes (passe o pleonasmo) não sabem é que os tais 20% de imposto – legítimo – sobre a exploração do ouro eram gastos principalmente nos orçamentos locais. O que ainda mais “inguinoram” é que os mesmos 20% de imposto, sobre a exploração dos engenhos de açúcar, resultado de um recurso levado para o Brasil pelos portugueses – a cana de açúcar – renderam mais aos cofres da Coroa portuguesa do que os 20% sobre a exploração do ouro!!!
    Mas, que fazer com quem não percebe que ao invés do Grande País em que julgam que são, apenas vivem num país grande (85º lugar em Índice de Desenvolvimento Humano e “honrosamente” 9º lugar no Índice de Crime por País, com 5 das cidades mais violentas nas primeiras 15 do mundo)?

  6. Para o Miko: O Brazil é um país grande e um grande país : O Brazil tem uma grande industria aeronáutica que é a EMBRAER. Já ouviu falar? Se não , o Google lhe dá uma ajudinha.Crime existe por todo o lado e é a dimensão do país que faz isso transparecer.Não se esqueça que têm quase 200 milhões de habitantes.

    • A Embraer tem fábrica em Portugal de sociedade com os portugueses, sabia?

      Já agora dizer lhe que a agência espacial europeia tem investigadores portugueses. . +
      o maior construtor do mundo aeronáutico é a Air Bus, não a Boing que está a tentar adquirir a Embraer (para crescer e ombrear com a Airbus. . .

      Qt ao resto é o q se vê. . . .

      (Pra não falar do 5º dos infernos que por aqui (Brasil) no atual momento deve se 30º do + quente)

  7. Mas quem são os brasileiros ? Para mim só os INDIOS têm esse direito ! Agora os descendentes de não sei quem , ou da Europa ou da Africa é melhor fecharem a goela . Mas uma coisa é certa , foram os portugueses que deram vida ao Brasil . Procurem as vossas descendêcias , estúpidos !Vocês vieram todos da …

    • Tem que ser estúpidos tem descendencia portuguesa e aprendemos ser o que somos com vcs cadê 1.3 milhões de euros destinado ao pregão. Ratos tem em todos países não pensei que o seu é melhor.

  8. Antes de mais nada, sou brasileiro.
    Querer resumir 322 anos de colonização portuguesa em algumas linhas e’ forçar um pouco a historia.
    Ate’ 07/09/1822 o Brasil pertencia a Portugal. Portanto, tudo o que era aqui extraido e produzido pertencia a coroa portuguesa.
    Agora, se fizeram ou não bom uso de tudo, isso e’ outra historia…

    • É um pouco gritante e aflitivo ler e reler comentários que Portugal roubou o ouro do Brasil, blá, blá… não se pode ver a História como se falassemos do presente… Portugal descobriu o Brasil onde apenas existiam índios que viviam em cabanas… O resto foi legado… Tudo era território Português… Assim como a Índia era território Inglês, etc… Muito do ouro serviu para construir o próprio Brasil como moeda de troca… Os filhos dos filhos dos filhos, etc dos portugueses, outros europeus, africanos e índios são hoje em dia os brasileiros… Minha gente… Será que é difícil perceber uma coisa tão simples?

  9. Os verdadeiros brasileiros, antes dos emigrantes, foram os portugueses, ou será que foram os italianos, alemães, japoneses, sírios, ou o que quer que seja, que foram os criadores desse país.

  10. Há factos indiscutíveis. Portugal descobriu terras desconhecidas a que deu o nome Brasil. Explorou ouro que não era sequer usado por lá. Os monumentos que até hoje existem lá, foram construídos por portugueses, e custaram…ouro. Ouro que também veio para cá, como vieram outras coisas, como era natural a partir de uma colónia e com o espírito da época. Foram os portugueses que proclamaram a independência do Brasil, onde viviam em maior quantidade do que aqui, sublevando-se contra a nossa Coroa. E por fim, duas coisas: Há uma quantidade crescente de brasileiros aqui. E uma quantidade enorme de portugueses no Brasil, que conheço bem, onde vivi por muitos anos e onde nunca vi esse sentimento de rancor para com Portugal que parece ver-se nos comentários. É muito desagradável que seja sempre o tema do ouro a levantar este tipo de discussão quando, a ter que existir, faria muito mais sentido se fosse por outras razões igualmente “quentes”. Houve, sim, um trabalho de deseducação e criação de uma cultura anti-Portugal, o que é lamentável, como é lamentável ver surgir posições extremas relativamente ao Brasil e aos brasileiros. A História é a História. Mas vamos cuidar do momento presente. E é bom ler bastante, aprender de espírito aberto para procurar entender o mundo sem rancores nem ranços.

    • Bom comentario! Concordo. Tem de ser ler, estudar para fazer comentários contextuados . Tb temos de cuidar do presente, de nao repetir erros e conversar com respeito. Todos já fomos brasileiros e portugueses( para quem acredita em reencarnaçao). Todos erraram e acertaram. Todos temos o dever de fazer o melhor por todos.

    • Prezado Henrique, perfeita sua colocação! Sou brasileiro e há 20 anos vivi em Portugal. Antes tinha uma visão estreita sobre Portugal. Depois desta experiência acho que todo brasileiro deveria conhecer a Terrinha… Pensar que uma pequenina nação descobriu, desenvolveu e moldou um país continente… 500 anos atras!! Com todos os absurdos e violências cometidas etc etc… Mas isso cabe à História julgar. O fato é que se nós brasileiros tivéssemos hoje uma pequena parcela da coragem e fé que tiveram os que decidiram se lançar ao desconhecido, se compreendêssemos a grandiosidade que é nosso país não permitiríamos permanecer na atual situação… Nos falta a identidade e orgulho de Nação que possuem os portugueses.

    • sou nascida no Brasil mas filha de imigrantes portugueses que já vieram com tres filhos . Meu pai desde que nasci me ensinou a amar o Brasil que chamava de terra maravilhosa e minha mãe me ensinou a amar as nossas origens .Visitei pela primeira vez há 2 anos Portugal e me senti completa. Amo tanto o Brasil quanto Portugal.

  11. Nada a ver se não fora Portugal não falaríamos português este lindo idioma deixaram muitas coisas boas meu avô mesmo de endereços portugueses muito inteligente e esperto conseguiu feitos vindo do nada de Minas Gerais até o Paraná. Além de tudo genes de pessoas bonitas e que jogam muito bem futebol CR7. Bom dia Amigos.

  12. É óbvio que a colonização exploratória e não de povoamento como feita nos Estados unidos pela Inglaterra deixaram cicatrizes no Brasil, essa falácia de que o Brasil pertencia a Portugal logo era justo levar toneladas aos milhares é vergonhosa, seria a mesma coisa dizer que não se arrependem da escravidão porque naquela época podia, o mundo mudou e Portugal foi “obrigado” a dar a independência ao Brasil, esse “legado” que dizem ter deixado a nós como compensação é uma piada de mal gosto, misturam a necessidade de índios para com o ouro com uma população que hoje a necessita, ou alguém acha que essas toneladas não ajudariam o Brasil independente nesses últimos 200 anos?! Não culpo Portugal por tudo, esses extremos não combinam com a realidade, como também não há ausência de culpa de Portugal, afinal podem dizer que o ouro não foi importante porque ficaram com ele, tiveram seus filhos no Brasil e depois de explorar eles dão a autonomia e dizem “Se virem ouro não é importante e vocês tiveram 200 anos para serem desenvolvidos, se não conseguiram a culpa é INTEIRAMENTE suas” vocês entenderam o meio termo que quis explicar? Só não me venham com essa falsa moralidade “vocês poderiam ter todo o ouro do mundo que não se desenvolveriam” ainda mais de quem ficou com ele.

    • FALÁCIA é querer tirar a colonização portuguesa no Brasil, do contexto da época. Todos os países colonizadores fizeram o mesmo, alguns mesmo pior.
      Olhe-se um pouco como foi conseguida a independência da então colónia inglesa na América do Norte (actual EUA), com uma guerra fratricida e depois de realizada, consolidada com praticamente a exterminação dos indígenas (peles-vermelhas).E ninguém fala que por lá “roubaram” o ouro!!!
      Foi isso que Portugal fez na sua colónia? Para cúmulo e certamente para vossa vergonha, foi mesmo um elemento da família real portuguesa que vos deu a independência!!!

      Se a estupidez e a ignorância fosse um produto de exportação, o Brasil não teria 90 milhões de habitantes na pobreza.

      Não se lê por aqui nenhum brasileiro a valorizar o que foi feito por Portugal no Brasil, o que significa que a vossa intenção é de denegrir.

      A cidadania brasileira só passou a existir, depois da independência da colónia. Até aí, os seus habitantes eram todos portugueses. Antes de 1822, chamava-se brasileiro ao negociante de madeira, que no interior cortava a àrvore BRASIL e a enviava para a civilização, daí vocês no brasil e depois da independência, serem chamados de brasileiros, que pela termologia da palavra, significa uma profissão, como padeiro, calceteiro, funileiro, merceneiro, etc. etc.

    • Pois é… não fosse Portugal isso aqui seria um matão cheio de índio e capivara. Todo brasileiro é descendente de portugueses. Piada jogar a culpa de todas as mazelas deste país nos portugues. Nós somos portugueses d’além mar!!!!

    • Boas. Portugal tem ouro, tal como Espanha, França, Inglaterra, etc mas vocês têm muito mais para extrair , ou será que “pegamos todo”? Também já falei com os italianos para nos devolverem o ouro que os romanos “levaram”! Desculpem mas os únicos colonizados foram os índios, vocês descendem dos portugueses colonizadores, não foram colonizados mas sim colonos. Estou francamente desgostoso com a falta de “conhecimento” dos meus irmãos!

  13. O ADMINISTRADOR DESTE SITE APAGOU TODOS OS COMENTÁRIOS DE BRASILEIROS CONTRÁRIOS AO QUE ELE E SEU POVINHO DISSERAM.

    HIPÓCRITAS

  14. Grande parte do ouro foi gasto com igrejas e conventos, não só em Portugal mas também nas suas colónias. Aliás o Brasil é um bom exemplo!
    Só no convento/palácio de Mafra com os dois carrilhões, comprados na Holanda, mais os seis orgãos, e na capela de S. João Batista, da igreja de São Roque, feito em Itália gastou uma fortuna.
    De referir ainda a embaixada que o Rei d. João V enviou ao Papa Clemente XI e que deu brado na Europa pela pompa e grandeza demonstradas. Qual o objectivo do Rei? Nada mais nada menos que “comprar” o título de Patriarca para a capital de reino: Lisboa! Desde 1716, data da embaixada, que o Cardeal de Lisboa é um dos quatro Patriarcas da Igreja Católica Apostólica Romana.

  15. Ao ler tantos comentários ignorantes como do tal Miko, sinto vergonha de ser Português. Sorte tens de ser anônimo, do contrário le metia um processo, xenofobia é crime!

  16. Se ainda hoje, o que por aqui o que há mais são ladrões, como seria naquela altura, onde valia tudo, nem lei nem ordem se respeitava?!
    Basta ver os inergúmenos que por aqui andam a insultar os outros, que só tem opinião diferente, aliás baseada em dados históricos, para além da evidência dos monumentos construídos em Lisboa nessa altura, mais o patrocínio da continuação das conquistas marítimas, ditos os descobrimentos, para perceber quão a ladroagem era imperial, até hoje!
    Fomos tão bons colonizadores, é verdade… só quem não andou na guerra é que não imagina, que tal foi incendiar aldeias cheias de população lá dentro?
    Gente tão séria e de bom coração, que o Ministério Publico e a PJ, nem precisam de gastar gasolina para andar atrás de bandidos, é porque nem há…

  17. Se ainda hoje, o que por aqui há mais são ladrões, como seria naquela altura, onde valia tudo, nem lei nem ordem se respeitava?!
    Basta ver os inergúmenos que por aqui andam a insultar os outros, que só tem opinião diferente, aliás baseada em dados históricos, para além da evidência dos monumentos construídos em Lisboa nessa altura, mais o patrocínio da continuação das conquistas marítimas, ditos os descobrimentos, para perceber quão a ladroagem era imperial, até hoje!
    Fomos tão bons colonizadores, é verdade… só quem não andou na guerra é que não imagina, que tal foi incendiar aldeias cheias de população lá dentro?
    Gente tão séria e de bom coração, que o Ministério Publico e a PJ, nem precisam de gastar gasolina para andar atrás de bandidos, é porque nem há…
    Depois é preciso dizer, se por lá continuam a ser roubados, a culpa é deles, não nossa, nem é nossa a culpa do que se passou há 200 ou 300 anos… mas branquear, é que não!

  18. Quem eram os donos desta Terra Brasilis em 1822, estes sim enriqueceram ainda mais as custas do Brasil… Os portugueses até então, só exploraram uma terra que era sua, se devem satisfações alguém que seja aos povos originários destas terras, os índios, estes sim os legítimos donos…

  19. O mais engraçado é que o Brasil tem riquezas imensas ainda por descobrir! Alguns sabem que elas existem, julgam saber a área, mas ainda não conseguiram descobrir essas riquezas imensas. Tal tempo para serem revelados não está muito distante, se fosse revelado antes do tempo certo, aconteceria certamente como ao petróleo onde poucos metem ao bolso tudo quanto podem em desfavor da boa utilização para ajudar o seu povo a evoluir material e espiritualmente. Antes ainda será necessário acabar com todo o errado.

  20. Portugal é o décimo terceiro país com mais ouro do mundo, a pergunta que não quer calar é da onde veio esse ouro sendo que o subsolo de portugal é pobre em ouro?

  21. Sr.Henrique Mendes,um pouco de estudo e de investigação depressa satisfaz as suas dúvidas.Eu tenho algum ouro e não o extraí do meu quintal…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here