Início Cultura Língua Portuguesa: 16 palavras que toda a gente diz mas poucos sabem...

Língua Portuguesa: 16 palavras que toda a gente diz mas poucos sabem escrever

Acha que domina por completo a Língua Portuguesa? Talvez se surpreenda ao constatar que pode estar a escrever mal algumas das palavras que mais utiliza no dia-a-dia.

1
Palavras
Palavras

Acha que domina por completo a belíssima Língua Portuguesa? Um dos problemas do nosso idioma surge quando as palavras se escrevem de uma forma mas se pronunciam de forma ligeiramente diferente, o que pode dar azo a confusões de escrita, levando muita gente a escrever, pura e simplesmente, da mesma forma que fala a palavra.

É o caso, por exemplo, da palavra “feminino” que se deve ler “femenino”. Outro dos problemas surge quando uma determinada palavra da Língua Portuguesa começa a ser mal falada por um largo número de pessoas e o erro se espalha ainda mais.

Um exemplo é a palavra “beneficente”, que muita gente pronuncia “beneficiente”, talvez por confusão com outra palavra que tem a mesma raiz: “beneficiário”.

Descubra 16 palavras da Língua Portuguesa que quase todos falam mas poucos sabem escrever correctamente.

 

1. “Asterístico”

A forma correta é asterisco. Indica um sinal gráfico em forma de estrela (*).

  • O asterisco indica que há uma nota de rodapé.
  • Utiliza um asterisco para fazer a citação.

 

2. “Bicabornato”

A forma correta é bicarbonato. Indica o sal derivado do ácido carbónico.

  • Tenho que comprar bicarbonato de sódio porque já acabou.
  • Esse bolo é feito com bicarbonato de sódio?

 

3. “Toráxico”

A forma correta é torácico. Refere-se a alguma coisa relacionada com o tórax.

  • A caixa torácica protege os pulmões e o coração.
  • O paciente sofreu uma distensão dos nervos torácicos.

 

4. “Supérfulo”

A forma correta é supérfluo. Refere-se a alguma coisa que é dispensável e desnecessária.

  • Sou contra a compra desse material porque parece ser um gasto supérfluo.
  • Por favor, retire do comunicado toda a informação supérflua.

 

5. “Beneficiente”

A forma correta é beneficente. Indica algo ou alguém que faz caridade e ajuda os mais necessitados.

  • A minha avó está organizando um jantar beneficente.
  • Os lucros do concerto beneficente reverterão para ajudar os refugiados.

 

6. “Metereologia”

A forma correta é meteorologia. Indica o estudo dos fenómenos atmosféricos, visando a previsão do tempo.

  • A meteorologia prevê dias de sol e calor.
  • Todos os dias eu consulto sites de meteorologia.

 

7. “Previlégio”

A forma correta é privilégio. Refere-se a uma vantagem ou direito concedido a apenas algumas pessoas.

  1. Você nem reconhece os privilégios que tem.
  2. O acesso a uma boa educação é um privilégio, mas deveria ser um direito de todos.

 

8. “Losângulo”

A forma correta é losango. Refere-se a um quadrilátero com dois ângulos agudos, dois obtusos e os lados iguais.

  • A praça tem o formato de um losango.
  • Qual a diferença entre o losango e o quadrado?

 

9. “Triologia”

A forma correta é trilogia. Indica o conjunto de três obras sequenciais que se complementam.

  • A minha trilogia preferida é “O Senhor do Anéis.”
  • Nunca vi o último filme dessa trilogia.

 

10. “Reinvindicar”

A forma correta é reivindicar. Indica o ato de exigir alguma coisa e de assumir algo.

  1. Iremos reivindicar nossos direitos até sermos ouvidos.
  2. Ainda ninguém reivindicou a autoria dos atentados.

 

11. “Poliomelite”

A forma correcta é poliomielite. Refere-se a uma doença infecciosa que causa o enfraquecimento e a paralisia de alguns músculos.

  • O meu filho foi vacinado contra a poliomielite.
  • Febre, cansaço e vómitos são sintomas da poliomielite.

 

12. “Entertido”

A forma correta é entretido. Refere-se ao estado de quem está distraído ou absorto em alguma coisa.

  • O meu filho está entretido com seus brinquedos.
  • Estava tão entretido que nem notei que você foi embora.

 

13. “Madastra”

A forma correta é madrasta. Refere-se à mulher do pai de uma pessoa, sem ser a sua mãe.

  • A minha personagem da peça será a madrasta da Branca de Neve.
  • Vocês já conhecem a minha madrasta?

 

14. “Intrevista”

A forma correta é entrevista. Indica um diálogo ou encontro entre várias pessoas, com diferentes propósitos.

  • Amanhã irei a uma entrevista de emprego.
  • Já terminou a entrevista com o Presidente da República.

 

15. “Degladiar”

A forma correta é digladiar. Refere-se ao ato de combater corpo a corpo com espada ou ao ato de discutir.

  • Os lutadores vão digladiar na arena.
  • Os competidores começaram a digladiar sem motivo nenhum.

 

16. “Impecilho”

A forma correta é empecilho. Refere-se a qualquer tipo de obstáculo ou impedimento.

  • Não quero ser um empecilho na sua vida!
  • Está tudo bem, não tivemos que lidar com nenhum empecilho.

1 COMENTÁRIO

  1. Concordo embora em absoluto:
    Apenas com o Ensino Básico; não consigo encaixar a Nova Ortografia.
    Vou enviar uma mensagem a um Amigo.
    Exemplo: “José para no bar, para tomar um copo”
    “José pára no bar, para tomar um copo” para mim a forma correcta…
    Quando é que sabemos quando é para ir, para… parar.
    Pára dá erro e ser for para, não.
    Na legendagem de filmes, então é uma autêntica confusão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here