Início Viagens Chalet da Condessa d’Edla: o segredo mais bem guardado de Sintra

Chalet da Condessa d’Edla: o segredo mais bem guardado de Sintra

Trata-se de um dos locais mais românticos do jardim do Parque da Pena e um autêntico tesouro de Sintra: o chalé da condessa d'Edla.

2284
1
Chalet da Condessa d'Edla
Chalet da Condessa d'Edla (Emigus photography)

Esta estrutura foi recuperada após um enorme incêndio que ocorreu em 1999. Situa-se na zona oeste do Parque da Pena e é um lugar de enorme encanto e cheio de charme. A sua reabertura ao público é merecedora de uma visita pois o seu enquadramento é realmente único.

O chalé da Condessa de Edla foi construído entre 1869 e 1875, num talhão do Parque da Pena, pelo rei D. Fernando II e por Elise Hensler, sua segunda esposa. Esta personalidade ficou conhecida como Condessa de Edla e foi uma cantora de ópera suíço-americana.

Chalet da Condessa d'Edla
Chalet da Condessa d’Edla

O chalé é marcadamente caraterizado pela influência alpina que estava em voga na Europa nessa época. Com uma estrutura invulgar para Portugal, o chalé foi inspirado nas construções das montanhas suíças, mas revestido com materiais nacionais, como a cortiça, que emoldura cada porta e janela exterior.

Trata-se de um edifício extremamente pitoresco, caraterizado pela marcação horizontal do reboco externo, sendo pintado de modo a imitar o revestimento de madeira. Tem também como caraterística o uso extensivo da cortiça como elemento decorativo, cobrindo caixilhos de portas e janelas, bem como de beirais e varandas. Existe ainda um revestimento com troncos de árvores nas fachadas de modo a apoiar trepadeiras.

Chalet da Condessa d'Edla
Chalet da Condessa d’Edla

A localização do Chalé é digna de se ver, pois fica no extremo oposto do parque em relação ao Palácio, mantendo assim uma importante relação visual com ele. A localização é bastante marcada pela proximidade de uma paisagem granítica, conhecida como caos de blocos.

O jardim envolvente, que foi igualmente recuperado, inclui coleções exóticas de espécies botânicas de todo o mundo. Destacam-se as raras samambaias importadas da Austrália e Nova Zelândia, que se encontram plantadas no vale.

Estando escondido em pleno Monte da Lua, o Chalet da Condessa d’Edla, é um dos segredos mais bem guardados do Parque da Pena desde a sua construção, no século XIX.

Chalet da Condessa d'Edla
Chalet da Condessa d’Edla

Na decoração do Chalet da Condessa d’Edla são vários os elementos em destaque, mas muitos atribuem-lhes significados esotéricos e associação aos Rosa Cruz.

Existem na área várias fontes e miradouros naturais para o Palácio da Pena, constituindo-se como segredos a descobrir ao longo dos vários circuitos de passeio possíveis. Curiosamente, neste parque de vegetação frondosa também se podem observar cavalos oriundos do norte da Europa.

Chalet da Condessa d'Edla
Chalet da Condessa d’Edla

Conforme acontece com outros monumentos a cargo da mesma entidade, o Chalet da Condessa d’Edla, bem como os Jardim da Condessa e a Quinta da Pena podem ser visitados em horários distintos durante as épocas de verão e de inverno.

Os bilhetes de entrada tem um custo inferior a 10 euros (Quinta da Pena, Jardim da Condessa e interior do chalé). No entanto, para quem poder usufruir e adotar a estratégia, existe um bilhete de família, claramente mais em conta. São também possíveis de usufruir descontos para crianças e seniores.

1 COMENTÁRIO

  1. Lamentavelmente nos últimos dias não tenho conseguido aproveitar vossas mensagens maravilhosas. Quando tomo a iniciativa de resguardar e compartilhar as mensagens recebidas, surge uma mensagem informando que o artigo já não está mais disponível, o que me surpreende em se tratando de mensagem recebida no dia. Caso não desejem mais enviar-me desses artigos, peço-lhes que me informem. Obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here