Início Sociedade As 12 cidades de Portugal com melhor qualidade de vida

As 12 cidades de Portugal com melhor qualidade de vida

Com uma avaliação que mede o acesso à saúde, educação, serviços, jardins, etc... Conheça o ranking das 12 cidades de Portugal com melhor qualidade de vida.

31
qualidade de vida
Igreja dos Santos Passos

Quais são as cidades de Portugal com melhor qualidade de vida? Qualquer classificação deste género é sempre muito subjectiva. A qualidade de vida depende sempre de factores pessoais, daquilo que cada pessoa considera mais importante para considerar que gosta de viver na cidade onde vive.

Mas se tivermos em conta factores como os espaços verdes, a educação, o acesso à saúde ou o dinamismo do mercado de trabalho, estas são as 12 cidades de Portugal com melhor qualidade de vida

 

1. Lisboa

Lisboa é a capital de Portugal e polo duma região multifacetada que apela a diferentes gostos e sentidos. Numa cidade que foi recebendo muitas e diferentes culturas vindas de longínquas paragens ao longo do tempo, ainda hoje se sente um respirar de aldeia em cada bairro histórico.

cidades de portugal com melhor qualidade de vida
Lisboa – Joe Price

Podemos percorrer a quadrícula de ruas da Baixa pombalina que se abre ao Tejo na Praça do Comércio e, seguindo o rio, conhecer alguns dos lugares mais bonitos da cidade: a zona monumental de Belém com monumentos do Património Mundial, bairros medievais, e também zonas de lazer mais recentes ou contemporâneas, como o Parque das Nações ou as Docas.

 

2. Guimarães

No dia 13 de Dezembro de 2001 a UNESCO inscreveu o centro histórico da cidade de Guimarães na lista de Património Mundial. Distinção merecida para uma cidade, plena de reminiscências históricas, que soube preservar o seu património e espaços públicos para o prazer de quem a visita.

Guimarães
Guimarães

Para os portugueses, Guimarães tem um valor simbólico muito especial pois foi num campo próximo dos muros do seu castelo que D. Afonso Henriques vencendo as hostes de D. Teresa (sua mãe e filha de Afonso VI de Leão e Castela) na batalha de São Mamede, em 24 de Junho de 1128, iniciaria o percurso que levaria à construção do reino de Portugal, do qual viria a ser o primeiro rei.

 

3. Évora

Coroada pela sua imponente catedral, Évora recorta-se sobre uma suave colina no vasto horizonte da planície alentejana, e guarda o seu centro histórico, rodeado de uma vasta cintura de muralhas, uma valiosa herança cultural que a UNESCO classificou de Património da Humanidade. A cidade, onde as ruas estreitas de evocação mourisca contrastam com praças inundadas de luz, assenta sobre dois milénios de história.

cidades de portugal com melhor qualidade de vida
Évora

Conquistada em 59 a.C. pelos Romanos, que lhe deram o nome de “Liberalitas Julia”, Évora adquiriu grande importância como atestam os vestígios ainda hoje visíveis e de que são exemplos as ruínas de um gracioso templo dos finais do séc. II, vários troços de muralha e a porta chamada de Dona Isabel, bem como as ruínas das termas da cidade sob o edifício da Câmara Municipal.

 

4. Porto

Capital e porta de entrada da região norte, o Porto é uma cidade antiga que deu nome a Portugal e a um vinho conhecido nos quatro cantos do mundo: o Vinho do Porto. Com uma situação magnífica junto da foz do Douro e um conjunto arquitectónico de valor excepcional, o centro histórico do Porto é Património da Humanidade desde 1996.

Porto

É a capital do Norte de Portugal e 2ª cidade do país; a sua população empreendedora e com marcada vocação mercantil, desde sempre afirmou a sua vontade contra imposições e invasores, sendo por isso o Porto também conhecido como a “invicta” cidade. Para além do seu valor patrimonial, interessa descobrir no Porto a sua forte personalidade citadina e o seu tão singular carácter humano.

 

5. Aveiro

Junto à Ria, vasta bacia lagunar onde as águas doces do rio Vouga se misturam com as águas do mar, Aveiro, cortada por ruas aquáticas onde deslizam os coloridos barcos moliceiros, é uma das cidades mais interessantes do litoral português. A sua fundação terá ocorrido ao tempo do imperador romano Marco Aurélio. Devido à existência de numerosas aves palmípedes que povoavam esta área lagunar, o seu primeiro nome terá sido Aviarium.

Aveiro

D. João I (r.1383-1433) doou a povoação a seu filho, o infante D. Pedro que ordenou a construção das suas primeiras muralhas, entretanto desaparecidas. Mais tarde, D. João II (r. 1481-1495), fez dela doação a sua irmã, a Infanta D. Joana, recolhida no convento de Jesus, que hoje é o Museu de Aveiro

 

6. Angra do Heroísmo

Associada aos Descobrimentos durante os séculos XV e XVI, Angra do Heroísmo é o exemplo da criação de uma cidade intimamente ligada à sua função marítima, tendo sido porto de escala obrigatória das frotas de África e das índias. Em 1983, a UNESCO classificou-a Património Mundial.

Angra do Heroísmo

Num itinerário pela cidade, não deixe de visitar a Igreja do Santíssimo Salvador da Sé, ou Sé de Angra, a Igreja da Misericórdia, o Convento e Igreja de São Francisco, o Convento e Igreja de São Gonçalo, os Paços do Concelho, o Palácio dos Capitães Generais, o Monumento da Memória, o Castelo de São Sebastião, o Castelo de São João Baptista, o Museu de Angra e o Monte Brasil.

 

7. Coimbra

A cidade mais importante ao Sul do Rio Douro, é durante algum tempo residência do Conde D. Henrique e D. Teresa, pais do primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, que aqui nasceu. Por sua mão é integrada em território português em 1131. Datam desse tempo, em que Coimbra foi capital do reino, alguns dos monumentos mais importantes da cidade: a Sé Velha e as igrejas de São Tiago, São Salvador e Santa Cruz, em representação da autoridade religiosa e das várias ordens que aqui se estabeleceram.

cidades mais antigas de Portugal
Sé Velha de Coimbra

Durante o Renascimento, Coimbra transformou-se num lugar de conhecimento, quando D. João III (1521-57) decidiu mudar definitivamente a Universidade para a cidade, ao mesmo tempo que se criavam inúmeros colégios em alternativa ao ensino oficial.

 

8. Ponta Delgada

Ponta Delgada começou por ser um simples povoado de pescadores atraídos pelas suas enseadas seguras, mas depressa começou a desempenhar o papel de principal porto da Ilha de São Miguel. A cidade cresceu e viu surgir durante os séculos XVII e XVIII os conventos, igrejas e casa senhoriais que ainda hoje definem o seu centro histórico.

Açores

Ponta Delgada é hoje uma cidade cosmopolita, voltada para o exterior, com uma vida económica e cultural activas. A extensa marginal, que ladeia o porto e o mar definindo o perfil da cidade, é a expressão do seu dinamismo, da adaptação aos novos tempos e também a via de acesso à cidade. Com uma História de mais de cinco séculos e preciosos testemunhos do passado, Ponta Delgada é uma cidade multifacetada onde a tradição convive com a actualidade e o cosmopolitismo com a tranquilidade salutar da vida açoriana.

 

9. Vila Real

Cidade capital da província de Trás-os-Montes, Vila Real ergue-se a 427 m sobre um promontório que forma como que uma península entre os rios Corgo e Cabril, sobre o qual sobressai o seu gracioso casario. O primeiro foral de Vila Real foi concedido por D. Dinis (r. 1279-1325), em 1289. Por ele, garantia o rei aos seus habitantes o direito de recusar hospedagem a fidalgos e cavaleiros, que assim deveriam pernoitar fora dos seus muros.

Palácio de Mateus – Ricardo Fernandes

Tal não impediu que a Vila viesse a acolher nos sécs. XVII, XVIII e XIX muitas nobres famílias, cujas residências foram sendo absorvidas no tecido urbano. Hoje, quem visita Vila Real não deixará de ficar surpreendido à vista das numerosas pedras de armas que enobrecem as fachadas de muitos edifícios. O brasão da cidade, gravado com uma espada e um bastão, resume a história do seu primeiro conde.

 

10. Braga

A construção da “Bracara Augusta”, sede jurídica romana, iniciou-se em 27 a. C. no Império de Augusto. Integrou então as vias do Império que atravessavam a Península Ibérica, comunicando com Roma, o que comprova a importância da cidade no território. Em 216, o Imperador Caracala elevou-a a capital da província da Galécia e, no mesmo século, a Diocese de Braga foi criada, sob jurisdição do Bispo Paterno.

Santuário do Bom Jesus do Monte

A industrialização e a fixação da Universidade contribuíram muito para o desenvolvimento actual da cidade que se manteve fiel à tradição religiosa secular, revivida intensamente todos os anos durante as Solenidades da Semana Santa e na Festa de São João Baptista, em Junho. São boas oportunidades para conhecer Braga, passeando-se pelo Centro Histórico ou relembrando um dos Caminhos de Santiago que por aqui passava.

 

11. Beja

No local onde se situa Beja existem indícios de ocupação desde tempos remotos, mas foi o domínio romano que mais contribuiu para o seu desenvolvimento. Foi aqui que, no séc. I a. C., o Imperador Júlio César assinou um tratado de paz com as tribos Lusitanas que ocupavam o território. Então, o local passou a chamar-se Pax Julia e foi elevado a capital jurídica e administrativa.

Beja

O actual traçado urbano de Beja tem bases na cidade romana e nas portas de Évora e Mértola  que marcam as antigas entradas nas muralhas. O crescimento económico é comprovado pela grande quantidade de peças arqueológicas encontradas, que se podem ver no Museu Regional Rainha D. Leonor. Muito perto de Beja, a Villa Romana de Pisões mostra-nos de uma forma mais real como vivia uma família romana durante esse período.

 

12. Figueira da Foz

A Figueira da Foz, assim chamada por se situar na foz do Rio Mondego, é uma das principais estâncias de veraneio da região centro. Cosmopolita e cheia de vida, ganhou importância desde finais do séc. XIX em que “ir a banhos à Figueira” era um hábito entre a aristocracia do Centro de Portugal.

Figueira da Foz

A Figueira da Foz possui uma vasta oferta hoteleira, um casino fundado em 1900 e uma excelente praia que possui um enorme areal e oferece as condições ideais para a prática de desportos náuticos, tendo aqui lugar provas dos campeonatos de vela e de motonáutica.

31 COMENTÁRIOS

  1. Estou pesquisando cidades de Portugal e já conheço todas as cidades do Norte de Portugal e quero saber de verdade quais as cidades de Portugal com melhor qualidade de vida.
    Fui pra Porto e gostei muito, mas quero morar em uma cidade que tenha um clima mais quente

  2. Esta lista está errada, pois toda a gente em Portugal sabe que a primeira cidade das melhores é RIO DE VIDE. E a segunda é GRANJA DE SEMIDE.

  3. Boa tarde, sou do Brasil, Rio de Janeiro, e sonho em morar em Portugal com meu filho de 3 aninhos e minha esposa. Preciso de ajuda, contatos, para conhecer pessoas em Portugal. Muito obrigado Luiz Alberto.

  4. falam todos e esquecem que gaia é de longe o maior e mais bonito sitio para se viver tem 15 prais com bandeira azul tem as caves do vinho do porto tem serra do pilar estudios da rtp para nao falar
    de cinemas tem inumeras superficies de supermercados tem um cais que nao igual etc.
    onde existe melhor que tudo isto nao inventem é incomparável ate um menino acabado de nascer sabe logo que ist é verdade

  5. Portugal é um dos países mais lindos e maravilhosos da Europa e do Mundo… Não existe – acredito – quem não se deslumbre com as fantásticas belezas das CIDADES e dos VILAREJOS daquele País encantador – de Norte a Sul e de Leste a Oeste… Tudo é maravilha, até mesmo os “Bailinhos” da Ilha da Madeira… ” VAMOS ENTRAR NESTA BRINCADEIRA… // TODOS NÓS VAMOS DANÇAR, NO BAILINHO DA MADEIRA ” …

  6. Sinto que o Algarve é um estado independente do resto do país que serve só para os meses de verão. Na verdade Portimão é uma cidade exemplar em todos os respeitos embora com muitos aspectos ainda por melhorar mas qual é a cidade que não os tem?
    Portimão tem cidade, campo, rio, montanha, mar…Tudo no alcance de máximo 30 min.
    Bancos, restaurantes, campismo, centros de saúde, centros comerciais, comércios e serviços de todo o tipo. Proximidade ao aeroporto internacional de Faro. Portimao uma cidade relativamente de ruas largas e cada vez mais limpa e dentro do município há espaço para a cidade crescer 3 a 4 vezes ao seu tamanho actual.

  7. Gostei muito das dicas. Pretendo morar algum tempo em Portugal e estas informações me ajudarão muito.
    Obrigado e grande abraço.
    Batista

  8. Lisboa melhor Cidade com qualidade de vida??? essa é mesmo para rir… se para as pessoas qualidade de vida é estar horas e horas no transito… lidar todos os dias com pessoas mal dispostas que nem um sorriso dão… onde comprar ou alugar um apartamento custa mais do que uma moradia de luxo no resto do país… ter bairros que não podemos passar sem ser assaltados… bem os gostos não se discutem… eu trabalhei/morei 2 anos em lx e não voltava para lá nem que a vaca tussa…

  9. Boa tarde! Qual é a cidade com mais verde de Portugal? Que seria comparável com Campos do Jordão SP e Monte Verde MG

  10. Gostei da listagens, excelente!!… E, mesmo que haja controversias, ainda assim, desencateou muitos discussoes a respeito da materia.

    • Olá, descriminação existe, mas depende das pessoas e das cidades. Mas na verdade os brasileiros bons estão a ser vítimas de uma emigração desregrada que ouve há alguns anos em que vieram para cá gente que não interessava em nenhum lado, trapaceiros, bandidos, prostitutas. Eram notícia sempre pelos piores motivos. Portugal é um país pequeno e muito tradicional e ainda conservador. É claro que tb veio gente boa, mas o que fica é sempre o pior. É como tudo, eu já estive no Brasil e fui muito bem tratado, mas ouço relatos de pessoas que não se deram bem. Às vezes tb é uma questão de sorte.

  11. Já vivi em Lisboa e parei de ler quando vi que Lisboa é a cidade com melhor qualidade de vida! Nem vi quais as restantes 11, pois só acha que Lisboa é a cidade com melhor qualidade de vida em Portugal quem não faz a mínima ideia do que é ter Qualidade De Vida!

  12. Pessoal comheço bem Portugal
    Qualquer lugar é bom de morar, desde Algarve até
    Cidade do Porto.Mas tem que ir com possibilidades
    de sobrevivência dentro de suas limitações
    Porque Lisboa? Porque Cascaes, Estoril e várias
    villages são tranquilas , lindas,com cafés,praias próxima e tudo a 4o minutos do centro de Lisboa
    E com muitas história em cada esquina

  13. Estou totalment e absolutamente de acordo com o comentario do “Peter”, acima. Fui criado e estudei em Lisboa ate a altura em que fui mobilizado para a guerra no Ultramar, Desde entao, visito Lisboa com muita frequencia–todos os anos. Conehco Portugal the les-a-les. A pessoal que fez tal evaluaca ou e jovem que procura divertimento, vida noturna e similar, ou entao nao faz puto de ideia do que esta a dizer, prtanto fazendo declaracoes ignorantes.

    Como outros leitores exposeram acima, ha muitas outras cidades em Portugasl com qualidade the vida largamente superior aquelas mencionadas. Que dizem das varias cidades to nosso Alentejo e Algarve, onde se vive, passeia e diverte com seguranca, paz e alegria. Que tal a pacifidaded e seguranca de Traz-of-Montes.

    Sugeri a pessoa que fez a evaluacao que se dedique a conhecer Portugal antes de medir e avaliar.

    Toni
    P.S. Desculpem or erros ortograficos

  14. Ola. Obrigado a todos pelos comentarios. VIvi ate aos 18 anos em Lisboa – Benfica, depois uns tempos em Algueirao/Mem-Martins, 18 anos na Amadora -Damaia e mais uns anos em Algueirao/Mem-Martins, Desde 2015 em Peterborough Inglaterra. Talvez pense regressar para a minha reforma e morar foras das grande cidades. Talvez num centro que apele ao repovoamento com agro pecuaria mais proxima da costa litoral. Querem comentar? Obrigado. Que cidades estarao mais poupadas pelos maditos fogos nos ultmas decadas. Teclado internacional peco desculpa pela ausencia de certa acentuacao. Grato

  15. Sem desprimor por nenhuma das cidades escolhidas, considero que a melhor cidade de Portugal, para viver, é BRAGANÇA!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here