Início Viagens As 10 ruas mais bonitas e pitorescas de Lisboa

As 10 ruas mais bonitas e pitorescas de Lisboa

Numa cidade repleta de becos, ruelas e pátios de encantar, escolher as mais charmosas e pitorescas não é fácil mas estas são as ruas mais bonitas de Lisboa.

3614
0
Lisboa
Lisboa

 

Só se encontra e se sente a alma de Lisboa durante um passeio pelos bairros históricos, deixando-se perder pelas ruas e calçadas das várias colinas. Os autocarros panorâmicos não passam pelos mais belos e pitorescos cantos da cidade, por isso aqui indicamos as dez ruas onde os viajantes mais curiosos e aventureiros encontram os cenários perfeitos para as suas fotos. De Alfama ao Bairro Alto, do Príncipe Real ao Chiado, descubra uma Lisboa desconhecida da maioria: a Lisboa dos pátios tradicionais, a Lisboa da roupa estendida na varanda, a Lisboa das flores à janela. Descubra uma cidade que o vai surpreender em cada recanto. Estas são as ruas mais bonitas e pitorescas de Lisboa.

 

1. Rua da Bica de Duarte Belo

lisboa
Bica, Lisboa

É talvez a rua mais fotografada de Lisboa, pois é atravessada pelo emblemático Elevador da Bica. As suas escadinhas têm origem em 1597 e, tal como o resto do bairro da Bica, foi pouco afectada pelo terramoto de 1755. Hoje é conhecida pelos seus pequenos bares e pelos típicos edifícios coloridos, terminando no pitoresco Largo de Santo Antoninho.

 

2. Rua Vieira Portuense

Rua Vieira Portuense
Rua Vieira Portuense

Hoje virada para os jardins de Belém, esta rua foi construída junto da antiga praia. Vários dos edifícios característicos da Lisboa anterior ao terramoto de 1755 são agora restaurantes.

 

3. Calçada do Duque

Calçada do Duque
Calçada do Duque

Esta calçada vai do Bairro Alto à Baixa, desde o Largo Trindade Coelho, onde se encontra a Igreja de São Roque, à estação do Rossio. Pelo caminho tem-se uma bela vista do castelo, e encontra-se uma variedade de restaurantes.

 

4. Travessa da Arrochela

Travessa da Arrochela
Travessa da Arrochela

As casas coloridas e cobertas de azulejos desta rua emolduram uma vista do Palácio de São Bento. Antes de lá chegar passa-se pela Igreja das Mercês e pela também pitoresca Rua do Vale.

 

5. Rua do Vale

Rua do Vale
Rua do Vale

As casas coloridas e cobertas de azulejos desta rua emolduram uma vista do Palácio de São Bento. Antes de lá chegar passa-se pela Igreja das Mercês e pela também pitoresca Rua do Vale.

 

6. Travessa do Paraíso

Travessa do Paraíso
Travessa do Paraíso (foto: Yulya Malyulka)

Esta pequena travessa é um autêntico postal ilustrado. As típicas casas com os seus estendais e azulejos emolduram a cúpula do Panteão Nacional.

Foto: Yulya Malyulka

 

7. Rua do Sacramento à Lapa

Rua do Sacramento à Lapa
Rua do Sacramento à Lapa

Esta rua foi onde a nobreza construiu os seus palacetes, hoje residências de embaixadores ou embaixadas. É uma das mais belas ruas da cidade, e onde se encontra uma das mais curiosas fachadas cobertas de azulejos e peças de cerâmica. Trata-se de um palacete romântico dos finais do século XIX com janelas neo-manuelinas, que pode ser admirado no número 24.

 

8. Calçada de Santana

Calçada de Santana
Calçada de Santana

Esta rua fica bem perto do Miradouro do Torel, e é das mais lisboetas que há. É uma rua estreita e íngreme, onde casario de tipo popular encontra-se ao lado de edifícios senhoriais (nos números 144, 168 e 198). Foi onde morreu o poeta Luís de Camões, e ao chegar ao número 116 vira-se para a Rua de Martim Vaz e encontra-se uma placa a indicar o local de nascimento da fadista Amália Rodrigues. Nesta rua encontra-se também uma das primeiras igrejas com um interior em talha dourada, a Igreja da Pena, e uma vista do Tejo no horizonte.

 

9. Rua dos Remédios

Rua dos Remédios
Rua dos Remédios

Esta é das poucas ruas que foram pouco afectadas pelo terramoto de 1755, por isso ainda se encontram vários portais manuelinos, como o da Capela dos Remédios, o do número 39, e outro junto à Calçadinha de Santo Estêvão. Obras de requalificação no início de 2016 proibiram o estacionamento, dando mais espaço aos peões que vão à procura das tradicionais petiscarias e das casas de Fado. Passeando pela rua também se encontram raros painéis de azulejos nas fachadas, anteriores ao terramoto.

 

10. Rua da Adiça

Rua da Adiça
Rua da Adiça

Descendo a Rua Norberto Araújo junto ao Miradouro das Portas do Sol chega-se à Rua da Adiça, onde se sente o autêntico ambiente de aldeia de Alfama. Aqui encontra-se uma das típicas fontes do bairro e casas pitorescas que têm vindo a ser reabilitadas.

Fonte: lisbonlux.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here