Início Viagens As 10 aldeias medievais mais bonitas da França

As 10 aldeias medievais mais bonitas da França

É um dos países mais visitados e bonitos do mundo e tem ainda muitos segredos para descobrir. Estas são as aldeias medievais mais bonitas da França.

2511
0
Mont Saint Michel
Mont Saint Michel

Não é surpresa que a França mantenha o título de país mais visitado do mundo. Do legado artístico de Paris e do glamour da Riviera à culinária lendária de Provence, os tesouros históricos e culturais franceses tornaram-se um eterno aliciante entre os viajantes internacionais. Mas, neste Verão, porque não abandonar as trilhas turísticas parisienses e marselhesas e chegar ao campo para experimentar a riqueza de belíssimas aldeias históricas que França tem para oferecer?

Não há nada como algumas semanas a explorar as ruas medievais de paralelepípedos, a experimentar os vinhos locais e a “perder-se” no meio de cores e aromas de vilas seculares, para ajudá-lo, efectivamente, a pôr de lado a rotina. Estas são as aldeias e vilas mais bonitas da França.

 

1. Carcassonne

Carcassonne

Do alto de suas muralhas, que à época eram protegidas por milhares de guerreiros, podia-se controlar uma importante via comercial que ligava a Península Ibérica com o resto do continente. A primeira visão do centro histórico, cuja construção foi iniciada há cerca de mil anos dá a impressão que estamos a viajar no tempo, para uma época de Reis, cavaleiros, princesas e batalhas medievais.

A fortaleza é protegida por 52 torres e duas muralhas uma interna e outra externa. A entrada principal, baptizada de Porta Narbonnaise, é guardada por uma ponte levadiça. Nos tempos medievais, cerca de 50 homens ficavam de guarda para impedir a entrada de inimigos. Em Carcassonne, observa-se na verdade duas cidades: A Cidadela, que permaneceu intacta e protegida dentro das muralhas, e a Basti de Saint-Louis ou Cidade Baixa, que cresceu ao redor do centro medieval. À noite, as suas ruas ficam desertas e silenciosas.

 

2. Annecy

Annecy
Annecy

Annecy, localizada a apenas 35 quilómetros de Genebra, na região da Alta Sabóia, no leste de França, é o maior e mais popular local da nossa lista. Os seus destaques incluem os ilustres terraços que revestem os canais (Annecy é, por vezes, conhecida como “Pequena Veneza”) e o famoso Palais de l’Isle, um pitoresco castelo do século XII construído no meio de um dos canais.

 

3. Colmar

Colmar
Colmar

Repleta de casas de cores vivas, adoráveis lojas e alegres canais cheios de flores, que dão à cidade uma atmosfera de conto de fadas. Depois de explorar as ruas encantadoras, muitos viajantes optam por andar de canoa pelos canais ou apenas observar as pessoas com um Riesling alsaciano num dos cafés à beira da água.

 

4. Eguisheim

Eguisheim
Eguisheim

Outra colorida cidade na Rota dos Vinhos da Alsácia é Eguisheim, digna de nota pelo incomum círculo concêntrico das suas ruas, facto que torna a exploração deste local mais fácil. Além das muitas adegas e bares vinícolas que há anos atraem enófilos ansiosos, o outro destaque de Eguisheim é a deliciosa sensação de conto de fadas. Como disse em tempos um viajante, “a única coisa que falta é a Cinderela!”.

 

5. Beynac-et-Cazenac

Beynac-et-Cazenac
Beynac-et-Cazenac

Cazenac é habitada desde a Idade do Bronze. É mais popular entre aqueles que querem perder-se na sua atmosfera medieval. Um bom plano é explorar as pitorescas lojas e jardins ao longo das ruas sinuosas e, em seguida, desça para um passeio ao longo de Dordogne para que possa apreciar convenientemente as vistas.

 

6. Étretat

Étretat
Étretat

Uma das paragens turísticas mais populares da Alta Normandia, Étretat é um encantador local de mercados, mas as atracções mais célebres são os penhascos e os seus três arcos naturais exclusivos. Qual é a melhor maneira de aproveitar Étretat? Recomenda-se caminhar até à igreja de Notre-Dame de la Garde para desfrutar de um fascinante nascer do sol sobre as falésias.

 

7. Gordes

Gordes
Gordes

Há centenas de sítios encantadores em Provence, mas um dos mais mágicos é Gordes, uma pequena aldeia habitada desde os tempos romanos. Aqui, o clima mediterrânico e o ritmo relaxado são fundamentais, permitindo que os viajantes explorem as ruas sinuosas antes de se assistir a um pôr-do-sol espectacular sobre os campos de lavanda no vale.

 

8. Mont Saint Michel

Mont Saint Michel
Mont Saint Michel

A história relata que o bispo Aubert (Santo-Aubert) da cidade de Avranches, fundou um santuário em 708 no Mont-Tombe (antigo nome do monte Saint-Michel), após três aparições do arcanjo São Miguel (Saint-Michel em francês).

Consagrada em 709, a igreja, desde então, nunca deixou de atrair visitantes e peregrinos do mundo inteiro. A arquitectura do Monte Saint-Michel e sua baía fazem dele o lugar turístico mais frequentado da Normandia e o segundo mais frequentado da França, depois de Paris. A abadia tem a particularidade de ter sido erguida sobre uma ilha rochosa.

 

9. Riquewihr

Riquewihr
Riquewihr

A fama de Riquewihr como cidade mais bonita da Rota dos Vinhos da Alsácia não é surpreendente. As ruas de paralelepípedos e as coloridas casas de madeira têm permanecido praticamente inalteradas desde o século XVI. A verdadeira atracção aqui, no entanto, é o vinho da Alsácia, que os viajantes podem provar nas muitas adegas de vinho de Riquewihr.

 

10. Rochefort-en-Terre

Rochefort-en-Terre
Rochefort-en-Terre

Ao entrar em Rochefort-en-Terre, com as suas mansões da era medieval e praças pitorescas, é como que transportado de volta à Idade Média. Famosa por campanários únicos e pelos gerânios vermelhos que perfumam as ruas, esta pequena aldeia na Bretanha é perfeita para quem procura um caprichoso fim-de-semana de mercados de agricultores, antiquários, crepes e história.

Autor: Jorge Sá

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here