Início Viagens 25 curiosidades sobre o Porto que quase todos desconhecem

25 curiosidades sobre o Porto que quase todos desconhecem

Cidade de mil e um recantos por descobrir e uma surpresa em cada esquina. 25 curiosidades sobre o Porto que quase todos desconhecem.

5
Porto

O Porto é uma Nação! Não há como negar: esta cidade tem um carisma e um charme muito especiais. Os seus habitantes têm fama de serem gente muito honesta, aguerrida e trabalhadora e, acima de tudo, têm um orgulho imenso na sua cidade, a cidade invicta, a cidade do Porto. Grande para da história de Portugal aconteceu nesta cidade e o Porto ainda hoje mantém um papel muito importante na economia, sociedade e cultura do país.

Descubra algumas curiosidades sobre o Porto que, provavelmente, desconhece.

 

Sabia que:

…o primeiro filme do cinema português foi realizado na Rua de Santa Catarina em 1896 por Aurélio Paz dos Reis e chamava-se Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança.

…entre 1383 e 1834 o actual concelho de Vila Nova de Gaia esteve incluído no Termo do Porto.

…o Parque da Cidade do Porto é o único parque urbano da Europa com frente marítima.

…em 1996, considerando o local como “de valor universal excepcional, testemunho do desenvolvimento de uma cidade europeia que, ao longo dos últimos mil anos, se voltou para o oeste para enriquecer as suas ligações culturais e comerciais”, a Unesco classificou o Centro Histórico do Porto como Património Cultural da Humanidade.

…foi no Porto, a 31 de Janeiro de 1891, que se fez a primeira tentativa para implantar o regime republicano em Portugal.

Porto
Porto

…a série histórica de televisão “A Ferreirinha”, produzida pela RTP em 2004, se inspira na vida de Dona Antónia Adelaide Ferreira e no legado ímpar que deixou ao Alto Douro e ao Vinho do Porto.

…com seis quilómetros de extensão, a Boavista é a maior de todas as avenidas portuguesas.

…o guarda-redes Vítor Baía, natural da Afurada, Vila Nova de Gaia, é o jogador com mais títulos da história do futebol mundial, com 32, à frente de Pelé e Rijkaard, com 25 cada um.

…até meados do século XVI, os membros da nobreza estiveram proibidos de viver no Porto.

…no século XIX, os comerciantes da Rua de Santo António pagavam do seu bolso o reforço da iluminação pública.

melhor país da europa
Porto

…as ligações aéreas regulares entre o Porto e Lisboa iniciaram-se em 1947.

…o Porto de Leixões, com os seus cinco quilómetros de cais e movimentando cerca de 14 milhões de toneladas de mercadorias por ano, garante 25% do comércio internacional português.

…as origens do centro urbano da cidade do Porto datam da idade do bronze, mais concretamente em torno do século VIII a.C..

…Pêro Vaz de Caminha, o autor da célebre Carta do achamento do Brasil, nasceu no Porto, onde era funcionário da Casa da Moeda, tendo acompanhado a expedição de Pedro Álvares Cabral a fim de elaborar o diário de bordo.

…a Casa da Música, inaugurada em 2005, foi classificada pelo New York Times como “uma das mais importantes salas de espectáculos construídas nos últimos 100 anos”, comparando-a ao Walt Disney Concert Hall, em Los Angeles, e ao auditório da Orquestra Filarmónica de Berlim.

Porto
Porto

…o concelho de Vila Nova de Gaia foi criado em 1834 pela junção de Gaia e Vila Nova, autonomizadas do Porto.

…o Infante D. Henrique, tido como o pai dos Descobrimentos Portugueses, nasceu no Porto em 1394 na que é hoje chamada Casa do Infante.

…Manoel de Oliveira, nascido no Porto em 1908, foi o mais velho cineasta do mundo em actividade.

…a cadeia espanhola Zara, actualmente presente em 65 países, abriu a sua primeira loja fora de território espanhol em 1988 na Rua de Santa Catarina, no Porto.

…a Agência Abreu, fundada no Porto em 1840, é a agência de viagens mais antiga do mundo.

Porto
Porto

…segundo reza a história, D. Antónia Ferreira salvou-se num trágico acidente de barco rabelo que vitimou o Barão de Forrester, porque as saias de balão que então vestia a fizeram flutuar até à margem do Rio Douro.

…o tratado de 1352, entre a Inglaterra e Portugal, gizado pelo portuense Afonso Martins Alho, deu origem à expressão popular “fino que nem um alho”, usada para se referir a alguém invulgarmente inteligente.

…os habitantes do Porto são conhecidos como tripeiros porque, segundo a tradição, doaram toda a carne à armada que partiu para conquistar Ceuta, em 1415, ficando apenas com as vísceras para comer, o que deu origem a um dos pratos mais tradicionais, as “tripas à moda do Porto”.

…em reconhecimento pelos sacrifícios suportados pelos portuenses durante o Cerco do Porto, D. Pedro, IV de Portugal e I do Brasil, doou o seu coração em testamento à cidade do Porto, hoje preservado na capela-mor da Igreja da Lapa, no Porto.

…o primeiro carro eléctrico da Península Ibérica circulou no Porto no ano de 1895.

5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here