Início Viagens 15 fantásticos locais para visitar na Suécia

15 fantásticos locais para visitar na Suécia

Um país repleto de cidades históricas, monumentos e uma natureza deslumbrante. Descubra os 15 melhores locais para visitar na Suécia.

0
suécia
Lund

A Escandinávia é uma região rica em história e beleza e a Suécia personifica isso com os seus lagos, canais, arquipélagos e céus que brilham com a famosa e bela Aurora Boreal. A sua cultura é igualmente refinada, com galerias de arte e museus comemorando tudo, desde a história arqueológica até a instrumentos musicais e, como não poderia deixar de ser, ao mais famoso dos grupos musicais suecos, os ABBA.

A Suécia, tal como os seus países vizinhos (Noruega, Finlândia, Dinamarca e, pouco mais longe, a Islândia) está repleta de histórias de Vikings, guerreiros destemidos que navegavam os mares e oceanos em busca de riquezas. Trata-se de um país com uma oferta turística muito diversificada, sendo possível visitar belíssimos parques naturais, vilas e cidades históricas, castelos, palácios, museus… Estes são os melhores locais para visitar na Suécia.

 

1. Estocolmo

Estocolmo é a capital da Suécia, localizada num arquipélago do mar Báltico. A cidade é composta por 14 ilhas conectadas por pontes e navegáveis por estrada ou barco, tornando-se uma cidade nórdica verdadeiramente única e espectacular para visitar.

Estocolmo
Estocolmo

Há centenas de atracções em Estocolmo para manter os visitantes ocupados e entretidos, cantando karaoke no Museu ABBA ou a  explorar alguns dos 600 quartos e cinco museus no Palácio Real da Suécia. Uma excursão a pé, de autocarro ou de barco oferecerá aos visitantes uma visão desta cidade vibrante através dos olhos de um guia experiente que pode descrever parte da sua rica e célebre história.

 

2. Gotemburgo

Gotemburgo é uma das maiores cidades da Suécia, e está localizada ao longo do Canal Göta, um canal de 614 quilómetros construído no século XIX. A cidade é famosa pelos seus canais, que lhe dão uma atmosfera muito parecida com Amesterdão, e pelas suas ruas principais repletas de cafés e lojas.

Gotemburgo
Gotemburgo

Os visitantes podem visitar o arquipélago de Gotemburgo, fazer um passeio de barco pelos canais da cidade ou comer num dos restaurantes de Gotemburgo, onde frutos do mar são uma especialidade. Gotemburgo é também o lar de muitos museus e galerias, e a sua longa história certamente dará aos visitantes muito o que ver e fazer.

 

3. Gotland

Gotland é uma ilha no mar Báltico, e é acessível através do ferry que sai das cidades de Nynashamn e Oskarshamn. A viagem dura cerca de três horas. Uma vez na ilha, os visitantes podem visitar a principal cidade de Visby, uma cidade medieval murada repleta de ruas de paralelepípedos e as ruínas de antigas igrejas e edifícios.

Gotland
Gotland

Os turistas também podem nadar em Blå Lagunen, uma antiga pedreira que agora está repleta de águas azuis cristalinas ou explorar a reserva natural de Digerhuvud, que se estende por vários quilómetros ao longo da costa e contém centenas de rochas marinhas empilhadas.

 

4. Halmstad

Halmstad é um destino popular na costa oeste da Suécia famosa pelas suas longas praias mas a diversão não se resume a apenas sol e mar. Em Halmstad, os entusiastas da arte podem desfrutar da maior galeria de arte da Suécia, bem como do Harplinge Windmill ArtLab, da galeria de arte Halststads Konsthall e de muitos outros locais de importância artística.

Halmstad
Halmstad

Quanto a museus e história cultural, Halmstad oferece um museu ao ar livre chamado Hallandsgarden, o Castelo de Halmstad e uma ruína da igreja do século XII chamada Övraby Kyrkoruin. Além de Halmstad encantar os visitantes com a sua cultura, eles também podem desfrutar de actividades ar livre nas Cataratas Danska ou aventurar-se pelo caminho de Prins Bertils.

 

5. Helsinborg

Do outro lado do Estreito de Öresund, que liga a Suécia à Dinamarca e ao resto da Europa continental, está Helsingborg, uma cidade medieval que abriga uma linda orla costeira e imensas ruínas de castelos. A sua importância histórica reside no facto de ter servido como uma primeira linha de defesa das tropas dinamarquesas ao longo de uma longa e sangrenta história de conflito.

Helsinborg
Helsinborg

A preservada torre de Karnan é um testemunho desta história, e uma viagem até às suas muitas escadas recompensará os mais aventureiros com uma vista grandiosa. Hoje, os visitantes de Helsingborg podem visitar exposições e ouvir concertos na Dunker’s Culture House, caminhar entre animais selvagens no Tropikariet, explorar o castelo e jardins em Sofiero Slott, ou jantar em um dos ferriys suecos, tradicionalmente conhecido como “Tura”. “

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here