Início História Antes da Lusitânia: quando Portugal se chamava Ofiússa e nele viviam os...

Antes da Lusitânia: quando Portugal se chamava Ofiússa e nele viviam os Ofis

Ainda antes dos Lusitanos, viveram em Portugal os Ofis, conhecidos por serem adoradores de serpentes. Descubra a sua fantástica história.

104088
12
COMPARTILHE
Ofiússa
Castros

Antes da Lusitânia: quando Portugal se chamava Ofiússa e nele viviam os Ofis

Ao contrário do que muitos pensam, os Lusitanos não foram o primeiro povo a habitar a região que hoje corresponde a Portugal. A insistência em referir os lusitanos como o primeiro povo e como originários dos portugueses actuais deve-se, sobretudo, a uma campanha organizada pela ditadura de Salazar com o objectivo de fortalecer a união e a identidade nacionais com base numa origem comum a todos os portugueses. Ofiússa ou Ophiussa é o nome dado pelos antigos gregos ao território português. Significa Terra das Serpentes.

Os ofis viveriam, principalmente, nas montanhas do norte de Portugal, incluindo a Galiza. Outros dizem que estes viviam na foz dos rios Douro. Este povo venerava as serpentes, daí Terra das Serpentes ou serpes.

Lusitanos
Lusitanos comandados por Viriato a combater os Romanos

Existem alguns estudos arqueológicos que mencionam este povo e cultura. Alguns crêem que o dragão, muitas vezes representado como um grifo e originário de uma primitiva serpente alada – a “Serpe Real”, timbre dos Reis de Portugal e depois também dos Imperadores do Brasil, está relacionado com este povo, ou com os celtas que mais tarde colonizaram a zona, que por sua vez poderiam ter sido influenciados pelo culto ofi.

Lusitânia

No século IV, o poeta romano Avieno, na Ora maritima, um documento inspirado por uma viagem marítima, anotou “Oestriminis” (ou o extremo ocidente) povoados pelos Estrímnios, um povo que vive naquela área desde há muito tempo, que tiveram que fugir das suas terras depois de uma “invasão de serpentes”.

Povos da península Ibérica

Isto pode ser uma relação aos Sefes ou ofis (“o povo das serpentes”) e aos Draganos (“o povo dos dragões”), que vieram colonizar aquelas terras e formaram um território conhecido pelos gregos como Ofiússa. Alguns autores relacionam o povo Ofi com os druidas ou proto-celtas ou, até mesmo, antigos egípcios. Numa tradição egípcia, refere-se que as “serpentes” egípcias de Karnak ou Luxor teriam emigrado para a Europa.

Povos da Ibéria

Resumindo, os Estrímios terão sido os primeiros povoadores do território que hoje corresponde a Portugal. Estes foram invadidos pelos Ofis que, posteriormente, foram invadidos pelos Lusitanos.

Para saber mais sobre os Estrímnios:

Estrímnios: o povo que habitou Portugal antes dos Lusitanos

Para saber mais sobre os Lusitanos:

Lusitanos: a tribo que os romanos demoraram 200 anos a dominar

Mais artigos

Mais recentes

REDES SOCIAIS

163,444FãsCurtir
266SeguidoresSeguir
712SeguidoresSeguir

12 COMENTÁRIOS

  1. Caro Paulo Antunes Guimarães,
    Apreciei sobremaneira o seu texto que, desde logo, revela através dos diversos comentários a relativa ignorância em que ainda andamos todos quanto às nossas «origens». Por mim, não catedrático na matéria mas muito interessado na mesma, recomendo (a todos) que tentem fazer uma abordagem a este assunto à luz do Paradigma da Continuidade Paleolítica, corrente de investigação histórica, que conta também com investigadores portugueses, e que traz preciosas achegas ao entendimento da génese antropológica – se assim lhe podemos chamar -, deste recanto da Europa – a que, entretanto e depois da última glaciação, chamam «reduto ibérico», porquanto este espaço sempre foi habitado, ao contrário do que aconteceu à quase totalidade do espaço que conhecemos como Europa.
    Deste cadinho de culturas que sempre fomos, a sua ancestralidade é algo de tão interessante quanto, infelizmente, pouco divulgada. Mas vamos sempre a tempo…
    As abordagens linguísticas, por exemplo, são altamente desafiantes e Foz Côa ou a Criança do Lapedo (entre muitas outras evidências) aí estão para suscitar interrogações quanto à possível origem da cultura celta ou a sua expansão a partir deste recanto, à medida que o degelo se verificava…

    • Permita-me a acrescentar isto a sua escrita, a cultura caimpainiforme, possivelmente difundida da zona de Lisboa por toda a Europa, os Génes A25-BIS-DR2 e o A26-B38-DR2. Que um é o mais velho do mundo, o outro é unico na nossa raça. Ha muitas pessoas a desdenharem o que é nosso, apreciei seu texto. Fique bem Sr Joao Castro

  2. Olà povo Português é para mim un orgulho vos lêr não sou conhecedor na matéria
    mas é um grande prazer poder-vos lêr e adquirir conhecimentos da nossa
    historia graças ao vosso saber através a net
    Aqui fica o meu agradecimento a todos aqueles que nela participam

  3. Depois destas informações sobre a História,ficamos sempre mais enriquecidos.Deixo o meu obrigado a todos aqueles que colaboraram neste artigo.-O meu abraço.

  4. Fiquei ciente dessa matéria já à primeira postagem, mas desconhecia o fato. Nos meus tempos de escola, só nos ensinaram sobre os Visigodos, Cartagineses, Celtas, e os heróis da época, Virgílio,Viriato, vindo na sequência a História de Portugal, as Cruzadas e como Dom Henrique ganhou o condado. Já procurei em outras páginas sobre Ofiússa, mas não encontrei nada relacionado. Agradeço pelas postagens, pois são um enriquecimento à cultura. Gratos a todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here