Início Sociedade Querem destruir o pequeno Tibete português

Querem destruir o pequeno Tibete português

É conhecido pelo pequeno Tibete português e está em risco de desaparecer por causa de uma barragem. Falamos de Sistelo, em Arcos de Valdevez.

13509
2

Primeiro foi o rio Tua, depois o rio Sabor e agora é o rio Vez. Aquilo a quem alguns chamam progresso, não passa na realidade da destruição de paisagens únicas, do desprezo pelos habitantes dessas regiões e da extinção de culturas e tradições.

Sistelo - Rui Videira
Sistelo – Rui Videira

Está projectada a construção de uma mini-hídrica no Rio Vez, perto do Sistelo. Pode ser pouco, pensarão alguns. Afinal, que impactos poderá causar uma mini-hídrica?

Sistelo - Rui Videira
Sistelo – Rui Videira

Na realidade, causa muito mais do que poderá imaginar. Causa alterações no leito do rio, causa alterações no habitat de algumas espécies, pode provocar a criação de um micro clima que irá mudar por completo os hábitos rurais seculares daquela região. Além disso, implica ainda a construção de estradões, condutas e postes de alta tensão que irão desfigurar a paisagem.

Sistelo - Rui Videira
Sistelo – Rui Videira

Mas de que paisagem falamos, afinal? Falamos do Sistelo, uma região praticamente desconhecida pela maioria dos portugueses, mas que tem tudo para constar nos roteiros de locais considerados como património mundial da humanidade.

Padrão, Sistelo - Rui Videira
Padrão, Sistelo – Rui Videira

Conhecida pelo pequeno Tibete português, a região do Sistelo foi moldada pelo esforço dos seus habitantes ao longo dos séculos que, para poderem tirar algum rendimento daquelas terras, tiveram que transformar as montanhas em socalcos.

Sistelo - Rui Videira
Sistelo – Rui Videira

Ninguém se lembra deles quando estão longe dos serviços de saúde, ninguém quer saber se possuem escolas para os seus filhos, ninguém se preocupa se têm estradas para evitar o isolamento, e se não formos nós, os cidadãos deste país, cairão de novo no esquecimento e toda a sua belíssima região e os seus costumes e tradições irão desaparecer com a construção desta mini-hídrica.

Por favor, ajude-nos e ajude também os habitantes de Sistelo. Assine a petição e divulgue esta mensagem. Por um Portugal que respeita o seu território e as suas gentes. Contamos consigo!

Assinar a petição: Contra a Construção do Aproveitamento Hidroeléctrico de Sistelo

Facebook: Movimento para salvar Sistelo

Vídeo e fotos: Rui Videira*Sharing my (he)art

Mais artigos

Mais recentes

15 fantásticas escapadinhas no Alentejo

O Alentejo desperta o fascínio e a imaginação dos portugueses e dos estrangeiros que o visitam. As suas planícies onduladas, as tradições do seu...
[td_block_social_counter custom_title=”REDES SOCIAIS” header_color=”#000000″ facebook=”vortexmag” twitter=”@VortexMag” googleplus=”+VortexmagNet1″ open_in_new_window=”y”]

2 COMENTÁRIOS

  1. […] “Ninguém se lembra deles quando estão longe dos serviços de saúde, ninguém quer saber se possuem escolas para os seus filhos, ninguém se preocupa se têm estradas para evitar o isolamento e se não formos nós, cidadãos deste país, cairão de novo no esquecimento e toda a sua belíssima região e os seus costumes e tradições irão desaparecer com a construção desta mini-hídrica”, alerta o VortexMag. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here