Início Cultura Qual a origem da língua portuguesa?

Qual a origem da língua portuguesa?

Qual a origem da língua portuguesa? Do latim às influências árabes e às novas palavras obtidas nos descobrimentos, conheça a história do português.

59492
2
Qual a origem da língua portuguesa? Do latim às influências árabes e às novas palavras obtidas nos descobrimentos, conheça a história do português.
Fernando Pessoa

Trata-se de um dos mais belos idiomas do mundo e é falado em todos os continentes por mais de 200 milhões de pessoas. Mas afinal de contas: qual é a origem da Língua Portuguesa? Por mais estranho que possa parecer, a Língua Portuguesa está relacionada com todos os outros idiomas falados na Europa e na Ásia, por mais distintos e diferentes que eles possam parecer.

Todos esses idiomas tiveram origem numa linguagem chamada Indo-europeu. Para que você perceba bem o alcance desta afirmação, pense no seguinte: todos idiomas do mundo têm origem indo-europeia excepto o árabe, o chinês, o japonês e alguns idiomas do sudoeste asiático (Tailândia, Vietname, Birmânia, etc…).

Árvore genealógica das línguas
Árvore genealógica das línguas

O Indo-europeu dividiu-se (há muito tempo) em 2 grandes ramos: de um lado ficaram as línguas faladas na Índia e na Pérsia, por exemplo. Do outro lado ficaram as línguas faladas na Europa. Já no ramo europeu, novas ramificações surgiram, nascendo assim as variantes germânica (alemão, inglês, holandês…), latina (português, espanhol, italiano, francês…) e eslava (russo, ucraniano…). Existem ainda outros pequenos ramos, como o grego, o arménio, o albanês ou o céltico.

língua portuguesa
Árvore genealógica das línguas

Mas isto significa que a Língua Portuguesa nasceu assim, repentinamente, apenas porque se separou dos seus idiomas mais próximos? Não! A formação de um idioma é lento e gradual e sofre influências de vários outros idiomas. Não existe, portanto, uma data oficial do nascimento da Língua Portuguesa. Mas se é assim, como evoluiu (e que influências sofreu) a Língua Portuguesa até aos nossos dias?

Ainda antes de Portugal ser um reino independente, aquilo que se falava na região norte de Portugal e na Galiza (que então pertenciam ao condado Portucalense) era o chamado galaico-português. O galaico português era um idioma falado essencialmente pelo povo, sem regras escritas e gramaticais definidas. A sua base era o latim, trazido pelos romanos que haviam invadido a península ibérica uns séculos antes.

Ibéria no século VI
Ibéria no século VI

É importante notar que, já depois dos romanos terem trazido o seu idioma para a península ibérica, esta região foi invadida pelos mouros. Por isso mesmo, os idiomas falados nesta região sofreram também influência árabe. Mesmo assim, a base latina do galaico-português conseguiu conservar-se durante os séculos de ocupação muçulmana.

Já depois de ter começado a reconquista da Ibéria aos mouros, foram formados pequenos reinos independentes. O Reino de Portugal separou-se assim da sua irmã e vizinha Galiza. Isto fez com que o idioma, que até à altura da divisão era o mesmo, tivesse começado a separar-se em dois: português para um lado e galego para o outro.

Hoje em dia, é difícil imaginar como numa pequena região que incluía apenas o norte de Portugal e a Galiza possam ter surgido 2 idiomas diferentes. Para perceber como isto aconteceu, basta entender que, naquela época, as comunicações e as estradas não eram como hoje as conhecemos. Portanto, o isolamento das populações era tão acentuado que ao longo das décadas a sua língua começava naturalmente a ser diferente da língua dos seus vizinhos.

Condado Portucalense

Outro factor que contribuiu para o surgimento da Língua Portuguesa como um idioma diferente e autónomo do galaico-português foi o facto de Portugal, como já foi referido, se ter tornado independente. Ao ser um reino independente, as políticas relativas à educação e à língua passam também a ser diferentes.

O grande passo para o nascimento oficial da Língua Portuguesa surgiu, no entanto, algumas décadas após a formação de Portugal como estado independente. Isto aconteceu com o testamento do Rei D. Afonso II, em 1214, o primeiro documento oficial considerado como tendo sido escrito em português.

Obviamente, o português utilizado neste documento era muito arcaico e ele evoluiu muito ao longo dos séculos. Isto acontece porque o português é considerado uma língua viva, ou seja, um idioma em constante evolução. A evolução do português é tão dinâmica que quase todos os anos são acrescentadas novas palavras ao dicionário.

Comunidade de Países de Língua Portuguesa

A partir dos séculos XV e XVI, quando Portugal iniciou a Era dos Descobrimentos, a Língua Portuguesa espalha-se pelo mundo e chega a todos os continentes. Durante esta época, o português era considerado como sendo a Língua Franca, ou seja, uma espécie de idioma universal utilizado para comunicar entre pessoas de idiomas diferentes, tal como acontece hoje com a Língua Inglesa.

Os Descobrimentos levaram a Língua Portuguesa até ao Brasil, país que se tornou no maior símbolo do nosso idioma. Além disso, a Língua Portuguesa originou também dezenas de crioulos espalhados por todo o mundo, alguns deles em vias de extinção.

 

Resumo da Origem da Língua Portuguesa

1. A Língua Portuguesa teve origem do Indo-europeu, idioma antigo que originou centenas de línguas diferentes.

2. Dentro do Indo-europeu, a Língua Portuguesa pertence ao ramo latino, onde se inclui também o espanhol, o francês e o italiano, entre outros.

3. A Língua Portuguesa teve origem numa espécie de latim popular falado na região noroeste da Península Ibérica (Norte de Portugal e Galiza) e trazido pelos romanos.

4. Esse latim popular, conhecido por galaico-português, sofreu influências dos muçulmanos e adoptou algumas palavras árabes.

5. Com a independência de Portugal, o português começou a tornar-se diferente do galego.

6. O primeiro documento oficial escrito em português foi o testamento do Rei D. Afonso II, em 1214.

7. A Língua Portuguesa continuou a evoluir, a criar palavras novas e a adoptar palavras de outros idiomas, como o espanhol, o inglês, o francês e o alemão.

8. Com a chegada da Era dos Descobrimentos, a Língua Portuguesa espalha-se pelo mundo e chega ao Brasil, a África, à Índia e à China.

9. Ainda durante os Descobrimentos, o português transforma-se em Língua Franca (idioma utilizado para comunicar entre estrangeiros).

10. Como se tratava de uma Língua Franca, o português influenciou também os outros idiomas e algumas das suas palavras foram adoptadas pelos ingleses, franceses, espanhóis, indianos e japoneses, por exemplo.

11. A Língua Portuguesa incorporou também palavras de origem africana e tupi e, além disso, também originou dezenas de crioulos falados em várias partes de África, da Ásia e da América do Sul.

40 palavras de origem portuguesa que são usadas em todo o mundo

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here