Início Viagens Pozas do Mallón: mais um paraíso secreto do Gerês na fronteira entre...

Pozas do Mallón: mais um paraíso secreto do Gerês na fronteira entre Portugal e Espanha

O Parque Nacional Peneda Gerês é assim mesmo: repleto de cantos recantos de encantar, muitos deles secretos. Descubra as Pozas do Mallón.

5628
0
gerês
Pozas do Mallón

No extremo noroeste de Portugal, entre o Alto Minho e Trás-os-Montes, a Serra da Peneda em conjunto com a do Gerês constituem a única área protegida portuguesa classificada como Parque Nacional. Falamos do Parque Nacional Peneda Gerês. É um mundo à parte em que a actividade humana se integra de forma harmoniosa na Natureza, preservando valores e tradições muito antigos bem patentes nas aldeias comunitárias de Pitões das Júnias e Tourém.

Pozas do MallónMas se pretende gastar energias não lhe faltarão oportunidades, já que vai encontrar condições para a prática de actividades como o canyonning ou a canoagem.

Se deseja apenas passear, siga o traçado sinuoso e bem conservado da geira romana e admire os marcos miliários que têm quase dois mil anos ou escolha outros percursos em que poderá admirar antas e dolmenes, castelos medievais ou mosteiros e santuários, perfeitamente integrados na paisagem.

Pozas do Mallón
Pozas do Mallón

Alguns dos motivos para visitar o Gerês são os seus rios, lagoas e cascatas. E um dos mais belos rios do Gerês é o rio Castro Laboreiro. O Castro Laboreiro, ou simplesmente Laboreiro, é um rio de Portugal, que nasce no planalto de Castro Laboreiro, na vertente oeste da Serra do Laboreiro, a cerca a 3 km a Leste da Branda de Portos.

Pozas do Mallón
Pozas do Mallón (Foto: Manuel Cascalheira)

No seu percurso inicial também é designado pelo nome local, ‘Corga do Gafo’. Ao inflectir para sul, marca os limites entre as serras da Peneda e do Laboreiro.

No seu troço final, de cerca de 14 km, marca a fronteira entre Portugal e Espanha desaguando no rio Lima, junto à povoação do Lindoso.

Pozas do Mallón
Pozas do Mallón

As Pozas do Mallón são 4 poços bem fundos com 4 belas quedas de água no Rio Castro Laboreiro, mais ou menos entre a Mistura das Águas (ponto em que o Rio Peneda se encontra com o Laboreiro) e Ribeiro de Baixo. A rota tem início quando a estrada que liga Olelas à Mistura das Águas termina.

Pozas do Mallón
Pozas do Mallón

Decorre sempre do lado direito do Rio Laboreiro, no lado espanhol do Parque Nacional Peneda Gerês. São cerca de 3km de ida e volta e existe a possibilidade de ser circular em algumas partes, mas essas opções andam sempre muito próximas do caminho “original”.

Pozas do Mallón
Pozas do Mallón

A Rota, apesar de ter algumas mariolas, não é marcada. Os poços não são tão acessíveis quanto pareciam nas fotografias e só é possível chegar até eles abandonando o caminho que liga Ribeiro de Baixo a Olelas rumo ao rio, ou então descer o rio desde Ribeiro de Baixo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here