Início Sociedade Portugal tem falta de pessoas nestas 12 profissões

Portugal tem falta de pessoas nestas 12 profissões

É sempre útil saber e pode ser muito bom para planear o seu futuro: Portugal tem falta de pessoas nestas 12 profissões.

44838
2
COMPARTILHE

Portugal tem falta de pessoas nestas 12 profissões

Entre as alterações demográficas e o desenvolvimento tecnológico, o World Economic Forum estima que até 2020 desapareçam 5 milhões de postos de trabalho. O relatório lançado em 2016, “The Future of Jobs”, traça um cenário assustador e coloca os até então empregos mais seguros, como administrativos, entre os mais afectados.

No entanto, e apesar das previsões pessimistas quanto às alterações no mercado de trabalho nos próximos anos, o relatório aponta para a criação de 2 milhões de empregos. Mas apenas em determinas áreas, essenciais ao desenvolvimento económico de organizações e empresas.

No conjunto das profissões enumeradas no relatório e para as quais se espera um aumento da procura de profissionais, enquadram-se as engenharias, a informática e a matemática. Mas também ciências menos exactas como as vendas e o design.

Um questionário realizado, recentemente, junto de 47 empresas, membros do BCSD – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável, identificou as cinco competências mais escassas em Portugal. São elas engenharia tecnológica; comercial, marketing e comunicação de informação; ciências económicas; operações e logística e automação.

Dentro destas competências, o BCSD apontou, no seu site oficial, os exemplos das profissões que precisam de quadros qualificados.

Engenharia tecnológica

1. Técnicos de Redes.

2. Programadores.

3. Analistas de Sistemas.

Comercial, marketing e comunicação de informação

4. Técnicos de CRM/ Marketing Relacional.

5. E-commerce.

Ciências económicas

6. Gestores de Risco.

7. Controllers de Gestão.

Operações e logística

8. Técnicos de Operação Logística.

9. Responsáveis de Entreposto Logístico.

Automação

10. Técnicos de Robótica.

11. Programadores CNC (máquinas robotizadas)

12. Programadores de Automação.

Consulte também uma lista de cursos profissionais com mais saída.

A tendência é que as profissões sejam cada vez mais transversais e fragmentadas, ou seja, que abranjam diversas áreas. Além disso, haverá a necessidade de profissionais cada vez mais especializados.

A seguir, conheça a lista com as 10 carreiras mais promissoras para o futuro, segundo Sparks and Honey, e veja se alguma combina consigo:

1. Consultores de produtividade

Especialistas em tecnologias e soluções capazes de melhorar o desempenho das empresas e dos seus colaboradores.

2. Curadores digitais

Fazem uma selecção de conteúdos e ferramentas digitais, escolhidos de acordo com a carreira ou a personalidade do cliente.

3. Gestores de morte digital

Cuidam do conteúdo online de utilizadores falecidos.

4. Disruptores corporativos

São responsáveis por estimular as empresas a abandonarem as suas hierarquias engessadas e passarem a actuar num ambiente mais flexível, como o de novas empresas e startups.

5. Tutores de curiosidade

É uma espécie de coach da criatividade, que é contratado para levar ao seu cliente conteúdos que estimulem a sua curiosidade.

6. Alternative Currency Speculators

Especialista em investimentos e moedas digitais, como a bitcoin.

7. Especialista em Crowdfunding

Trabalha com a plataforma online Crowdfunding, utilizada para captar e oferecer investimentos a projectos de empreendedorismo, causas sociais e outras iniciativas.

8. Operadores de drones

Será contratado para pilotar as pequenas naves, principalmente em áreas urbanas.

9. Consultores de privacidade

Profissional capaz de avaliar riscos online ou físicos e orientar o seu cliente com base nessas análises.

10. Coaches de Skype

Espécie de coach pessoal contratado para preparar o cliente para entrevistas ou reuniões através da plataforma Skype, indicando a melhor forma de se portar em frente às câmaras durante a conferência.

Mais artigos

Os piores comentários dos turistas sobre Portugal

  Portugal está na moda. Os turistas invadiram as nossas cidades e estão por todo o lado. Mas será que saem de Portugal sempre satisfeitos?...

Mais recentes

REDES SOCIAIS

161,233FãsCurtir
260SeguidoresSeguir
704SeguidoresSeguir

2 COMENTÁRIOS

  1. Quanto às profissões de informática, Portugal não tem falta de pessoas para preencher as vagas existentes, os salários é que são uma miséria e as pessoas não estão dispostas a trabalhar por amendoins.

  2. Sobre a área de informática – Contractos miseráveis feitos por empresas precárias – PME´s; Salários miseráveis para Engº. e Técnicos que desmotivam o empreendorismo do colaborador. Empresas que visam somente o objectivo de montar a máquina e depois tratam o mesmo colaborador como um mero nº dispensável. Nas grandes (poucas) empresas o incentivo e efectivo desenvolvimento de carreira é uma miragem nunca alcançada! O mesmo acontece com Operações e Logística.As empresas de distribuição lideram este mercado. Mas há outros ! A entrevista é sedutora e tudo é aliciante. na prática tudo fica diferente. Por ultimo seria importante para os potênciais interessados saber quais as empresas no mercado Português que procuram esta mão de obra especializada no sentido dos candidatos saberem das condições propostas para enquadramento nessas empresas. Assim como está anunciado chama-se tiros para o ar !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here