Início História Portugal já sabia da existência do Brasil antes de 1500

Portugal já sabia da existência do Brasil antes de 1500

Actualmente, questiona-se o caso da descoberta do Brasil. No entanto, o que se coloca em dúvida é a rota de Cabral: será que o desvio da direcção que ele, juntamente com sua esquadra, foi mesmo motivado pelas correntes de vento ou já existia uma intenção para essa mudança de rumo? Tudo indica que os portugueses já sabiam da existência do Brasil, antes de Cabral passar chegar lá. Muito provavelmente, o Brasil não foi descoberto em 22 de abril de 1500, e sim, tomado posse.

18
Brasil
Brasil

Actualmente, questiona-se o caso da descoberta do Brasil. No entanto, o que se coloca em dúvida é a rota de Cabral: será que o desvio da direcção que ele, juntamente com sua esquadra, foi mesmo motivado pelas correntes de vento ou já existia uma intenção para essa mudança de rumo? Tudo indica que os portugueses já sabiam da existência do Brasil, antes de Cabral passar chegar lá. Muito provavelmente, o Brasil não foi descoberto em 22 de Abril de 1500, e sim, tomado posse. Vejamos alguns indícios.

Mapa de Cantino
Mapa de Cantino

Vasco da Gama, após a sua gloriosa ida às Índias, voltou para Portugal em julho de 1499. Melhor do que as especiarias que ele trouxe na mala foi o fato de que ficou comprovado na prática que, assim como na Índia, novas terras poderiam ser alcançadas pelo mar.

seja, o planeta terra poderia transformar-se em um imenso comércio (será que já havia indícios de globalização nesta época!?). E Portugal era um dos poucos países europeus com saída para o Atlântico. Antes mesmo de seu retorno, diz a história que Vasco da Gama já havia registrado em seu diário de bordo, algo em torno de 1497, que existiam terras americanas, comunicando o rei de Portugal, D. Manuel, assim que retornou à Portugal.

Partida de Vasco da Gama para a Índia
Partida de Vasco da Gama para a Índia

Cristóvão Colombo, ao descobrir a América em 1492, sugeriu em seus manuscritos, a existência de outras terras ao sul da República Dominicana. Alguns anos antes de Cabral achegar ao Brasil, mais precisamente em 1494, Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Tordesilhas.

Naquela época os navegadores espanhóis e portugueses eram considerados os melhores do mundo e a briga entre eles pela posse das novas terras estava se acirrando.

Chegada de Colombo à América
Chegada de Colombo à América

Através do Tratado foi traçada uma linha imaginária que passava a 370 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde (colônia de Portugal), dividindo o mundo em duas partes iguais. As terras descobertas do lado esquerdo (oeste) seriam da Espanha, enquanto que as terras descobertas do lado direito (leste) seriam de Portugal.

E o Brasil, bem o Brasil (e o seu imenso litoral) ficava coincidentemente no lado dos portugueses. Sendo assim, as terras já estavam no mapa e pertenciam à Portugal. Bastava então estudar as correntezas, as rotas e as condições climáticas, para que fosse possível encontrar as tais terras e … tomar posse, garantindo o domínio de Portugal.

Tratado de Tordesilhas
Tratado de Tordesilhas

Tudo indica que o primeiro português a pisar em solo brasileiro, não foi Cabral, e sim Duarte Coelho, pessoa de extrema confiança do rei D. Manuel e considerado um génio em navegação e astronomia, naquela época. Coelho descobriu o Brasil no final de 1498, a mando do rei.

O grande problema foi que Duarte Coelho acabou desembarcando entre o Maranhão e o Pará, em terras pertencentes à Espanha, de acordo com o Tratado de Tordesilhas firmado em 1494. Dessa maneira, quando retornou a Portugal, o rei pediu que a missão ficasse em sigilo e que, enquanto isso, fosse preparada uma nova missão que deveria alcançar o Brasil em outro ponto, em terra pertencente à Portugal.

Naquela época havia uma cláusula no Tratado de Tordesilhas que obrigava Portugal e Espanha a comunicarem ao outro a descoberta de terras alheias. D. Manuel preferiu ficar quieto e não dar munição ao seu concorrente.

vazdecaminha

A carta escrita por Pero Vaz de Caminha é uma verdadeira certidão de nascimento do Brasil. Nenhum outro país foi descrito com tantos detalhes no momento de seu descobrimento. Mas, não se divulga o porquê, Caminha escreveu sobre cada detalhe do Brasil, muito provavelmente para dizer sim, nós estivemos aqui e o Brasil é nosso.

18 COMENTÁRIOS

  1. De um trabalho que fiz recentemente e depois de uma presquiza aturada, cheguei a essa conclusão. Uma nota importante é que sabia-se da sua existência antes de dobrarem o Cabo da Boa Esperança.

  2. […] Entre as curiosidades que permeiam a história da vila está o facto de que o descobridor do Brasil … A comunidade de Belmonte abriga um importante facto da história judaica sefardita, relacionado com a resistência dos judeus à intolerância religiosa na Península Ibérica. […]

  3. Eu concordo que não foi uma corrente de ventos que mudou o rumo das caravelas. E também sei que não foram os portugueses que descobriram o Brasil, embora a história seja contada e registrada assim.
    O fato é que quem escreveu deixou de colocar que índios habitavam as terras brasileiras.
    Querem maior esclarecimento que este?
    A diferença estava nas possibilidades financeiras.

  4. […] Entre as curiosidades que permeiam a história da vila está o facto de que o descobridor do Brasil … A comunidade de Belmonte abriga um importante facto da história judaica sefardita, relacionado com a resistência dos judeus à intolerância religiosa na Península Ibérica. No século XVI, aquando da expulsão dos mouros da Península Ibérica, e da reconquista das terras espanholas e portuguesas pelos Reis católicos e por D. Manuel, foi instaurada uma lei que obrigava os judeus portugueses converterem-se ou a deixarem o país. Muitos deles acabaram abandonando Portugal, por medo de represálias da Inquisição. […]

  5. Maria da Luz como sabe que nao foram os portugueses que descobriram o Brasil? foi um passarinho que lhe deu anoticia?

  6. Maria da Luz como sabe com tanta certeza que os portugueses nao descobriram o Brasil? foi um passarinho que lhe deu a noticia?

  7. Os portugueses descobriram as terras onde várias tribos indígenas locais habitam à séculos.
    Eles tentaram escravizar essas tribos, como fizeram na África, mas não foram bem sucedidos.
    Ou seja, é a mesma coisa que um Cabral ter visitado a França e dizer que quem descobriu a França foram os Portugueses, só porque eles disseram primeiro.
    Essa afirmação que fulano descobriu tal lugar é muito idiota.
    Uma afirmação melhor poderia ser: PARA O MUNDO EUROPEU, ou PARA A IGREJA CATÓLICA, quem descobriu o Brasil foi Pedro Alves Cabral em 22 de abril de 1500.
    Imaginem um ET chegando aqui e dizendo, olha, foi eu que descobri o Planeta terra.
    Talvez até os Vikings tenham ido ao Brasil primeiro que os portugueses. Assim como existem provas de que eles estiveram no Canadá muito antes de Colombo.
    Como ainda existem pessoas mal informadas nesse mundo!

    • Então já existia um lugar chamado brasil em 1500? Os índios, membros de 300 ou mais culturas que falavam línguas diferentes e que não se comunicavam entre si por estarem a milhares de quilômetros de distância, eram brasileiros e já conheciam cartografia e faziam mapas do país com as fronteiras com os países que ainda não existiam, Uruguai, Paraguai, Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela e Guianas? Você tem merda na cabeça e não entende nada de história e de lógica?

      • Marco: Brasil é um nome atual, a mesma área que compreende o Brasil, chamava-se Pindorama. Viviam mais de 6 milhões de indígenas. A língua era o Tupi, e praticamente todas as línguas de várias tribos era do tronco linguístico Tupi. Havia nações, culturas, línguas, métodos de vivência que também eram usadas na Europa.
        Os indígenas sabiam sim, de suas terras. Sabiam de suas matas, sabiam ir e voltar. Tinham noções geográficas muito precisas. Além de saber de sua geografia, sabiam todos os nomes de plantas, árvores, e animais. Eram/são povos super inteligentes.

        Agora me responda: por quê não falam também que descobriram o Chile, que descobriam a Argentina, o México, o Canadá, os Estados Unidos da América, o Uruguai, a Venezuela, a Colômbia etc. Por quê somente tratam o Brasil como “Descoberto”?

        Superioridade portuguesa dizer uma coisa tão anacrônica assim.
        Vai contra os termos etimológicos de “DESCOBRIR’.

        Descobrir algo que não era virgem, que era habitada, que havia nações, línguas, culturas, parece muito loucura dizer que foi uma Descoberta.
        Isso foi mais um ato de CONQUISTA/INVASÃO.

        Os que verdadeiramente descobriram as terras na América, foram os nômades que na América chegaram, há mais de 12 mil anos.

        Agora, como Portugal “DESCOBRIU!” uma terra que era habitada por povos há mais de 12 mil anos?

        Eles podem falar/usar o termo desta maneira: Para os Europeus, o primeiro a ‘descobrir’ onde hoje é o Brasil, foram os portugueses.
        Mas de maneira global, nunca foram os portugueses a descobrirem estas terras, e sim, os nômades que lá chegaram 12 mil anos atrás, e que ali se fixaram e criaram nações.

        Outra coisa: Já ouvir falar também que descobriram o México? Sendo que no México haviam impérios de milênios, como Incas, Astecas e Maias os três mais antigos da América.
        Estes povos são os que habitavam primeiro. E tinham noções até de construções, pois construíam grandes e preciosas Pirâmides, antes mesmo de Europeus chegarem na América.

        Você quem precisa entender melhor de História.

    • Só que aì França já era França enquanto o Brasil ainda não tinha nome e não tinha ainda qualquer cultura. E para além disso tudo o que existe mas não têm qualquer registo não pertence a ninguém certo!

  8. A chegada de Cabral, no Brasil, em 1500, não foi mero acaso! Portugal sabia já, anos antes, de sua localização. Foi sim, um acaso mesmo! Na exploração da costa Africana, na tentativa de chegar na Índia, dobrando o Cabo da Esperança ( África do Sul ), na confluência do Oceano Atlântico e Índico, uma nau Portuguesa, foi lançada fora da rota. Comandava essa nau, João Gonçalves Cabrillo, natural de Montalegre. Andou à deriva no Atlântico, indo acostar na região da Bahía! Chegado a Portugal, com a notícia, lhe valeu ficar preso na Corte Portuguesa, bem como a restante tripulação, que restava desse ” achamento “! Havia assim, que alterar o Tratado existente, entre Portugal e Castela, com o aval da Santa Sé. Nasceu assim, o Tratado de Tordesilhas! Ainda hoje, a Espanha sente, ter sido enganada.
    Depois de assinado o Tratado, em 1494, anunciada a ” descoberta ” em 1500 por Cabral, foi libertado João Gonçalves Cabrillo, tendo ido oferecer ao Rei de Castela, seus serviços.
    Ainda hoje, embora em ruínas, se pode ver em Montalegre, a casa onde nasceu, bem como no largo principal de Montalegre, sua estátua, SEM QUALQUER REFERÊNCIA, ao ACHAMENTO DO BRASIL…

  9. uma curiosidade, Portugal ja tinha noção que existiam terras para tomar posse . ja existiam mapas fazendo referencia ao Brasil com o nome de Pindorama” terras das Palmeiras” quando eles foram assinar o tratado de tordesilhas, já sabiam oque queriam, ou seja alguem já tinha vindo por aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here