Início Sociedade Petróleo, ouro, prata… as riquezas incalculáveis do mar português

Petróleo, ouro, prata… as riquezas incalculáveis do mar português

Petróleo, ouro, prata, produtos medicinais que podem curar cancro e HIV podem ser encontrados na nossa ZEE. Descubra as riquezas do mar português.

18114
0

 

Com a maior zona económica exclusiva marítima da Europa, Portugal luta agora pelo alargamento da sua plataforma continental. A proposta foi apresentada na semana passada e, se for aprovada, o País ficará com a jurisdição de uma área com fortes indícios da existência de petróleo e de gás natural e onde se escondem metais preciosos e microorganismos utilizados na produção de cosméticos e de fármacos para o tratamento do cancro ou para o combate ao HIV. Aproxima-se “uma nova era das descobertas”, mas é preciso que Portugal saiba aproveitar as oportunidades.

Praia da Marinha
Praia da Marinha

A náutica e o turismo de recreio, a construção e reparação naval, a energia, a aquicultura e a biotecnologia são outras das áreas consideradas estratégicas para o hipercluster do mar no estudo feito pela equipa de Hernâni Lopes. Há depois todo um mar de oportunidades que se esconde no fundo do oceano, cujo verdadeiro valor está ainda por descobrir.

723212

Daí a importância da aprovação da proposta que Portugal apresentou, na semana passada, na sede da ONU para a extensão da plataforma continental. A resposta só deverá chegar dentro de cinco ou oito anos, mas se a ONU der luz verde à pretensão, a zona económica exclusiva portuguesa passará de 200 para 350 milhas.

pump jack oil field

“Portugal ficaria com direito exclusivo de explorar os recursos naturais vivos e não vivos existentes nesse território”, explica o líder da EMEPC. Ainda não há provas suficientes, mas as pesquisas efectuadas já permitiram identificar no subsolo do Atlântico que Portugal quer acrescentar à sua jurisdição depósitos passíveis de conter hidrocarbonetos como petróleo e gás natural, revela Manuel Pinto de Abreu.

petrol_1b

O petróleo será certamente o produto mais apetecível, mas o oceanógrafo destaca a importância dos recursos ligados às fontes hidrotermais, onde se inserem microorganismos que podem ser usados nas indústrias alimentar, cosmética e farmacêutica.

2011519102455188

Manuel Pinto de Abreu dá o exemplo do Zovirax, um produto usado no tratamento do herpes labial, feito a partir de uma substância retirada de uma esponja marinha, que rende anualmente “muitas dezenas de milhões de euros”. O especialista sublinha ainda que alguns medicamentos usados no combate ao HIV ou anticancerígenos têm origem marinha. “A biotecnologia marinha tem um impacto social tão grande como o petróleo, mas acredito que o seu valor económico será superior”, afirma.

volcano111

Embora não haja respostas para as dúvidas relativas à eventual existência de petróleo no mar português, os cientistas têm apontado perspectivas bastante promissoras em algumas bacias oceânicas da nossa plataforma continental alargada. Além disso, o mar profundo também é muito rico em metais valiosos, como ouro, prata, cobre, zinco, titânio, cobalto, níquel e manganês, cuja exploração pode ser altamente rentável.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here