Início História Passarola de Gusmão: o primeiro homem do mundo a voar foi um...

Passarola de Gusmão: o primeiro homem do mundo a voar foi um padre português

O primeiro homem do mundo a voar era um português nascido no Brasil. Descubra a fantástica história da Passarola de Gusmão, o padre voador.

5809
1
COMPARTILHE
Passarola de Gusmão
Passarola de Gusmão

 

A primeira aeronave conhecida no mundo a efectuar um voo foi baptizada com o nome de Passarola, 74 anos antes do famoso balão dos Montgolfier. As sua características técnicas não são totalmente conhecidas hoje, mas, sabemos que terá voado no ano de 1709 e que, foi seu inventor o padre e cientista português Bartolomeu de Gusmão.

Passarola

Padre jesuíta, Bartolomeu Lourenço de Gusmão nasceu em Santos, SP, em 1685. Com apenas 20 anos de idade inventou um aparelho que fazia subir a água de um ribeiro até uma altura de cerca de 100 metros. Após os estudos secundários, embarcou para a metrópole portuguesa e matriculou-se na Universidade de Coimbra, onde desenvolveu os seus estudos de Física e Matemática. Consta que ao observar uma pequena bola de sabão pairando no ar, elevada pelo ar quente da chama de uma vela, Bartolomeu de Gusmão inspirou-se para conceber um aparelho mais leve que o ar.

invenções portuguesas
Passarola de Gusmão

Na sequência dos seus estudos sobre aeroestação, em 1708 , o padre Gusmão faz uma petição ao rei D. João V, para aquilo que designou como “instrumento de andar pelo ar”. Com o assentimento do rei e concedido também um financiamento é, então, na Quinta do Duque de Aveiro, em S. Sebastião da Pedreira, (Lisboa), que o cientista se dedica a tempo inteiro ao seu projecto.

Passarola de Gusmão
Passarola de Gusmão

Em 8 de Agosto de 1709, perante uma ilustre assistência, Rei, Rainha, Núncio Apostólico, membros do Corpo Diplomático e toda a Corte Portuguesa, na Sala dos Embaixadores da Casa da Índia, Bartolomeu de Gusmão fez subir até ao tecto da sala um balão aquecido com ar. Segue-se então o desenvolvimento da versão maior, já tripulada e baptizada com o nome por que ficou conhecida, “Passarola”.

Passarola

O enorme balão, possivelmente levando dentro o seu inventor, foi lançado da Praça de Armas do Castelo de S. Jorge, em Lisboa e voou cerca de 1 Km, vindo a poisar no Terreiro do Paço. Bartolomeu de Gusmão torna-se assim um dos mais importantes pioneiros da aeronáutica mundial sendo mesmo chamado “O Padre Voador”. Apesar das honras acumuladas, acabou por ter que partir para Espanha, em fuga da Inquisição, em 1724. Morreu em Toledo nesse mesmo ano.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here