Início Viagens Os 3 melhores destinos de surf em Portugal

Os 3 melhores destinos de surf em Portugal

Num país com tantos quilómetros de praia, não faltam locais para apanhar umas boas ondas. Estes são os 3 melhores destinos de surf em Portugal.

1
surf portugal
Surf em Portugal

Um país cuja geografia o abençoou com milhares de quilómetros de belas praias banhadas pelo Atlântico, boas gentes, locais pacíficos onde a vida pode efetivamente ser desfrutada em todo o seu esplendor continua a ter segredos que, ocasionalmente, se tornam menos bem guardados.

Um desses segredos é a prática de surf, desporto cada vez mais em voga, praticado por gerações distintas e que habitualmente necessita apenas de ser testado uma primeira vez para entrar no coração dos seus praticantes.

De facto, o surf tem gozado de tremenda popularidade em Portugal, movendo economias locais e atraindo turistas um pouco por todo o mundo, ansiosos por testar as ondas portuguesas.

Com esta excelente desculpa, nacionais e estrangeiros passam alguns dias de merecidas férias num alojamento de qualidade onde podem descansar pacificamente antes de se aventurarem em mais um dia de surf. Resta a questão pertinente. Quais os três melhores destinos de surf em Portugal?

Ericeira

Situada no Oeste de Portugal, a Ericeira nem sempre é a praia idílica para banhistas. Com a sua belíssima costa plena de rochedo, encontram-se aqui bastantes pontos de reef break, onde o fundo do mar é preenchido por rochas e não por areia. As suas ondas são épicas e sobejamente surfadas por praticantes de todos os níveis.

Peniche

Palco do Campeonato Mundial de Surf em anos mais recentes, Peniche tem-se assumido como a verdadeira Meca do surf nacional.

Quer opte pelas ondas internacionais de Supertubos ou pela Baía do Baleal, a sua geografia singular permite a prática do surf mesmo quando as condições parecem menos propícias. De facto, Peniche beneficia de várias abordagens possíveis à modalidade e também de ondas para todos os níveis.

Guincho, Cascais

Sempre muito solicitado, o Guincho oferece um beach break (fundo de areal) exposto, com ondas consistentes que facilitam a prática da modalidade durante todo o ano.

Beneficia pela sua proximidade da capital, Lisboa, junto à belíssima vila de Cascais. É bastante procurado por locais e estrangeiros que desejam conhecer melhor o que tem para oferecer.

Em dias flat (sem ondas), é um local perfeito para aproveitar uma esplanada e sonhar com dias de ondas melhores.

Definir uma única localização para a prática de surf em Portugal seria sempre minimizar o potencial do país para uma prática que tem vindo a crescer e a definir muitas antigas comunidades piscatórias.

Em muitos casos, esta modalidade veio providenciar um verdadeiro boom económico a vários níveis, que incluem a restauração, alojamento, comércio e escolas de surf locais. Se por um lado este facto é visto com bons olhos por alguns locais e investidores diversos, é impossível não chocar com aqueles que defendem a preservação de alguns destes verdadeiros tesouros naturais.

Seguramente que o surf continuará a ter um papel relevante e crescente como produto turístico nacional, com muitas outras localidades que por agora vão escapando ao radar a serem seguramente incluídas. Resta ter esperança que algum equilíbrio e boa gestão destes locais possa ser feita para preservar algumas das suas melhores características.

1 COMENTÁRIO

  1. Peniche e Ericeira no Oeste de Portugal. E a Nazaré com o campeonato de ondas gigantes.
    A Região Oeste portuguesa é uma meca do surf mundial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here