Início Viagens Os 25 melhores locais para visitar em Itália

Os 25 melhores locais para visitar em Itália

É um dos países mais bonitos do mundo e também um dos mais visitas pelos turistas. Estes são os melhores locais para visitar na Itália.

0

6. Pisa

A belíssima Pisa é uma cidade lendária e uma das mais famosas de Itália. É fantástica para se hospedar e oferece muito mais locais do que apenas a célebre Torre inclinada. Situada na costa oeste de Itália, Pisa fica a apenas 20 minutos do Mar da Ligúria. Com uma população de apenas 91.000 habitantes, é uma das menores cidades da região da Toscana, mas historicamente tem sido uma das mais importantes e influentes.

Para aqueles que desejam visitar Pisa, esta cidade tem uma extraordinária variedade de edifícios históricos e possui mais de 20 igrejas plenas de história. Além disso, Pisa tem museus de classe mundial e esplendorosas paisagens ao longo das margens do rio Arno. Esta bela cidade merece muito mais do que apenas uma visita fugaz e serve como uma excelente base para quem ambiciona explorar a região da Toscana.

 

7. Génova

Capital Europeia da Cultura em 2004, Génova é uma vasta cidade que fica no Golfo de Génova, no Mar da Ligúria, na região noroeste de Itália. Com uma população central actual de 588.000 habitante, trata-se da sexta maior cidade italiana, sendo, de igual modo, um dos centros económicos mais importantes. Um marco da cidade é o seu imenso porto e estaleiros que se encontram em actividade desde o século XIX. O seu porto natural era usado tanto pelos romanos como pelos etruscos.

Génova tinha uma estreita associação com o Sacro Império Romano e era conhecida pelo seu feroz conjunto de marinheiros e guerreiros durante a Idade Média. Na actualidade, Génova tem fantásticos palácios, praças acolhedoras e esplendorosas igrejas; oferece uma variedade de atracções turísticas de primeira classe e belas oportunidades para fazer compras e refeições requintadas.

 

8. Siena

Siena é um destino absolutamente fantástico na parte sul da Toscana e o seu centro foi designado como um Património Mundial da UNESCO. Dentro do centro histórico você pode encontrar prédios magníficos como a opulenta Catedral de Siena, o vivamente colorido Palazzo Pubblico, a imensa Basílica de San Domenico e o Palazzo Salimbeni.

Siena
Siena

Além disso, a Piazza del Campo é possivelmente uma das praças mais impressionantes da Toscana e transporta-o de volta a uma era passada onde se pode sentir como fazendo parte do Renascimento. Além da arquitectura de tirar o fôlego, a cidade está repleta de museus e as suas ruas estreitas de paralelepípedos são simplesmente perfeitas para caminhar a passos lentos.

 

9. Pacentro

Pacentro é um a pequena cidade com 1279 habitantes da província de L’Aquila, em Abruzzo, Itália. É uma bem preservada vila medieval e histórica histórica, situada na parte central da Itália, cerca de 170 km a leste de Roma. Pacentro está situada num planalto composto por pequenas colinas com 650 metros acima do nível do mar, aos pés da Cordilheira dos Apeninos. O castelo fica no alto de uma colina (Colle Castello) numa extremidade da cidade e na outra colina (Colle San Marco) é onde fica antiga Igreja de San Marco.

Pacentro
Pacentro

Pacentro faz parte do Parque Nacional Majella (Parco Nazionale della Majella) e é conhecida pelas suas nascentes de água e fresca da montanha que vem da neve do Majella. A parte mais antiga da cidade é a área nas imediações do Castelo. A cidade expandiu-se para a área da Piazza del Popolo. As muralhas medievais da cidade terminaram no que é hoje a Piazza Umberto I ou historicamente conhecida como Piazza Jaringhi. A ligação das duas praças principais é a Via S. Maria Maggiore (também conhecido como Vico Dritto), um caminho recto e estreito, apenas para o tráfego de pedestres. A cidade possui ainda inúmeros palácios das famílias nobres locais.

 

10. Pienza

No topo de uma colina, Pienza é um dos vilarejos mais encantadores da Toscana com um magnifico panorama que se abre para os verdes campos do Val d’Orcia com estreitas estradas, ciprestres e campos cultivados. Considerada Património Cultural pela UNESCO, pelas ruas de Pienza muitos artistas tentam reproduzir os belos recantos da cidade renascentista. Toda a cidade gira em torno da Praça Pio II circundada pela Catedral da Assunta e pelos mais importantes palácios da cidade. Chamada anteriormente de Corsignano, a cidade teve seu nome mudado para Pienza depois que Aeneas Silvius Piccolomini foi eleito como Papa Pio II em 1458.

Pienza
Pienza

Nascido em Pienza, o sumo pontífice tinha o sonho de transformar a sua cidade natal em cidade modelo, por isso mandou reconstruir a catedral, a prefeitura e uma residência papal. O centro de Pienza foi completamente redesenhado pelo Papa Pio II em estilo renascentista. Embora muitos de seus projectos jamais tenham sido realizados, Pienza faz parte do chamado Parque artístico, natural e cultural do Vale D’Orcia, que tem por objectivo preservar o extraordinário património de Pienza e de seu entorno: Castiglion d’Orcia, Montalcino, San Quirico d’Orcia e Radicofani.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here