Início Viagens Os 15 melhores locais para visitar em Espanha

Os 15 melhores locais para visitar em Espanha

É um dos países mais visitados do mundo e tem de tudo para oferecer: cultura, monumentos e praias. Estes são os melhores locais para visitar em Espanha.

38566
0

11. Vigo

Conta Júlio Verne que o segredo melhor guardado do Capitão Nemo está em Vigo. Sabia que era aqui que o navio Nautilus vinha para se abastecer de ouro? Na ria de Vigo há dúzias de galeões afundados carregados de ouro das Américas. Tesouros que ainda não viram a luz. Mas também há tesouros ao alcance de todos. Como passear pelo Centro Histórico e provar umas ostras n’A Pedra. Ou um dia de praia em Samil. Ou o Parque de Castrelos, com o seu paço e jardins. Ou uma excursão de barco ao paraíso das ilhas Cíes. Ou passear por ruas repletas de elegantes camélias. Ou subir ao Castro para ver um impressionante pôr-do-sol. E para os que se sentem jovens, a lendária noite viguesa… Aberta até ao amanhecer. Isto é Vigo, a maior cidade da Galiza. Uma cidade moderna e empreendedora, aberta ao mundo.

Vigo
Vigo

O visitante de Vigo tem uma oportunidade única de encontro com a natureza virgem: a de conhecer as Ilhas Cíes. São três ilhas situadas na entrada da Ria de Vigo e fazem parte do Parque Nacional Marítimo Terrestre das Ilhas Atlânticas da Galiza. Têm um parque de campismo e transporte regular na época alta que transporta os turistas até ao arquipélago, com várias viagens ao longo do dia, embora devamos ter presente que há uma limitação de visitantes por dia, para reservar com tempo a travessia. Sítio ideal para gozar de um ambiente natural em praias paradisíacas. Grande riqueza paisagística, de fauna (em especial aves marinas) e flora.

 

12. Granada

Granada é uma jóia da coroa andaluza com uma história interessante e vistas absolutamente deslumbrantes. Nomeada Granada pelos árabes quando foi invadida no século VIII, esta cidade foi um reduto da Espanha islâmica e tornou-se a última cidade a ser recuperada pelas forças cristãs em 1492. Graças à sua rica herança moura, a arquitectura da cidade é um local maravilhoso de visitar e tem sido informalmente, embora legitimamente, apelidada de “Terra dos Mil Castelos”.

Granada
Granada

Passeie pelas ruas estreitas e sinuosas de Albayzin para uma aventura no centro da cidade ou caminhe pelo bairro de Realejo e os seus muitos jardins. Uma das peregrinações absolutamente essenciais para qualquer visitante a Granada é uma viagem ao Alhambra. No Alhambra, a cultura mourisca está bem viva sente-se o seu antigo espírito que reside dentro dos salões deste monumento histórico.

 

13. Bilbau

Repleta de uma exuberante herança de cultura e arte, Bilbau é a porta de entrada da Espanha para o universo cultural basco e é um destino de férias perfeito para famílias, casais ou viajantes individuais. A capital de facto do País Basco, Bilbau é uma cidade portuária industrial no norte da Espanha e um exemplo brilhante de transformação urbana. Embora possa não ter a mesma beleza arquitectónica de outras cidades espanholas, Bilbau oferece uma perspectiva diferente sobre a arte espanhola.

Bilbau
Bilbau

Um dos locais imperdíveis da cidade é o famoso Museu Guggenheim de Bilbau, que foi projectado por Frank Gehry e inaugurado em 1997. Delicie-se com as obras de arte modernas e contemporâneas num atraente edifício de titânio que  chama a atenção graças ao seu inovador design. Além de ser um importante centro europeu de cultura e arte, Bilbau é sobretudo uma boa amostra da cultura trabalhadora e da arte de bem receber do povo basco. Um destino obrigatório no norte de Espanha.

 

14. Pamplona

A sua localização aos pés dos montes Pirenéus e o facto de ser uma das primeiras etapas do Caminho de Santiago, fizeram com que várias tendências arquitectónicas chegassem antes em Pamplona do que em outras cidades espanholas. Grande parte do centro histórico está muito bem preservado e data da Idade Média. A parte mais antiga da cidade, La Navarrería, está localizado onde um dia foi a cidade romana de Pompaelo. Milhares de anos depois este bairro antigo é o coração e a alma da Pamplona moderna, com muitos parques, praças, bares de pintxos (tapas em basco) e a maravilhosa catedral gótica da cidade.

Pamplona
Pamplona

Pamplona, conhecida com uma das cidades mais “verdes” da Europa, possui uma enorme quantidade de parques e jardins espalhados pela cidade. é um dos fatores de contribuem para que os habitantes desta pequena cidade tenha uma alta qualidade de vida. A cultura taurina vai de vento em popa em Pamplona e prova disso é sua anual Corrida de Touros. Esta festa local ganhou notoriedade internacional com a publicação da novela O sol também de lavanta do escritor Ernest Hemingway. Hoje este evento está mais popular do que nunca, com milhares de pessoas de todo o mundo que vão para a cidade todos os anos para comer, beber, se divertir e ver a corrida pelas estreitas ruas de Pamplona.

 

15. Saragoça

A meio caminho entre Madrid e Barcelona, Saragoça é a capital da comunidade autónoma de Aragão e uma das principais cidades espanholas. Localizada num vale, no sopé dos Pirenéus e nas margens do rio Ebro, a cidade faz a sesta nos dias quentes e desperta para as noites frescas. Com 2 mil anos de história, Saragoça possui um importante legado histórico, do qual se destaca o complexo mourisco que integra a lista de Património Mundial da Humanidade da UNESCO. A gastronomia e a animação nocturna são duas outras boas razões para visitar esta cidade espanhola.

Saragoça
Saragoça

À semelhança do que aconteceu em Lisboa com a Expo 98, a Exposição Mundial de 2008 em Saragoça foi uma oportunidade para a cidade lavar a cara e criar a Saragoça moderna. As várias infraestruturas construídas para a exposição são hoje atracções turísticas. Destacam-se a ponte pedonal Pasarela Monterola, o Aquário e diversos edifícios como o Pavilhão Poente ou a Torre de Água. Na Saragoça antiga, também não são poucos os monumentos de interesse, a começar pela Basílica do Pilar, o maior templo barroco de Espanha, construído entre os séculos XVII e XVIII, e a Catedral de São Salvador, que alberga um museu de tapeçarias medievais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here