Início Cultura Os 15 erros mais comuns da Língua Portuguesa

Os 15 erros mais comuns da Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa é tão complexa que nos leva a cometer erros de português todos os dias. Estes são alguns dos mais frequentes.

92093
6
Língua Portuguesa
Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa é riquíssima no seu vocabulário, nos seus sons e nos seus sotaques. É considerada como sendo um dos mais belos idiomas do mundo para ser usado em poesia ou em música por causa do seu carácter doce e melodioso.

No entanto, a Língua Portuguesa é também desrespeitada e mal usada por muitas pessoas. Mas temos que admitir: por vezes é mesmo complicado perceber se realmente estamos a falar ou a escrever bem o nosso idioma.

A Língua Portuguesa é um dos mais belos idiomas do mundo. E, ao mesmo tempo, é também um dos que possui mais “ratoeiras” que podem apanhar desprevenidos até os mais experientes ou os mais estudados.

Um idioma com tantos pequenos pormenores tem, obrigatoriamente, que causar algumas confusões, mesmo àquelas pessoas que acham que dominam por completo a Língua Portuguesa.

Diz-se “ovelha ranhosa” ou “ovelha ronhosa”? Diz-se “mal e porcamente” ou “mal e parcamente”? Diz-se “salganhada” ou “salgalhada”? Se acha que sabe as respostas a todas estas dúvidas, então é melhor ler o artigo porque de certeza que vai falhar algumas.

Todos os dias, quando falamos com os nossos amigos ou familiares, quando vemos as notícias na televisão ou quando lemos os jornais, cometemos erros (ou assistimos a alguém a cometê-los) que, de tão frequentes, se assumiu serem as formas correctas de os dizer ou escrever.

O livro Dicionário de Erros Frequentes da Língua, escrito por Manuel Monteiro, pretende corrigir os erros mais usuais de quem fala português. Descubra os 15 erros mais frequentes da língua portuguesa.

 

1. 

Alta recreação (certo)

Autorrecreação (errado)

 

2. 

Cartapácio (certo)

Catrapázio (errado)

 

3. 

Mal e parcamente (certo)

Mal e porcamente (errado)

 

4. Ovelha ronhosa (certo)

Ovelha ranhosa (errado)

 

5. Olhos azul-escuros (certo)

Olhos azuis escuros (errado)

 

6. Atenazar (certo)

Atazanar (errado)

 

7. Quando muito (certo)

Quanto muito (errado)

 

8. Reouvéssemos (certo)

Reavêssemos (errado)

 

9. Ribaldaria (certo)

Rebaldaria (errado)

 

10.

Aselha (certo)

Azelha (errado)

 

11. Rinque de patinagem (certo)

Ringue de patinagem (errado)

 

12.

Há uma semana (certo)

Há uma semana atrás (errado)

 

13. Escravismo (certo)

Esclavagismo (errado)

 

14. Bandidismo (certo)

Banditismo (errado)

 

15. Passada uma semana (certo)

Passado uma semana (errado)

6 COMENTÁRIOS

  1. A Língua Portuguesa não é nem nunca será difícil. Ocorre que não existe falante/ouvinte ideal, conforme estudos linguísticos já comprovaram. Outro fato – e esse é lamentável – é que não se busca falar em Língua padrão/culta; fala-se, PREDOMINANTEMENTE, em língua coloquial e, em grande parte, popular. Posto isso, como se aprenderá usar a variante padrão/culta da Língua Portuguesa, se apenas se fala em variante coloquial e popular? Ora, nos últimos tempos, até os que deveriam primar pela língua padrão/culta – os profissionais da imprensa – estão falando de modo relapso, o que é plangente, pois a imprensa abrange grande número de falantes/ouvintes, logo estão “MATANDO” o registro culto da Língua Portuguesa, o qual demarca a nossa soberania linguística. Uma vergonha é a imprensa brasileira, salvo raras exceções, está compactuando com a fala relapsa que, nada contra, mas tem seu espaço e tempo específicos.
    By: Professor Antero Sá, há 19 anos!

  2. Amo todas as matérias mas sou apaixonada por português
    Quanto mais estudamos mais descobrimos palavras novas

  3. Essa lista de erros não são quase nada em comparação ao discurso do Presidente do INEPE, órgão responsável pelo ENEM, que pronunciou(ele estava lendo) a palavra “cidadões”! Não há ninguém para revisar esses textos com antecedência?!

  4. Nunca vi tanta bobagem num só texto. Sugestiono a leitura de Marcos Bagno, Faraco e Bortoni-Ricarco, além de Lucchesi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here