Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Lamego e arredores

Os 12 melhores locais para visitar em Lamego e arredores

É uma das cidades mais antigas de Portugal e está intimamente ligada à história do nosso país. Estes são os melhores locais para visitar em Lamego.

16681
1

9. Pinhão

Bonita vila da região Norte do País, o Pinhão situa-se na margem direita do Rio Douro, sendo considerada o coração do Alto Douro Vinhateiro, onde se localizam as muitas quintas que produzem o vinho do Porto, inserida numa das áreas classificadas pela UNESCO como património cultural da Humanidade. Pinhão deve o seu topónimo ao rio com o mesmo nome, afluente do rio Douro, cuja bonita foz se encontra nesta localidade. A paisagem envolvente é de uma beleza única, rodeada de uma natureza luxuriante com o Rio Douro como companheiro e casas senhoriais, quintas e solares que atestam a riqueza que o vinho do Porto tem concedido à região, estando a vila construída em desníveis que a parecem encaminhar para o encantador rio.

Pinhão
Pinhão

Um dos principais conjuntos patrimoniais da vila é a bonita Estação de Caminhos de Ferro, construída no século XIX, com painéis de azulejos de grande beleza retratando cenas quotidianas de Pinhão, bem como a produção do Vinho do Porto, desde a vindima, passando pelo pisar das uvas até ao transporte de rabelo até aos armazéns do Porto. O caminho de ferro foi um dos motores de desenvolvimento de Pinhão, que vê facilitada a comunicação às cidades onde se comercializavam os produtos da região. A faceta turística da vila tem crescido muito ao longo dos anos, sendo local de paragem obrigatória dos famosos cruzeiros do Douro, oferecendo uma boa oferta de restauração e alojamento, bem como bares e cafés onde se pode degustar o bom vinho do Porto, ou lojas de artesanato local.

 

10. Estrada Nacional 222

Quem percorre os caminhos de Portugal depara-se frequentemente com cenário idílicos, como se fossem saídos de um conto de fadas ou de um reino encantado. Mas será que conhece a estrada mais romântica de Portugal e considerada como uma das mais belas do mundo? Além disso, a paisagem varia imenso num país tão pequeno como o nosso. Mas se procura uma estrada para passear com a sua cara metade, nada melhor do que a ligação entre Gaia e Almendra, em Foz Côa. Trata-se da Estrada Nacional 222.

Estrada Nacional 222
Estrada Nacional 222

Nem todo o seu trajecto se pode considerar romântico, mas a partir do momento em que chega à Régua e caminha em direcção a Armamar, todo o cenário muda e irá fazê-lo mudar de opinião, com toda a certeza. Totalmente ladeada de árvores, sempre ao longo do majestoso Rio Douro e com os vinhedos como paisagem, a estrada nacional 222 é um autêntico colírio para os olhos e preencher completo da alma e do coração. Aqui pode contemplar, junto de quem mais gosto, todo o esplendor do Douro Vinhateiro. Por isso, pegue no seu carro e aventure-se. Não se irá arrepender, de certeza.

 

11. Mosteiro de São João de Tarouca

O Mosteiro de São João de Tarouca, localizado na encosta da Serra de Leomil, no distrito de Viseu, ergue-se num grande vale, ao fundo do qual corre o rio Varosa. A sua construção iniciou-se em 1154, impondo-se como a primeira edificação cisterciense em território português. Com a sua fundação intimamente ligada à fundação da nacionalidade e à figura de D. Afonso Henriques, o complexo monástico foi largamente ampliado no século XVII e XVIII com a construção de novos edifícios, de entre os quais se destaca um novo e colossal dormitório.

Mosteiro de São João de Tarouca
Mosteiro de São João de Tarouca

Inicialmente foi um ermitério mas, em 1152, após a vitória de D. Afonso Henriques sobre os mouros em Trancoso, foi lançada a primeira pedra da igreja conventual cisterciense. O mosteiro foi o primeiro a ser construído no país pela Ordem de Cister. O dormitório novo e torre sineira foram construídos no século XVI. A última fase das obras de ampliação do mosteiro decorreu no século XIX. Em 1938 seriam restaurados os retábulos, nomeadamente o de São Pedro, atribuído a Grão Vasco. Nesta abadia repousa D. Pedro Afonso, um dos filhos bastardos do rei D. Dinis, num enorme sarcófago em pedra de granito encimada pela estátua adjacente e decorado com cenas de caça.

 

12. Miradouro de Casal de Loivos

Da aldeia de Casal de Loivos, onde se avista o vale do Douro e a vila de Pinhão, o visitante tem a oportunidade de defrontar-se com uma das mais belas e únicas paisagens do mundo. Os sentidos ficam inebriados com os aromas, os sons e a panorâmica que se depara com o nosso olhar. Caminhos serpenteados, aldeias semeadas pelas encostas. Quintas onde os vinhos envelhecem nos tonéis e lá em baixo, calmo, manso, o rio esse magnífico espelho que reflecte todo este mundo de encanto e de sonho.

Miradouro de Casal de Loivos
Miradouro de Casal de Loivos

Pode descobrir aqui um dos mais belos miradouros do Alto Douro Vinhateiro, eleito Património Mundial pela UNESCO, em 2001. Os vinhedos são uma constante na paisagem deste miradouro. Para além das vinhas destacam-se outros elementos como as serras, os campos e as povoações. A fauna e a flora são outros elementos de destaque, que podem ser observados a partir do miradouro ou no próprio local de observação.

1 COMENTÁRIO

  1. Gostava de saber porque não consigo SUBSCREVER BLOG VIA EMAIL,já tenho tentado imensas vezes sem SUCESSO !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here