Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Córdoba

Os 12 melhores locais para visitar em Córdoba

Em pleno sul de Espanha, na Andaluzia, uma cidade repleta de histórias para descobrir. Estes são os melhores locais para visitar em Córdoba.

0

9. Palácio de La Merced

Esta construção pertenceu ao Convento da Ordem Mercedária, fundado no século XIII. No século XVIII (1757) sofreu uma remodelação que o transformou num dos conjuntos arquitectónicos mais importantes da cidade. Com a desamortizaçao de 1834, o convento foi abolido, e depois transformou-se num hospital para idosos. As pinturas que decoram a fachada imitam o mármore, uma das características do barroco em Córdoba.A antiga igreja conventual ainda se conserva, e ocupa o centro da fachada principal…

Palácio de La Merced
Palácio de La Merced

Actualmente, o Palácio de la Merced é a sede da Diputación Provincial de Córdoba. Outro lugar interessante, já em pleno Centro Histórico da cidade, é a Torre de San Juan, o único vestígio conservado de uma mesquita muçulmana. O monarca Fernando III doou a mesquita à Ordem dos Cavaleiros de San Juan de Jerusalém, que transformou a mesquita numa igreja paroquial, função que ocupou até 1880. A partir de então, transformou-se na Igreja Conventual das Escravas do Sagrado Coração de Jesus.

 

10. Torre de Calahorra

A Ponte que atravessa o Rio Guadalquivir é o monumento mais famoso de Córdoba, referente à sua etapa romana, e constitui uma de suas imagens mais divulgadas, com a Mesquita-Catedral de fundo. Foi construída em época de Augusto, no século I aC, um período de grande actividade construtiva em toda a Hispania. Também conhecida como a “Ponte Velha“, durante 20 séculos foi a única ponte existente na cidade, e provavelmente substituiu uma construção anterior feita de madeira. A estrutura fazia parte da denominada Via Augusta, considerada a calçada romana mais comprida de toda a Hispania, com cerca de 1500 km. O seu trajecto ligava os Pirenéus a Cádiz, bordeando o Mar Mediterrâneo. Composta por 16 arcos, a Ponte Romana de Córdoba foi reconstruída várias vezes ao longo da história, mas a sua cimentação e traçado permanecem originais.

Torre de Calahorra
Torre de Calahorra

Num de seus extremos situa-se a Torre de Calahorra, construída no século XIV pelo Rei Alfonso XI sobre uma antiga fortaleza árabe, para a protecção da ponte. No interior da torre está sediado o Museu das Três Culturas, um interessante espaço cultural sobre a história da cidade. Além disso, é possível subir à sua parte superior, que proporciona uma das mais belas vistas da ponte e de toda a cidade. Do outro lado, vemos a Porta da Ponte, edificada durante o reinado de Felipe II em 1572, que encarregou o arquitecto Hernán Ruiz III para substituir uma anterior construção que integrava o recinto de muralhas da cidade.

 

11. Palácio de Viana

De todos os palácios existentes em Córdoba, o Palácio de Viana é seguramente o mais famoso e visitado, e razões não faltam para isso. O seu nome é uma referência a um de seus proprietários, e desde a sua origem no século XV até ao século XX, o palácio teve 18 proprietários no total. Declarado Monumento Histórico-Artístico em 1981, a sua fama deve-se principalmente aos 12 pátios interiores que possui, motivo pelo qual também recebeu a distinção de Jardim Histórico-Artístico dois anos depois. A visita que se realiza inclui todos os pátios, bem como algumas das suas dependências. Um palácio deste porte, com esta incrível quantidade de pátios, somente foi possível numa cidade como Córdoba, em que os pátios representam uma longa tradição na arquitectura das suas residências. O primeiro que se visita é o denominado Pátio de Recibo, o principal acesso ao seu interior.

Palácio de Viana
Palácio de Viana

Visível desde a praça onde se localiza o palácio, a sua característica principal é a harmonia entre arquitectura e jardinagem. Pertence ao século XVI, e a sua função mais importante é impressionar e mostrar a nobreza dos proprietários. Anexo ao Pátio de Recibo situa-se a parte destinada às cavalariças, um espaço destinado a acolher as carruagens e os cavalos. Muitos dos pátios cordobeses cumprem a função de área de serviço comunitária. A manutenção do mesmo é realizada pelas famílias que habitam o espaço, pois em muitas casas viviam mais de uma família. Um exemplo é o Pátio de los Gatos do Palácio de Viana, com a presença de um poço e um tanque de lavar roupa. Destaca-se pela sua bela decoração floral, como em todos os pátios da cidade. O seu nome explica-se pela presença de gatos nesta parte da casa…

 

12. Cavalariças Reais de Córdoba

As Caballerizas Reales, cavalariças reais em português, estão localizadas quase ao lado do Alcázar de los Reyes Cristianos. Felipe II foi o grande impulsionador da sua construção, em 1567. Objectivo: criar cavalos de pura raça Andaluz. A câmara municipal da cidade adquiriu o edifício há alguns anos, transformando o espaço num local destinado a eventos culturais relacionados com o animal.

Cavalariças Reais de Córdoba
Cavalariças Reais de Córdoba

Ainda é possível ver inúmeros cavalos da raça em treino ou num espectáculo equestre, à noite. Os preços dos espectáculos rondam os 15€. A entrada nas cavalariças é gratuita. O espaço está aberto de 3ª a Domingo das 10h às 13:30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here