Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Bruges (Bélgica)

Os 12 melhores locais para visitar em Bruges (Bélgica)

No coração da Flandres, na Bélgica, há uma cidade medieval que encanta cada vez mais turistas. Descubra os melhores locais para visitar em Bruges.

27815
2

7. Rua Rozenhoedkaai

Não há guia ou reportagem fotográfica de Bruges que não fique completa sem uma imagem deste ponto com vista para o canal e para o Belfort. É um local privilegiado para capturar a essência da cidade. Este é o ponto de partida para uma visita de barco por Bruges. Sendo um dos locais mais fotografados em toda a cidade de Bruges, o Rozenhoedkaai é uma das mais belas paisagens desta cidade belga com os seus canais e edifícios clássicos.

Rozenhoedkaai
Rozenhoedkaai

Parece um cartão postal. A praça Grote Markt fica a cinco minutos de distância. A partir daqui, há várias excursões de caminhada através dos canais e para outros pontos da cidade. Sim, vale a pena esperar na fila. Tudo parece algo saído de um conto medieval, com prédios como castelos tocando a água, todos perfeitamente preservados. A ponte e as docas de madeira ainda estão intactas, apesar da idade. Além disso, as casas e lojas estão decoradas com fachadas clássicas.

 

8. Minnewaterpark

O Minnewaterpark e o Lago do Amor (Minnewater) são o mais parecido a um oásis na cidade de Bruges. Embora não seja enorme em tamanho, tem aspectos adoráveis, e pode desfrutar de um belo dia apenas passeando pelo parque, sentado num dos seus bancos de jardim ou apreciando os reflexos no rio. A Bargebrug (ponte), um exemplo impressionante de arquitectura assimétrica, liga os arredores da cidade com o Minnewaterpark. Este ponto surpreendente é o ponto de partida de uma visita a Bruges para muitos turistas.

Minnewaterpark

O Minnewater (Lago do Amor) e o seu lindo parque (Minnewaterpark) são uma das primeiras coisas que eles vêem na cidade de Bruges, quando chegam de comboio. O lago e o parque circundante oferecem um excelente retiro da azáfama das atracções e das ruas da cidade. Os muitos casais de cisnes que aqui vivem dão um toque romântico muito especial a este pequeno tesouro de Bruges.

 

9. Groeningemuseum

O Museu Groeninge foi construído no ano de 1930, com o objectivo de dar abrigo à enorme colecção de pintura (essencialmente flamenga) e arte sacra pertencente à cidade. O seu nome deve-se ao nome da rua onde se localiza: a rua Groeninge. A colecção deste museu belga reúne pintura, escultura e arte sacra desde o século XIV ao século XX, incluindo diversos quadros de Jan van Eyck, Jozef Ducqe de Hans Memling.

Groeningemuseum
Groeningemuseum

Na secção de pintura renascentista e barroca, a secção mais famosa do museu, podem encontrar-se quadros de artistas como Jan van Eyck, Hans Memling, Adriaan Isenbrant e Jan Antoon Garremijn. Já na secção do século XIX encontram-se obras de pintores como Joseph Suvée, Jozef Ducq, Jozef Odevaere e Albert Gregorius. Em 1985, o museu adquire uma colecção denominada Herbert, a qual contém obras de pintores expressionistas flamengos como Georges Minne, Albert Servaes, Gustave van der Woestijne, Constant Permeke, Gustave De Smet e Frits van der Berghe. Hoje, o museu Groeninge é um dos mais importantes museus belgas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here