Início Viagens Os 12 melhores locais para visitar em Bordéus

Os 12 melhores locais para visitar em Bordéus

É uma das cidades mais bonitas da França e mundialmente famosa pelos seus vinhos. Estes são os melhores locais para visitar em Bordéus.

9632
0

9. Bairro de Saint Pierre

O turista que descobre Bordéus fica logo maravilhado pelo imponente conjunto constituído pelas fachadas do passeio ribeirinho mas geralmente ignora que atrás desta jóia do século XVIII, que é a Place de la Bourse, encontra-se o bairro de Saint Pierre, coração histórico da cidade, com as suas antigas ruelas pitorescas. Após a ruína da Burdigala romana, os habitantes refugiam-se no interior dum castro cujo centro será ocupado pelo actual bairro de Saint Pierre.

Bairro de Saint Pierre
Bairro de Saint Pierre

A entrada do porto interior coincidia com a localização da Place Saint Pierre actual. Aqui, os navios carregados de mercadorias atracavam neste local antes de continuar para distribuir as mercadorias nas diferentes províncias, enquanto um grande número de comerciantes aqui prosperavam. Foi sobre os destroços da antiga porta que se edificou nos inícios da Idade Média a primeira igreja. Os nomes das ruas evocam os ofícios doutros tempos: a Rue des Argentiers (joalheiros),a Rue des Bahutiers (comerciantes de cofres), a Rue du Chai des Farines (armazenistas de cereais)… No século XVI, as famílias burguesas instalavam-se aqui e a Cour des Aydes fazia as vezes de tribunal.

 

10. Jardim Público

E se a alma de Bordéus se encontrasse num jardim…extraordinário… Imagine… Um local situado no coração da cidade, mas em pleno campo. Um local onde a pedra de cor areia de Bordéus se mistura com a harmonia da sua arquitectura do século XVIII com a indiferença dum riacho rodeado de árvores centenárias. Um local onde caminhantes, corredores, crianças e avós coabitam com cisnes e patos em perfeita harmonia.

Jardim Público
Jardim Público

O Jardim Público é esse lugar. Acompanhou a vida das pessoas da cidade desde a sua criação em 1746. Autêntico pulmão verde no centro da cidade, os seus 11 hectares de oxigénio acolhem numerosos espaços infantis, e também o famoso teatro de marionetas Guignol Guérin. Rodeado por casas senhoriais, onde encontramos o Museu de História Natural, um antigo Jardim Botânico, e um agradável bar e restaurante, o Orangerie. O Jardim Público está classificado como “Jardin Remarquable de France”.

 

11. Grosse Cloche

Construído no século XV, o La Grosse Cloche, com seus telhados cónicos gémeos, é o antigo campanário da prefeitura de Bordéus. É um dos poucos fragmentos remanescentes do período medieval da cidade e foi construído sobre os remanescentes da Porte Saint-Eloy, do século XIII, um antigo portão nas antigas muralhas.

Grosse Cloche
Grosse Cloche

Este portão uma vez teve uma pequena prisão para jovens infractores, e eles eram mantidos atrás de uma porta de dez centímetros de espessura. Grosse Cloche fica em silêncio durante a maior parte do ano, excepto pelas grandes comemorações públicas, como o Dia da Bastilha.

 

12. Porte Cailhau

O outro fragmento das antigas muralhas, Porte Cailhau, é igualmente magnífico. Com um design de transição entre o gótico e o renascentista, data de 1495 e foi concebido para celebrar a vitória do rei Carlos VIII contra a Liga de Veneza, na Batalha de Fornovo. Por isso, tinha o duplo propósito de ser um arco triunfal e também uma defesa da cidade.

Porte Cailhau
Porte Cailhau

Há uma estátua branca do rei num dos nichos, bem como uma menção ao Rei Charles VIII que morreu aos 27 anos depois de entrar em Amboise por acidente. Por uma pequena tax pode entrar no prédio e subir para obter uma visão fotogénica do rio Garonne.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here