Início Viagens Os 10 miradouros mais bonitos para visitar no Gerês

Os 10 miradouros mais bonitos para visitar no Gerês

O Parque Nacional Peneda Gerês é conhecido pelas suas lagoas e cascatas mas também existem miradouros para descobrir. Descubra os melhores.

0
miradouros gerês
Miradouro da Pedra Bela

O Parque Nacional Peneda Gerês é um dos maiores tesouros naturais de Portugal. Trata-se de um local conhecido pela sua natureza exuberante e pelas suas majestosas montanhas. Além disso, é conhecido por possuir aldeias onde ainda se praticam hábitos e costumes ancestrais.

A maior parte dos turistas visita a Peneda Gerês por causa das suas cascatas e lagoas. As cascatas do Gerês proporcionam momentos únicos de comunhão com a natureza envolvente e, em muitas delas, é possível desfrutar de um banho refrescante.

Mas outro dos grandes atractivos do Parque Nacional da Peneda Gerês são os seus miradouros. A partir deles, pode ter algumas das vistas mais impressionantes do parque e deslumbrar-se com as montanhas e os vales no horizontes. Descubra alguns dos mais bonitos miradouros do Parque Nacional da Peneda Gerês.

1. Miradouro das Rocas (Vilar de Veiga, Terras de Bouro)

Miradouro das Rocas
Miradouro das Rocas (destinosvividos.com)

Implantado a quase 800 metros de altitude, o miradouro das Rocas proporciona uma fantástica panorâmica sobre a serra do Gerês e o vale do rio Arado.

Destacam-se na paisagem o rio e a ponte do Arado, construída em pedra, o manto verde da floresta de camacipares e pinheiros e de alguns bosquetes de carvalhos, enquanto que, nas cotas mais altas, impõem-se o cinza-branco do granito.

No horizonte evidenciam-se alguns dos principais picos da serra do Gerês, nomeadamente o Borrageiro, a Roca Negra e a Meda de Rocalva.

2. Miradouro da Pedra Bela (Terras de Bouro)

Miradouro da Pedra Bela
Miradouro da Pedra Bela (Bruno Cruz)

Espelho da beleza fantástica do Parque Parque Nacional da Peneda-Gerês, o Miradouro da Pedra Bela, em Terras de Bouro, está situado a cerca de 800 metros de altitude.

Este é um dos locais mais famosos do Gerês, e uma vez avistando a paisagem, percebe-se instintivamente o porquê. Montanhas, a albufeira da Caniçada, os rios que serpenteiam a serra, a confluência do Rio Cávado com o rio Caldo, a vegetação própria desta serra, ou a estonteante Portela do Homem…

A Pedra Bela desde sempre encantou, dizendo os antigos que foi a mão divina que aqui a colocou, como que uma peça num presépio, perfeita e imponente.

3. Miradouro de Junceda (Campo do Gerês, Terras de Bouro)

Miradouro de Junceda
Miradouro de Junceda

Nesta encosta do vale do Gerês não faltam miradouros para apreciar amplamente a paisagem. Do Miradouro de Junceda, a 915 metros de altitude, podemos apreciar o vale de falha do Gerês e o modelado granítico da serra do Gerês, a Vila e toda a paisagem circundante.

4. Miradouro da Ermida (Ermida, Ponte da Barca)

Miradouro da Ermida
Miradouro da Ermida

O miradouro da ermida é um ponto de paragem obrigatória. Daqui contemplamos o extraordinário escadório de campos em socalcos que envolve a povoação. Temos ainda a clara noção de que nos encontramos entre dois vales profundos, à esquerda o vale da ribeira de Carcerelha e à direita o do rio Froufe. Ao fundo, vemos o majestoso rio Lima e há quem diga que se consegue até avistar o mar.

5. Miradouro de Tibo (Tibo, Arcos de Valdevez)

Miradouro de Tibo
Miradouro de Tibo

Um pequeno desvio na rota leva-nos ao Miradouro de Tibo. Dos seus 800 metros de altitude, o miradouro proporciona uma das mais belas varandas para a imponente serra e vale da Peneda, bem como para o vale do Laboreiro, antes deste desembocar no rio Lima, na albufeira do Alto Lindoso.

A aldeia de Tibo surge em primeiro plano, plantada nas margens do rio Pomba e cercada por campos de trigo. Ao longe, vislumbra-se o Santuário da Senhora da Peneda, abrigado num vale profundo e verde. A Oeste avista-se o lugar da Gavieira e, mais acima a branda de São Bento do Cando.

Se tem consigo binóculos, este é um excelente local para tentar observar as aves de rapinas em voo. Aproveite e descanse nos bancos do miradouro, apreciando a beleza deste meio bucólico.

6. Miradouro de Castro Laboreiro (Castro Laboreiro, Melgaço)

Miradouro de Castro Laboreiro
Miradouro de Castro Laboreiro

Deste miradouro abre-se uma perspetiva panorâmica sobre o vale do Laboreiro e a serra da Peneda. No fundo do vale podem identificar-se várias inverneiras, as da margem direita do rio, rodeadas de lameiros e bosques de carvalho.

Do local tem-se uma perfeita noção da diferença da altitude a que se encontram as inverneiras (entre os 750 e os 850 metros), em relação à Vila (lugar fixo, a 950 metros de altitude) e, sobretudo, em relação às brandas, localizadas a Norte deste miradouro, a uma altitude compreendida entre os 1000 e os 1200 metros.

É também um ponto estratégico para tentar identificar os picos montanhosos erguem entre os vales do Laboreiro e do rio da Peneda. Do lado Este do miradouro destaca-se um grande afloramento rochoso, onde se instalou o Castelo de Castro Laboreiro, adaptando-se à morfologia do terreno.

7. Miradouro de Fafião (Fafião, Montalegre)

Miradouro de Fafião
Miradouro de Fafião

Inserida no Parque Nacional da Peneda-Gerês, reserva Mundial da Biosfera, Fafião é uma pequena aldeia comunitária onde ainda residem as ancestrais e seculares tradições vezeireiras (transumância de gado). 

O miradouro abrange possibilita um panorama vasto e deslumbrante sobre as montanhas em redor. Para aqui chegar terá que seguir por um trilho pedestre que tem início no centro da aldeia.

8. Miradouro da Boneca (Caldas do Gerês, Terras de Bouro)

Miradouro da Boneca
Miradouro da Boneca

O miradouro da Boneca encontra-se a uma altitude de 750 metros e permite-nos uma perspectiva completa do vale do Rio Gerês. O nosso olhar percorre o vale desde os limites da Portela de Leonte até a uma parte da albufeira da Caniçada em Rio Caldo com as suas pontes.

O equipamento existente no miradouro foi melhorado há já alguns anos, mas a falta de manutenção e principalmente a falta de limpeza de matos tem levado a uma lenta degradação e abandono do local que merecia uma melhor atenção da entidade encarregue do seu cuidado. De qualquer das formas, é um local a não perder na visita à Serra do Gerês.

9. Miradouro da Fraga Negra (Terras de Bouro)

Miradouro da Fraga Negra
Miradouro da Fraga Negra

Do miradouro da Fraga Negra, localizado a menor altitude (500 m), obtém-se uma perspetiva mais diminuta do vale do rio Gerês, porém de maior pormenor sobre as Caldas do Gerês. A leitura permite constatar o encaixe do aglomerado no fundo do vale e o seu desenvolvimento em forma de língua, acompanhando o rio.

Para Norte, temos alcance até às curvas da Preguiça e para Sul contemplamos o plano de água da albufeira da Caniçada e as encostas da Cabreira.

10. Miradouro das Cilhas (Vilar de Veiga, Terras de Bouro)

Miradouro das Cilhas
Miradouro das Cilhas

Do miradouro das Cilhas alcança-se uma fantástica vista para o rio do Arado e cascata da Rajada, sendo o local ideal fotografar e apreciar a paisagem natural do vale encaixado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here