Início Gastronomia O limão e outras 9 plantas medicinais que deve ter em casa

O limão e outras 9 plantas medicinais que deve ter em casa

O limão, juntamente com outras plantas medicinais, podem trazer alguns benefícios para a saúde. Descubra algumas das vantagens do uso destas plantas.

1
limão
Plantas medicinais

Com este artigo pretendemos demonstrar que é possível desenvolver em casa plantas com efeito medicinal. No entanto, deve deixar-se bem claro que a lista é enorme, e que o objectivo passa por apresentar 10 plantas que tem propriedade medicinais para utilizar e desfrutar em casa. Aproveite a quarentena para investir nestes produtos.

As plantas medicinais são usadas desde tempos muito distantes. Atualmente, verifica-se o recurso a estas plantas em locais onde não existe a possibilidade de recorrer a médicos e farmácias de forma tão fácil.

No tempo que se atravessa, onde as saídas de casa são totalmente desaconselhadas, o cultivo, manutenção e conhecimento destas plantas e suas propriedades, tem uma importância acrescida.

Interessante é também o facto destas plantas poderem ter uma utilidade culinária bem marcada, o que traz o útil e o agradável a quem as “adotar”.

Grande parte das plantas medicinais comestíveis que se apresentam são de origem europeia, sendo a exceção o abacate, que é associado à América Central. Ainda uma chamada de atenção para o facto das plantas referidas abaixo terem associados apenas alguns dos seus vários benefícios.

Fica também um alerta para que não abuse destas ervas, mesmo das conhecidas. Independentemente destas plantas não implicarem receios a nível de toxicidade, é sempre muito importante a cautela nas doses. Antes de consultar a lista, referência ainda para o facto de algumas destas plantas serem fotossensibilizantes.

É o caso do limão, hortelã, erva-príncipe, alecrim e salsa, pois a luz solar produz efeito sobre os seus óleos essenciais. Esta situação implica cuidados redobrados no que respeita à sua colocação sobre a pele. Em alguns casos podem também ocorrer contra-indicações do seu uso para grávidas e lactantes, como o caso da sálvia.

O alho, sendo extremamente aconselhável, requer contudo atenção, principalmente para quem tem problemas ao nível da coagulação sanguínea e de tensão arterial. Fique então a conhecer algumas plantas medicinais em que pode apostar em casa e respectivas propriedades interessantes ao nível da saúde.

1. Erva-cidreira

A Erva-cidreira é muito utilizada em chá e pode considerar-se indicada para os seguintes problemas de saúde:

  • stress;
  • ansiedade;
  • problemas nervosos;
  • problemas gástricos;
  • herpes;
  • problemas de memória.

2. Limão

Em chá, refresco, ou usados quando maduros na alimentação, o limão apresenta propriedades:

  • digestivas;
  • calmantes;
  • anti-inflamatórias;
  • antioxidantes;
  • estimuladoras para a resposta do sistema imunológico;
  • depuradoras.

3. Erva-Príncipe

A erva-príncipe é muito usada na alimentação em países orientais. O seu chá apresenta propriedades medicinais indicadas para:

  • dores;
  • hipertensão arterial;
  • problemas hepáticos;
  • infeções;
  • insónias;
  • agitação;
  • ansiedade.

4. Manjericão

O manjericão pode usar-se em condimento, macerado em água ou como chá, sendo adequado para situações de:

  • febre;
  • inflamação;
  • depressão;
  • melhoria do sistema imunológico;
  • tratamento de acne e infeções da pele;
  • ansiedade;
  • dores articulares e reumatismo.

5. Hortelã

A hortelã é muito interessante a nível medicinal e culinário. É usada em chá, banhos, macerada em água, ou como óleo e na inalação. No geral pode ser classificada como digestiva e calmante, mas também para:

  • tratar problemas de fígado e vesícula;
  • desinfectar e cicatrizar feridas;
  • relaxar os músculos;
  • curar tosses e constipações;
  • resolver problemas digestivos.

6. Alecrim

Esta erva é muito utilizada como condimento, em chá, ou macerada em óleo. Está associada à cura dos seguintes problemas:

  • doenças do fígado;
  • depressão, insónia e ansiedade;
  • debilidade cardíaca;
  • colites;
  • acne e inflamações cutâneas;
  • stress e perda de memória;
  • aparência.

7. Abóbora

A nível geral as abóboras são ricas em vitaminas e minerais, sendo de destacar a sua riqueza em vitamina A, C e E, mas também em fósforo, selénio e cálcio. Os usos comuns da abóbora passam por:

  • ajudar a resolver problemas digestivos, como diarreia, gases e prisão de ventre;
  • auxiliar o funcionamento de órgãos como cérebro, fígado, rins e intestino;
  • curar cólicas, diminuir pedras nos rins e acalmar febres;
  • aliviar dores de cabeça;
  • minimizar a hipertrofia prostática.

8. Salsa

A salsa é rica em ferro e vitamina C. Apresenta as seguintes acções:

  • tonifivante;
  • diurética;
  • vasodilatadora;
  • útil no controlo da insuficiência cardíaca e pressão alta;
  • estimulante e fortificante;
  • melhora a digestão;
  • evita o mau hálito.

9. Abacate

Esta iguaria, conhecida como “manteiga do bosque”, tem acção curativa, sendo rica em ácidos gordos essenciais, vitaminas, sais minerais e fibras. A polpa do abacate pode ser consumida ao natural, mas tanto do caroço, como das folhas, é preparado chá. Permite:

  • reduzir o colesterol;
  • estabilizar a pressão arterial;
  • combater a colite nervosa;
  • regular a circulação sanguínea;
  • melhorar o aspeto da pele;
  • prevenir doenças cardíacas;
  • melhorar a digestão;
  • aliviar dores articulares;
  • combater a acidez estomacal;
  • prevenir tumores.

10. Alho

O alho é uma ferramenta poderosíssima para ter na cozinha, podendo ser usado em amplo espectro, no que respeita aos problemas que combate. Assim, o seu uso medicinal é feito em natureza, mas também macerado com diferentes solventes. É potente como:

  • antifúngico;
  • antibiótico;
  • fluidificador do sangue;
  • anti-inflamatório;
  • redutor dos valores de pressão arterial.

1 COMENTÁRIO

  1. Olá amigos muito obrigados por esta lista de plantas, muito úteis para a nossa saúde, mas acrescentaria muitas mais mas agora vão apenas duas Cardo Mariano (Silibum Marianum), Ortiga (Urtica Dioica), Rosa brava (Rosa canina), esta rica em vitamina C, Espinheiro Alvar, (Ccrataegus managina). Agrimonia, Agripalma, Bardana (Leonurus cardiaca), Cavalinha (Equisetum Arvensis), esta planta tem um efeito sobre a prostata fabuloso.
    Um abraço
    José Cariano

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here