Início Lifestyle Nutrição: 5 curiosos benefícios do amendoim

Nutrição: 5 curiosos benefícios do amendoim

O amendoim é um fruto seco muito nutritivo consumido tanto em Portugal como no Brasil. Descubra alguns dos seus benefícios.

0
amendoim
Amendoim

O amendoim é um fruto seco extremamente popular. É originário da América do Sul, existindo evidências arqueológicas que mostram que as pessoas no Peru e no Brasil o ingerem há milhares de anos.

No entanto, só mais recentemente se começaram a perceber os benefícios nutricionais deste potente alimento. Fique a conhecer 5 fantásticos benefícios do amendoim para uma dieta saudável.

1. Ajudam na perda de peso

Embora pareça contraditório, é importante salientar que o amendoim é muito rico em calorias. Portanto, é recomendado que seja ingerido com moderação.

Os amendoins são alimentos densos em energia, pelo que, se consumidos ao lanche, permitem um menor consumo de calorias por dia.

Comparando a ingestão de amendoins durante uma refeição, com o seu consumo ao lanche, verifica-se que promovem maior sensação de saciedade quando consumidos ao lanche. Isto pode eventualmente ajudar à perda de peso.

A inclusão de amendoim na dieta é uma maneira de melhorar a ingestão de nutrientes, sem causar aumento de peso. Desde que sejam consumidos com regra.

Estudos científicos demonstram igualmente que a manteiga de amendoim pode aumentar a sensação de saciedade. Esta pode satisfazer as pessoas com maior eficácia do que a ingestão de lanches ricos em açúcar.

2. Ricos em biotina

A biotina é tecnicamente considerada como parte do complexo de vitamina B. Trata-se de um nutriente extremamente benéfico para o bem-estar fisiológico.

Esta molécula está envolvida em dezenas de reações enzimáticas no corpo, incluindo processos que regulam a expressão dos genes. Estudos científicos sugerem inclusivamente que a biotina pode ser benéfica para o tratamento de doenças como esclerose múltipla e diabetes.

Além disso, a ingestão suficiente de biotina é essencial para as mulheres grávidas, pois mesmo uma deficiência leve de biotina pode aumentar significativamente o risco de defeitos congénitos.

Para a biotina recomenda-se uma ingestão diária de 30 microgramas. Como referência para este valor sabe-se que corresponde a um terço de uma chávena de chá de amendoins.

3. Impedem a formação de cálculos biliares

O consumo de amendoim está associado a um risco reduzido de cálculos biliares. Está cientificamente provado que Homens que consomem amendoins regularmente apresentam menor risco de doença da vesícula biliar.

Já no caso das mulheres, estas apresentam de maneira clara menor propensão para colecistectomia, ou seja, remoção da vesícula biliar.

4. Reduzem o risco de desenvolver cancro

A ingestão de amendoim é associada a um risco reduzido de desenvolver cancro do cólon. Compostos como o resveratrol e o ácido fenólico no amendoim têm propriedades anticancerígenas.

A ingestão de amendoim também está associada a um risco reduzido de cancro de mama na pós-menopausa. Ainda neste sentido, é recomendado o consumo de amendoim para prevenir cancro do estômago e do esófago entre pessoas de uma faixa etária mais avançada.

Contudo, existe uma preocupação com a relação entre o amendoim e o desenvolvimento de cancro. O amendoim pode estar contaminado com aflotoxinas, uma família de toxinas produzidas por certos fungos. Estas toxinas podem aumentar o risco de cancro do fígado.

5. Minimizam e tratam a disfunção erétil

O amendoim é rico em arginina, um aminoácido essencial. A arginina tem sido estudada como um elemento que potencia o tratamento da disfunção eréctil.

São necessárias mais pesquisas para entender esta situação, mas estudos confirmam que a administração oral deste aminoácido, em combinação com suplementos vegetais, é útil na prevenção desse problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here