Início Cultura Língua Portuguesa: quando usar “trás” “atrás”, “detrás” e “de trás”?

Língua Portuguesa: quando usar “trás” “atrás”, “detrás” e “de trás”?

Quem disse que falar português era fácil? Trás, atrás, detrás ou de trás? Descubra os mistérios da maravilhosa Língua Portuguesa.

2955
0
Língua Portuguesa
"trás" "atrás", "detrás" e "de trás"

Quando queremos falar um bom português é necessário prestar atenção aos detalhes. É que… não é à toa que os especialistas dizem que a Língua Portuguesa pode ser muito traiçoeira… Uma das dúvidas mais comuns é o uso correcto das palavras ou expressões “trás”, “atrás”, “detrás” e “de trás”. Pode ser um autêntico desafio perceber quando se deve utilizar cada uma delas mas vamos tentar explicar da melhor forma possível e com recurso a vários exemplos. Afinal de contas, dominar a Língua Portuguesa não é apenas uma questão de educação mas também um motivo de orgulho.

 

“Detrás” e “de trás”

As duas formas existem e estão correctas. Tratando-se de um advérbio de lugar, a forma correcta de escrita da palavra é detrás e deve ser usada para indicar algo ou alguém que está estaticamente numa posição posterior ou que aparece depois, de seguida. De trás, escrito em separado, é uma locução adverbial de lugar que transmite uma ideia de movimento, sendo iniciada pela preposição de.

Exemplos:

  • A criança saiu de onde? De trás da cortina.
  • A criança estava onde? Detrás da cortina

Ou seja, de uma forma simples, podemos concluir o seguinte: “de trás” utiliza-se quando queremos explicar “de onde” e “detrás” utiliza-se quando queremos explicar “onde”.

 

O advérbio detrás é formado a partir de composição por justaposição, ou seja, dois vocábulos que se unem numa só palavra: de + trás = detrás. Transmite uma ideia de inércia, respondendo à pergunta: onde? O advérbio detrás pode ser substituído pelo sinónimo atrás, sem que haja alteração da frase.

Exemplos:

  • A bicicleta está detrás do carro. (A bicicleta está atrás do carro.)
  • Detrás do armário está o objecto procurado. (Atrás do armário está o objecto procurado.)

 

A locução adverbial de lugar de trás é formada pela preposição de e pelo advérbio trás. Transmite uma ideia de movimento, respondendo à pergunta: de onde? É antónima da locução da frente.

Exemplos:

  • Ele afastou-se de trás do carro. (Ele afastou-se da frente do carro.)
  • Ele tirou o objecto de trás do armário. (Ele tirou o objecto da frente do armário.)

 

Há alguma diferença entre “detrás” e “por trás”?

Apesar de parecer que indicam a mesma coisa, há uma ligeira diferença entre estas duas palavras/expressões. Repare nos seguintes exemplos:

  • a) por detrás de: “A minha casa fica por detrás da igreja”;
  • b) por trás de. Como existe detrás e trás, podemos também dizer: “A minha casa fica por trás da igreja”. Ou então: “A minha casa fica atrás da igreja”.

A diferença entre “fica detrás” e “fica por trás”: fica detrás indica local preciso – mesmo ali, atrás da igreja; fica por trás indica local atrás da igreja, mas com menos precisão que detrás. Isto é, fica naquele espaço atrás da igreja.

Esta diferença compreende-se melhor, se repararmos no seguinte, quando dizemos:

  • “A minha casa fica detrás da igreja, mesmo detrás”.

A presença de mesmo leva-nos a pensar num ponto, um local bem restrito, que é o que indica detrás. Mas não empregamos o vocábulo mesmo com por trás – pelo menos habitualmente. Isto é, não costumamos dizer:

  • “A minha casa fica por trás da igreja, mesmo por trás”.

Não empregamos mesmo, porque a expressão por trás é de sentido bem mais amplo do que detrás, o qual sentido lhe foi dado pela preposição por. Resumindo: a preposição de restringe o significado de trás; a preposição por amplia o significado de trás: referimo-nos a espaço mais lato. Por isso, não encontramos cabimento para o advérbio mesmo.

 

“Atrás”

Atrás é um advérbio de lugar. Indica alguém ou alguma coisa que se encontra em posição posterior ou inferior. Pode indicar também lugar e tempo anterior, já passado. Atrás indica ainda alguém que se encontra no encalço de outro.

Exemplos:

  • Na corrida, ele chegou atrás de mim.
  • O livro que você procura está atrás da jarra.
  • A tua mãe anda atrás de ti.

Atrás é sinónimo de detrás, na retaguarda, após, depois, a seguir, primeiro, anteriormente, no encalço e na perseguição.

 

“Trás”

Trás é um advérbio de lugar, indicando uma situação posterior, ou seja, atrás, após. O advérbio de lugar trás vem sempre acompanhado de uma preposição, normalmente de ou para, formando assim uma locução adverbial. É também uma palavra normalmente utilizada na locução prepositiva por trás de. Trás tem a sua origem na palavra em latim trans.

Exemplos:

  • As crianças devem viajar no banco de trás.
  • Quando ele a chamou, ela olhou para trás.
  • As cartolinas estão guardadas por trás do armário.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here