Início Cultura Língua Portuguesa: palavras portuguesas de origem celta

Língua Portuguesa: palavras portuguesas de origem celta

A Língua Portuguesa prova a origem diversa dos portugueses. Nasceu a partir do Latim mas sofreu várias influências. Palavras portuguesas de origem celta.

14187
0
Língua Portuguesa
Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa teve origem no latim e sofreu influências de outros idiomas, especialmente do árabe, mas também do castelhano, do francês, do inglês e do alemão. Além disso, durante a época dos Descobrimentos, além de influenciar e originar outros idiomas, o português sofreu também influências de dialectos africanos, sul-americanos e asiáticos.

origem dos portugueses
Celtiberos

Antes da invasão românica, a Península Ibérica era habitada por povos autóctones denominados Iberos. Posteriormente, cerca de 1000 a.C. ou antes, chegaram à região povos Indo-Europeus de origem celta, que coexistiram com os Iberos, habitando regiões distintas. Na meseta central, os celtas misturaram-se com os Iberos dando origem aos Celtiberos.

O período de expansão celta sofreu entretanto uma reviravolta e, devido sobretudo às invasões romanas, o espaço ocupado por este povo diminuiu. As línguas célticas foram assim empurradas ao longo dos séculos até às extremidades ocidentais da Europa e, surpreendentemente, nenhuma delas subsistiu na Península Ibérica.

A língua portuguesa tem como origem a variante falada do latim e desenvolveu-se na costa oeste da Península Ibérica, incluída na província romana da Lusitânia. A partir de 218 a.C., com a invasão romana da península, e até o século IX, a língua falada na região era o romance, uma variante do latim intermediária entre o latim vulgar e as línguas latinas modernas.

povos
Celtas

Mas ainda antes de chegarem os romanos com o seu Latim (que viria a originar a Língua Portuguesa), estiveram por cá outros povos. Um dos mais destacados foram os famosos Celtas. Vindos do Sul da Germânia, penetraram na Hispânia depois de haver dominado as Gálias. Apareceram primeiramente na Catalunha e daí se expandiram por todo o território. Guerreiros e agricultores, encontraram, certamente, resistência, procurando fixar-se nas montanhas, nas elevações do terreno onde fosse mais fácil a defesa.

A influência dos Celtas na Língua Portuguesa não é fácil de determinar. Sabemos que o nosso idioma incorporou algumas palavras de origem celta mas a falta de documentos escritos ou de outro qualquer tipo de registo histórico dificulta o seu estudo aprofundado. O que se sabe é que estas palavras de origem Celta não foram introduzidas pelos próprios celtas mas por falantes de Latim que usavam algumas palavras celtas para definir acções, lugares ou objectos do quotidiano.

Talvez por isto mesmo, a catalogação das palavras portuguesas de origem celta seja controversa: são poucas as certezas que terão efectivamente essa origem ou se terão sido introduzidas no nosso idioma pelos romanos, que por sua vez as terão copiado de outros povos (onde se pode incluir os celtas).

No vocabulário geral a contribuição dada por este povo é extensa: camisa (camisa), saio, saia (sagum), cabana (cappana), cerveja (cerevisia), légua (leuca), salmão (salmo), carro (carrus), carpinteiro (carpentarius), brio (brigos), vassalo (vassalus), arar (ara, planície), tona (pele, casca dos frutos, superfície dos líquidos), manteiga (mantica), parra, parreira, bragas (bracae), caminho (caminum), gato (cattus), cavalo (caballus), calandra, bico, camba, gamba (camba), trado (taratru), lança (lancea), palanfreneiro, de paraveredus através da fonética provençal, Epona, Eponina, a deusa dos cavalos, calhau, teixo, etc.”.

Uma das evidências mais fáceis da influência Celta na Língua Portuguesa é a toponímia, ou seja, o nome dado aos locais. A palavra Celtas briga (que significa fortaleza) originou os nomes das antigas cidades de Conimbriga (povoado perto de Coimbra), Mirobriga (actual Santiago do Cacém) e Brigantium (actual Bragança). A palavra dunum (que significa aldeia) originou o nome do local Caladunum (antiga povoação em Trás-os-Montes). A palavra celta bona (que significa cidade) originou o nome do local Lisbona (actual Lisboa). Outro caso interessante é o da palavra celta dur (que significa água) e que deu origem ao nome do Rio Douro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here